5 artistas lançados em Paraíso Tropical que não vingaram na Globo - TV História

5 artistas lançados em Paraíso Tropical que não vingaram na Globo

Whatsapp

Novela exibida em 2007 pela Globo e que estreou recentemente no Viva, Paraíso Tropical contou com tarimbados astros do elenco da emissora, como Tony Ramos, Glória Pires, Fábio Assunção, Hugo Carvana, Alessandra Negrini e Yoná Magalhães, entre muitos outros.

Além disso, como faz em todas as suas produções, a Globo abriu espaço para novos talentos, que tiveram papeis de diferentes destaques na trama. Na época, alguns desses nomes foram apontados como apostas para o futuro da teledramaturgia da emissora. No entanto, acabaram não vingando, pelo menos no canal.

Confira na lista:

Patrícia Werneck

Após participar de Malhação e JK, Paraíso Tropical foi a primeira novela da jovem atriz, que viveu a personagem Camila. Depois da trama, ainda esteve em Mutantes – Promessas de Amor, da Record, e Cordel Encantado e Gabriela, da Globo. Desde então, está longe da televisão. Atualmente com 41 anos, é casada com o ator André Barros, com quem tem um filho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Luli Miller

Formada em farmácia, tornou-se modelo quando veio morar na capital paulista. Em seguida, foi convidada para participar da Oficina de Atores da Rede Globo. Destacando-se no curso, acabou ganhando seu papel de estreia em Paraíso Tropical, quando viveu Gilda. Na época, contracenou com Marco Ricca, com quem acabou se casando na vida real. Depois dessa novela, ela esteve em Queridos Amigos, Paraíso, Sansão e Dalila, Máscaras e Milagres de Jesus, em 2014, seu último trabalho na televisão até o momento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Gustavo Leão

Gustavo estreou na televisão em Floribella (2005), na Band. Foi para a Globo em 2007, quando viveu Mateus em Paraíso Tropical e foi eleito uma das revelações daquele ano. Depois, esteve em Beleza Pura e Ti Ti Ti, além de apresentar a TV Globinho. Fora da Globo, participou de tramas da Record, como José do Egito, Pecado Mortal, Vitória e O Rico e o Láazaro. Atualmente com 34 anos, deixou de lado a carreira de ator e tornou-se chef de cozinha. Mora em Vancouver, no Canadá, desde 2017, quando foi estudar culinária.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sérgio Abreu

Após participações em novelas da Band, da Manchete e da Record, além de uma passagem em Malhação, Sérgio estreou no horário nobre da Globo em Paraíso Tropical, vivendo Tiago, que formava um casal homossexual ao lado do personagem de Carlos Casagrande. Foi sua única novela na emissora. Depois disso, participou de Revelação e Vende-se um Véu de Noiva, no SBT, e foi para a Record, onde esteve em A Fazenda, Pecado Mortal, Milagres de Jesus, Conselho Tutelar e Jesus. Em 2021, está no ar na novela Gênesis.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Érika Mader

Sobrinha da atriz Malu Mader, Érika estreou na Globo justamente em Paraíso Tropical, quando viveu Susaninha. No entanto, ela foi sua única novela. Depois disso, ela ingressou no Multishow, onde já comandou diversos programas, como Lugar (In)comum e Bastidores e ainda participou de coberturas de festivais, como o Rock in Rio. Atualmente com 35 anos, está afastada da televisão há alguns anos, mas ainda apareceu no cinema.



Leia também