23 de dezembro na história da TV: em 2006, último episódio de Central da Periferia



Confira os destaques do dia 23 de dezembro na história da televisão brasileira:

No dia 23 de dezembro de 1977, terminava o programa Levanta a Poeira (Globo).

Musical apresentado na última sexta-feira de cada mês, dentro da faixa Sexta Super. Em foco, números que iam além do “palco e plateia” – a quadra da escola de samba Mangueira, por exemplo, serviu de cenário para números do primeiro programa. Passaram pelo Levanta a Poeira nomes como Adoniran Barbosa, Alcione, Cartola, Martinho da Vila, Sylvio Caldas, Toquinho e Vinícius de Moraes.

No dia 23 de dezembro de 2001, estreava o programa Desafio dos Alunos Nota Dez (SBT).

Especial lançado por Silvio Santos para ocupar a vaga, aos domingos, da icônica Casa dos Artistas (2001). O formato consistia em perguntas diretas para alunos do 1° grau; a campeã recebeu seu prêmio das mãos do então presidente Fernando Henrique Cardoso. Com o SBT em ótima fase, não foi difícil para o ‘Desafio’ vencer o Fantástico (1973), da Globo: 31 a 26, segundo dados preliminares do Ibope.

No dia 23 de dezembro de 2001, terminava o reality-show No Limite 3 (Globo).

Denominada Fase Metal, esta edição do reality-show de sobrevivência foi ambientada na Ilha de Marajó, no Pará e ficou marcada por alterações no formato: os quatro primeiros eliminados foram contemplados com um carro e R$ 1000 reais; os seis excluídos seguintes eram encaminhados para o Vale dos Exilados; destes, saía o terceiro finalista. O policial Rodrigo venceu a competição, levando R$ 300 mil.

No dia 23 de dezembro de 2004, terminava o reality-show O Aprendiz (Record TV).

Primeira edição do formato consagrado por Donald Trump no exterior e por Roberto Justus aqui no Brasil. Vivianne Ventura levou o grande prêmio, após 14 episódios repletos de desafios, todas voltados, claro, para o mundo empresarial. O Aprendiz contou com outras nove edições nos anos seguintes: de ‘O Sócio’ ao ‘Universitário’ e ‘Empreendedor’ – estes com João Dória Jr -, além do ‘Celebridades’.

No dia 23 de dezembro de 2006, terminava o programa Central da Periferia (Globo).

Um “programa de auditório ao ar livre”, desenvolvido e apresentado por Regina Casé. A proposta era realizar a inclusão cultural de fenômenos que surgiam de comunidades espalhadas pelo país, destacando projetos sociais e expoentes da música. O episódio final foi realizado na Praça da Apoteose, no Rio de Janeiro, com Ana Maria Braga, Juliana Paes e Reynaldo Gianecchini como convidados.

No dia 23 de dezembro de 2006, terminava o programa Bailando por um Sonho (SBT).

Competição de dança liderada por Silvio Santos que unia celebridades e anônimos em busca, óbvio, de um grande sonho. Ambos treinados por um coreógrafo e submetidos a um júri técnico e ao voto popular. Entre os famosos participantes, a ex-Globeleza Valéria Valenssa, o cantor Sidney Magal, o atleta Fernando Scherer (Xuxa), o ator Alexandre Barillari e a campeã Patrícia Salvador, assistente de palco de Silvio.

No dia 23 de dezembro de 2015, terminava o esportivo Corujão do Esporte (Globo).

Programa esportivo com a participação de atletas, artistas e personalidades, no debate do noticiário acerca das mais diversas modalidades e competições. Exibido nas madrugadas, contou com apresentação, a princípio, do ex-jogador de vôlei Tande e, posteriormente, do judoca Flávio Canto. Hoje na Record TV, Fábio Porchat participou da temporada 2012 analisando lances esportivos de forma bem humorada.





Leia também