12 de outubro na história da TV: em 2012, Rebelde terminava na Record - TV História

12 de outubro na história da TV: em 2012, Rebelde terminava na Record

Whatsapp

No dia 12 de outubro de 1972, estreava o programa infantil Vila Sésamo (Globo).

Em parceria com a Cultura, a Globo adaptou este formato norte-americano, voltado para crianças em fase de alfabetização. No Brasil, a “rua” do exterior virou “vila” e ganhou moradores famosos, como Aracy Balabanian, Armando Bógus e Sônia Braga. Destaque para o atrapalhado Garibaldo (Laerte Morrone), misto de galinha e pato, alto e desengonçado.

No dia 12 de outubro de 1987, estreava a novela Mandala (Globo).

Dias Gomes desenvolveu o enredo e Marcílio Moraes conduziu os roteiros desta polêmica trama, centrada na paixão de mãe e filho – que desconheciam esta condição. Aliás, o romance de Jocasta (Vera Fischer) e Édipo (Felipe Camargo) extravasou para a “vida real”, causando muito falatório nos anos posteriores. Ainda, Nuno Leal Maia como o divertido bicheiro Tony Carrado.

No dia 12 de outubro de 1990, terminava a minissérie La Mamma (Globo).

Dercy Gonçalves capitaneava o elenco desta minissérie, baseada na obra de André Roussin, do núcleo de Augusto César Vannucci. Mamma (Dercy) buscava uma forma de livrar o filho conquistador, Manfredo (César Filho), da sana furiosa de maridos traídos. Mas, por conta do casamento arranjado pela mãe, Manfredo passa a sofrer de impotência sexual – e aí, Mamma entra em ação para salvar a fama de galã do herdeiro.

No dia 12 de outubro de 1998, estreava o programa infantil Eliana & Alegria (Record).

Eliana se transferiu do SBT para a Record, após fechar um acordo milionário, mas continuou à frente de uma atração nos moldes da que comandava no antigo canal. O diferencial do Eliana & Alegria – que contava com o assistente de palco Chiquinho (Edison Oliveira) – estava nos quadros, como o Talento Kids, espécie de Show de Calouros.

No dia 12 de outubro de 2001, estreava a segunda versão da série Sítio do Picapau Amarelo (Globo).

Após anos de ensaio, a Globo enfim estreava a segunda versão do Sítio do Picapau Amarelo! O destaque ficou por conta de Isabelle Drummond; a pequena estrela, egressa da minissérie Os Maias (2001), respondia pela boneca Emília, defendida por atrizes adultas na primeira adaptação da obra de Monteiro Lobato na emissora.

No dia 12 de outubro de 2003, estreava o programa Jogo da Vida (Band).

Márcia Goldschmidt se lançava na guerra de audiência dos domingos com este programa sobre relacionamentos – grande parte, complicados e debatidos na base do grito. Em outubro de 2004, um homem armado invadiu o palco, dizendo estar desesperado para ver os filhos; ele havia pedido que a produção do Jogo da Vida o ajudasse a reconquistar a mulher, mas ela se recusou a participar do programa.

No dia 12 de outubro de 2007, terminava a temporada 2007 de Malhação (Globo).

Os conflitos da 14ª temporada de Malhação – centrada nas amigas Marcela (Thaila Ayala), Vivian (Fiorella Mattheis) e Cecília (Maria Eduarda Machado) – se esgotaram rapidamente. A Globo, que então só lançava novas fases da novela em janeiro, acabou precipitando o término de Malhação 2007 e renovando praticamente toda a equipe.

No dia 12 de outubro de 2009, estreava o programa infantil Acampamento de Férias (Globo).

Renato Aragão protagonizou esta série, que ganhou outras duas temporadas nos anos seguintes. Nesta primeira leva, a produção apostou em belezas naturais como cachoeiras, grutas e matas. O enredo, exibido às 17h, trazia sempre uma grande aventura, mobilizando adultos, crianças e o atrapalhado Didi.

No dia 12 de outubro de 2010, terminava a série A Cura (Globo).

João Emanuel Carneiro falava em medicina, paranormalidade e charlatanismo nesta produção de 9 episódios. A narrativa se dividia entre o passado e o presente – o médico Dimas (Selton Mello) era a reencarnação do garoto Ezequiel (Dyjhan Henrique); contudo, acusado de assassinar um amigo de infância, o homem que tem o dom da cura é obrigado a enfrentar a hostilidade de toda a cidade mineira onde vive.

No dia 12 de outubro de 2011, terminava o reality show A Fazenda 4 (Record).

Joana Machado foi a grande vencedora desta atração cercada de polêmicas, que incluiu a volta de Monique Evans, vice-campeã, após ter sido eliminada na primeira roça da temporada anterior. A lutadora Duda Yankovich foi expulsa por agredir Thiago Gagliasso, posteriormente criticado por ONGs de defesa animal por ter admitido bater nas cabras.

No dia 12 de outubro de 2012, terminava a novela Rebelde (Record).

A Record adaptou, com sucesso, a trama mexicana já exibida no Brasil pelo SBT. Mas com os sucessivos esticamentos, a audiência se esvaiu. A autora Margareth Boury acabou deixando o projeto, então transformado numa espécie de Carrossel – produção em alta na concorrente. Óbvio que não deu certo. O grande mérito: o lançamento de Chay Suede, hoje com status de protagonista na Globo.

No dia 12 de outubro de 2015, terminava o programa esportivo Super Esporte (Gazeta).

A Gazeta apostou neste esportivo, que estreou às vésperas da Copa do Mundo 2010, sob o comando de Thiago Oliveira (hoje no SporTV). Em novembro de 2013, o apresentador foi substituído por Anita Paschkes, que permaneceu até a extinção da atração, hoje quadro do matinal Revista da Cidade.



Leia também