9 de agosto na história da TV: em 2014, Como Será? estreava na Globo - TV História

9 de agosto na história da TV: em 2014, Como Será? estreava na Globo

Whatsapp

Confira os principais fatos que aconteceram no dia 09 de agosto na história da televisão brasileira:

No dia 9 de agosto de 1971, estreava a novela Pingo de Gente (Record)

A trama de Raimundo Lopes – autor de Redenção (1966), a mais longa novela da TV brasileira – era centrada nos conflitos da pequena Ana Maria (Elisa D’Agostino).

No dia 9 de agosto de 1975, estreava a novela O Sheik de Ipanema (Tupi)

A intenção da TV Tupi era prosseguir com o sucesso da antecessora, O Machão, por isso essa trama era produzida pela mesma equipe. No entanto, não funcionou e a novela foi encurtada. No elenco, Luiz Gustavo, Ana Rosa, John Herbert, Newton Prado, entre outros.

No dia 9 de agosto de 1980, terminava a novela Água Viva (Globo)

Novela de Gilberto Braga e colaboração de Manoel Carlos, era exibida na faixa das 20h e tinha como trama principal a história da pequena órfã Maria Helena. O folhetim tinha muitas gravações externas e fazia uma crônica do cotidiano. Foi um sucesso de audiência e recebeu o Troféu Imprensa de melhor novela de 1980.

No dia 9 de agosto de 1981, estreava o programa Geração 80 (Globo)

Programa musical exibido nas tardes de domingo, era voltado ao público jovem. No início, era um quadro do programa Globo de Ouro (1973). Aos poucos ganhou autonomia e recebeu dois apresentadores exclusivos: Kadu Moliterno e Nádia Lippi.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No dia 9 de agosto de 1982, estreava a novela A Filha do Silêncio (Band)

De autoria de Jaime Camargo e Marcos Caruso, a trama trazia o mistério a respeito de um crime em uma fazenda. Com Bárbara Fazzio, Aldo César e Zaíra Bueno.

No dia 9 de agosto de 1988, estreava a série O Primo Basílio (Globo)

Minissérie de Gilberto Braga baseada no romance homônimo de Eça de Queiroz, teve 16 episódios. A trama recebeu o grande prêmio da crítica da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). Além disso, Daniel Filho foi eleito o melhor diretor de televisão em 1988, e Louise Cardoso, a melhor atriz coadjuvante.

No dia 9 de agosto de 1993, estreava o programa infantil Casa da Angélica (SBT)

Após sair da Rede Manchete, Angélica foi contratada pelo SBT e comandou o infantil Casa da Angélica. A apresentadora mostrava bom humor fazendo paródias de Jô Soares e Astrid. Desenhos clássicos eram exibidos, como Pica-Pau, Ursinhos Carinhosos, Dennis, o Pimentinha, entre outros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No dia 9 de agosto de 1993, estreava o humorístico Família Brasil (Manchete)

Baseado nas tiras de Luís Fernando Veríssimo e apresentado de segunda a sexta-feira, às 20 horas, o seriado não teve grande repercussão.

No dia 9 de agosto de 2014, estreava o programa Como Será? (Globo)

O jornalístico semanal era apresentado por Sandra Annenberg e trazia reportagens sobre cidadania, educação, ecologia, trabalho e inovação, absorvendo os conteúdos que antes eram divididos nos programas Globo Ação, Globo Ciência, Globo Ecologia, Globo Educação e Globo Universidade – que foram extintos.



Leia também