15 de fevereiro na história da TV: em 2008, terminava Sete Pecados

Whatsapp

Confira os principais fatos que aconteceram no dia 15 de fevereiro na história da televisão brasileira:

No dia 15 de fevereiro de 1965, estreava a novela A Ilha dos Sonhos Perdidos (Excelsior).

Folhetim exibido às 22h – posteriormente, 21h -, centrado na disputa de pai e filho pela mesma mulher. A Excelsior intitulava as tramas desta faixa como “novelas noturnas”; A Ilha dos Sonhos Perdidos foi a quarta tentativa, infrutífera, de emplacar o horário, após É Proibido Amar (1964), Melodia Fatal (1964) e Eu Quero Você (1965). Em contrapartida, o horário das 19h explodia com A Moça que Veio de Longe (1964).

No dia 15 de fevereiro de 1975, terminava a novela A Barba Azul (Tupi).

Trama de Ivani Ribeiro, que gerou, dez anos depois, a clássica A Gata Comeu, exibida às 18h na Globo. Em cena, Eva Wilma e Carlos Zara como Jô Penteado e Fábio Coutinho, náufragos que vivem aos tapas e beijos até o último capítulo – Vivinha e Zara oficializaram a união, na “vida real”, durante a exibição do folhetim. Primeira novela a cores das 19h e primeira a uniformizar a programação em rede nacional.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No dia 15 de fevereiro de 1982, terminava o programa Globo Revista (Globo).

Formato que conciliava reportagens culturais, análises de política internacional (com o lendário Paulo Francis) e entrevistas ao vivo, conduzidas por Ênnio Pesce, com perguntas de comentaristas e do público. Exibido todas as segundas-feiras, o ‘Revista’ privilegiava o noticiário do dia: na estreia, por exemplo, o atentado a Ronald Reagan, então presidente dos Estados Unidos, tomou espaço de um quadro sobre cinema.

No dia 15 de fevereiro de 1986, terminava a novela Uma Esperança no Ar (SBT).

A autora Dulce Santucci conduzia o enredo desta novela, desenvolvida por vários roteiristas e centrada na figura de Rui (Celso Frateschi), cego e aleijado após sofrer uma decepção amorosa. Ana (Angelina Muniz), a ex, é culpada pelo estado do rapaz. Enquanto isso, o político Edgar (Mário Cardoso), que abre mão da carreira por afeição à namorada, Débora (Eliane Giardini).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No dia 15 de fevereiro de 2008, terminava a novela Sete Pecados (Globo).

Estreia de Walcyr Carrasco às 19h, marcada por “mudanças de rota” em nome da audiência – o que implicou, inclusive, na morte da vilã Agatha (Cláudia Raia), que agia como mentora da protagoniza Beatriz (Priscila Fantin). Apaixonada por Dante (Reynaldo Gianecchini), Beatriz faz de tudo para afastá-lo da esposa, Clarice (Giovanna Antonelli); em seu caminho, confronta-se com os sete pecados capitais.

Em 15 de fevereiro de 2020, estreava a terceira temporada do Júnior Bake Off Brasil (SBT).

Estreia da terceira temporada do talent show infantil de culinária, baseado no formato do The Great British Bake Off, da BBC, da Inglaterra. A apresentação foi de Nadja Haddad, com Beca Milano e Olivier Anquier como jurados. Participaram 12 confeiteiros mirins, entre 15 de fevereiro e 28 de março daquele ano, com vítoria de David Caldeira, de 11 anos, vindo de Fortaleza (CE).



Leia também