A novela que fracassou no início, mas depois se tornou um grande sucesso: 20 curiosidades sobre América



Em 2005, neste mesmo dia, América estreava na Rede Globo.

Vamos refrescar a sua memória com 20 curiosidades sobre a novela:

1 – América foi uma novela exibida pela Globo no horário das 21h, entre os dias 14 de março e 4 de novembro de 2005.

2 – A trama foi escrita por Glória Perez.

3 – Esta foi a 66ª novela das oito exibida pela emissora.

4 – Substituta de Senhora do Destino, a obra teve 203 capítulos.

5 – A novela contava a história de Sol (Deborah Secco), uma carioca humilde, que resolve emigrar ilegalmente para os Estados Unidos em busca de uma vida melhor.

6 – Enquanto a moça luta pela vida no Rio de Janeiro, o peão Tião (Murilo Benício) é um astro dos rodeios no interior de São Paulo, famoso por enfrentar o perigoso boi Bandido.

7 – Sol e Tião se conhecem por acaso e se apaixonam, mas o destino os separa, já que a moça pretende mudar de país e o rapaz não pode abrir mão de sua promissora carreira.

8 – Após indas e vindas, Sol vai para os Estados Unidos, se casa com o norte-americano Ed (Caco Ciocler) e engravidando. Então, ela volta para o Brasil, mas o bebê nasce doente e ela precisa retornar novamente para a América do Norte.

9 – A novela não foi um sucesso logo de cara. Em suas primeiras semanas no ar, a obra não teve grande audiência e foi bastante criticada pela imprensa.

10 – Com menos de um mês, a trama fez os índices globais caírem de 56 pontos no Ibope para 30 pontos.

11 – Então, após 38 capítulos, o diretor Jayme Monjardim foi substituído, dando lugar a Marcos Schechtman.

12 – Assim, a trama ficou mais dinâmica, perdendo bastante de seu caráter épico e grandioso visto no início. Sol deixou de ser uma heroína sofredora, se tornando mais sensual e animada.

13 – Uma das mudanças mais visíveis foi a troca de abertura. Enquanto inicialmente a novela tinha o tema Órfãos do Paraíso (de Milton Nascimento e Sagrado Coração da Terra), posteriormente o público conferia Soy Loco Por Ti America (na versão de Ivete Sangalo).

14 – Seguindo resultado de pesquisas, os personagens passaram a ser vistos mais no Brasil e menos nos Estados Unidos.

15 – Apesar de polêmica, a relação entre o maduro Glauco (Edson Celulari) e a jovem Lurdinha (Cleo Pires) agradou o público, que torcia por um final feliz. Os espectadores também torciam pela vida dos deficientes visuais Jatobá (Marcos Frota) e Flor (Bruna Marquezine), que enfrentavam as dificuldades vividas pelos cegos.

16 – Um dos grandes destaques da novela, o touro Bandido realmente era um astro das arenas de rodeio, famoso por ter derrubado mais de 200 peões. A cena em que Tião se machuca após cair do boi é real: foram usadas imagens do acidente do peão Neyliowan Tomazelli, que realmente foi jogado para cima por Bandido, subindo cerca de seis metros e depois se ferindo na quedal. Segundo Tomazelli, sua vida foi salva por Nossa Senhora Aparecida, fato repetido com Tião na ficção.

17 – A trama causou polêmica prometendo mostrar um beijo gay entre os personagens Júnior (Bruno Gagliasso) e Zeca (Erom Cordeiro), o que não aconteceu, apesar da cena ter sido gravada.

18 – Outro destaque da trama foi o núcleo ligado aos rodeios. Além de Tião, podemos citar Carreirinha (Matheus Nachtergaele), Bóia (José Dumont), Gil (Lúcia Veríssimo) e o casal Viúva Neuta (Eliane Giardini) e Dinho (Murilo Rosa).

19 – Com todas as alterações, a obra ganhou novo pique e deu uma virada histórica, chegando ao fim com 66 pontos de média e 70 de pico no Ibope, um dos maiores sucessos da história da Globo.

20 – Chegando ao fim em 4 de novembro de 2005, América foi substituída por Belíssima.


Leia também: Artistas do elenco de América que já morreram




Leia também