5 atrizes que sumiram no meio de uma novela sem dar explicação

5 atrizes que sumiram no meio de uma novela sem dar explicação

Whatsapp

A história da teledramaturgia brasileira é marcada por diversos artistas que deixaram trabalhos durante seu andamento, por motivos diversos. Problemas de saúde, demissões, propostas da concorrência, entre outros, foram alegados pelos envolvidos.

Hoje, destacamos cinco atrizes que sumiram no meio de novelas famosas sem deixar explicações ao público:

Dilma Lóes – O Bem-Amado

Certo dia, a atriz Dilma Lóes (filha dos atores Urbano Lóes e Lídia Mattos e mãe da atriz Vanessa Lóes) apareceu na gravação de O Bem-Amado (1973), ensaiou e, na hora de gravar, sumiu. Seu contrato com a emissora havia sido encerrado e ela não havia renovado. Por causa disso, o autor foi obrigado a matar a personagem Anita – que tinha certo destaque na história – colocando uma dublê para levar um tiro nas costas.

Em depoimento ao site Teledramaturgia, Dilma alegou que passava por um mau momento, com saúde fragilizada, e que não era de seu interesse renovar o contrato. A Globo tentou forçá-la a gravar várias cenas da novela além do previsto, mas ela realmente foi embora, tendo gravado apenas as cenas pré-estabelecidas, de acordo com seu contrato. Dilma Lóes faleceu em 31 de julho de 2020.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lúcia Veríssimo – Roda de Fogo

Em Roda de Fogo (1986), após constantes atrasos para gravações e uma falta, a atriz Lúcia Veríssimo, que vivia a modelo Laís, foi demitida pelo diretor artístico Paulo Ubiratan.

“Na época, havia um movimento sindical por um máximo de seis horas de trabalho. É um direito legal, mas o ator tem o dever de chegar na hora e saber o texto. A Lúcia atrasava todo dia. Eu reclamava e ela atrasava de novo. Aí, eu a suspendi, e sabe o que ela fez? Faltou para passar o fim de semana em Los Angeles. Aí eu demiti. Qual é?”, declarou o diretor ao Jornal do Brasil de 17 de março de 1988.

A atriz deixou a novela antes de sua metade. A saída de sua personagem foi explicada na trama com uma viagem para o exterior, sem volta. No último capítulo, seu pai lê um postal que Laís mandara da Europa contando da viagem. E tudo ficou por isso mesmo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ísis de Oliveira – Meu Bem, Meu Mal

A atriz, que fez sucesso em outras tramas da casa, como Roque Santeiro e O Outro, acabou deixando Meu Bem, Meu Mal pela metade, após 68 capítulos, ao ser demitida pela emissora de forma inusitada.

Oficialmente, a Globo demitiu Ísis de Oliveira por ter faltado às gravações de fim de ano, em dezembro de 1990. Ao jornal O Dia de 27 de janeiro de 1991, a atriz disse que estranhou a decisão e não recebeu nenhuma explicação oficial da Globo. Também classificou o fato como um “ato autoritário e radical” do diretor Paulo Ubiratan.

A mídia destacou, na época, que Ísis foi a primeira atriz da Globo a ser demitida no meio de um capítulo, exibido em 19 de fevereiro de 1991, através de indiretas colocadas no texto.

“Dona Mimi não existe mais”, disse Sérgio Viotti, na pele de Toledo, marido de Mimi. “Ela foi demitida”, acrescentou. “Nunca tinha ouvido falar em uma esposa demitida”, retrucou Doca. “Digamos que foi demitida por excesso de faltas ao trabalho”, completou Toledo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Luma de Oliveira – Meu Bem, Meu Mal

Por tabela, a irmã de Ísis, Luma, também acabou deixando a trama. Sua personagem, a garota de programa Ana Maria, acabou sendo assassinada.

Recentemente, em entrevista, Luma disse que pediu para deixar a trama após descobrir que estava grávida de seu então marido, Eike Batista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Laura Cardoso – A Viagem

Durante A Viagem, onde Laura vivia Guiomar, sogra de Raul (Miguel Falabella), a atriz teve que ausentar por tempo indeterminado das gravações para realizar uma cirurgia.

“A grande preocupação da atriz era o desfecho da sua personagem. Ela não queria, de maneira nenhuma, morrer na trama e eu prometi a ela que não iria acontecer”, afirmou a coautora da trama, Solange Castro Neves, em entrevista ao TV História.

A solução foi gravar cenas dentro do hospital onde Laura estava em tratamento. “Depois, quando em recuperação, sua volta aos estúdios da Globo foi motivo de grande comemoração. Essa cena eu escrevi com muito carinho e gratidão”, concluiu.

Whatsapp


Leia também