16 de março na história da TV: em 2009, estreava o remake de Paraíso

Whatsapp

Confira os principais fatos que aconteceram no dia 16 de março na história da televisão brasileira:

No dia 16 de março de 1968, terminava o programa Porque Hoje é Sábado (Globo).

A atração, apresentada pela cantora Dircinha Batista e pelos comediantes Grande Otelo, Lúcio Mauro e Paulo Silvino, era exibida sempre às 15h e contava com quadros de humor e gincanas. Durou pouquíssimo: de janeiro a março de 1968.

No dia 16 de março de 1981, estreava a novela Baila Comigo (Globo).

Primeiro trabalho de Manoel Carlos, como titular, às 20h, Baila Comigo era centrada nos desencontros dos gêmeos João Victor e Quinzinho (Tony Ramos), separados pelos próprios pais. Praticamente todos os personagens transitavam em torno dos irmãos e do esforço da mãe, Helena (Lilian Lemmertz), para que o segredo sobre eles não viesse à tona. No elenco: Betty Faria, Carlos Zara, Fernanda Montenegro, Fernando Torres, Lídia Brondi, Natália do Vale, Raul Cortez e Tereza Rachel.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No dia 16 de março de 1981, estreava o jornalístico Jornal Nacional 2ª Edição (Globo).

A emissora empregou o título de seu principal telejornal neste noticiário exibido na faixa das 23h, em substituição ao Jornal da Globo – que passou por várias mudanças até chegar ao formato definitivo, lançado em 1982.

No dia 16 de março de 1984, terminava a novela Voltei pra Você (Globo).

Benedito Ruy Barbosa propôs aqui a continuidade da história de Pituca (ou Liliane, Cristina Mullins) e Serelepe (ou Pedro, Paulo Castelli), crianças em Meu Pedacinho de Chão (1971) – então vividos por Patrícia Aires e Aires Pinto. Os dois se indispunham quando Pedro reivindicava a posse de terras do Coronel Epaminondas (Castro Gonzaga), pai de Liliane. Com Cosme dos Santos, Elizangela, Leonardo Villar, Maria Alves, Nelson Xavier, Neuza Amaral, Osmar Prado e Ruy Rezende.

No dia 16 de março de 1999, terminava o humorístico Vida ao Vivo Show (Globo).

Formatado como quadro do Fantástico (1973), ‘Vida ao Vivo’ – estrelado por Luiz Fernando Guimarães e Pedro Cardoso – ganhou as noites de terça-feira em 1998, passando a contar com as participações de Débora Bloch, Denise Fraga e Fernanda Torres. Passaram pela redação nomes como Euclydes Marinho, Evandro Mesquita, Geraldo Carneiro, Maria Carmem Barbosa e Patricya Travassos; na direção, Ary Coslov, Dennis Carvalho e Jorge Fernando.

No dia 16 de março de 2009, estreava a segunda versão da novela Paraíso (Globo).

Reedição do sucesso de Benedito Ruy Barbosa, também exibido às 18h, em 1982. Eriberto Leão, Nathalia Dill e Cássia Kis responderam pelos personagens de Kadu Moliterno, Cristina Mullins e Eloísa Mafalda – Zeca (Eriberto), o “filho do diabo”, apaixonado por Maria Rita (Nathalia), criada pela mãe Mariana (Cássia) para “virar santa”. Alexandre Nero, Bia Seidl, Carlos Vereza, Leopoldo Pacheco, Mauro Mendonça, Reginaldo Faria, Soraya Ravenle e o cantor Daniel também participaram.

No dia 16 de março de 2015, estreava a novela Babilônia (Globo).

Mesmo com três autores – Gilberto Braga, João Ximenes Braga e Ricardo Linhares – e sete colaborares, Babilônia perdeu completamente o rumo após a implantação de mudanças em nome da audiência. O folhetim acompanhava a trajetória de três mulheres: Beatriz (Gloria Pires), Inês (Adriana Esteves) e Regina (Camila Pitanga); as duas primeiras, cúmplices na morte do pai da última. Com Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg, Chay Suede, Luísa Arraes, Marcos Palmeira e Thiago Fragoso.

No dia 16 de março de 2019, estreava o Programa da Maisa (SBT).

Talk show apresentado por Maisa Silva, contava com a presença do humorista Oscar Filho. Ficou no ar até 31 de outubro de 2020, após 66 episódios, quando Maisa resolveu não renovar contrato com o SBT.

No dia 16 de março de 2019, terminava o programa Tá Brincando (Globo).

Game show baseado no americano Pros vs. Joes, onde dois participantes com idades entre 20 e 35 anos encarava um time de masters, com pessoas acima de 60 anos. Era apresentando por Otaviano Costa nas tardes de sábado. Teve somente uma temporada, com nove episódios, sendo exibido entre 5 de janeiro e 16 de março daquele ano.

No dia 16 de março de 2020, estreava o Primeiro Jornal (Band).

Nova versão do Primeiro Jornal, com apresentação de João Paulo Vergueiro e exibição nas madrugadas da Band. Já havia tido outra existência entre 2005 e 2014.



Leia também