10 nomes que brilharam em Pantanal, mas perderam espaço na TV

Whatsapp

Nilson Xavier

A novela Pantanal já é um sucesso na Globo. O público mais saudosista ainda guarda na memória afetiva a novela de 32 anos atrás. A produção da TV Manchete foi um dos grandes sucessos da história da teledramaturgia nacional e, seguramente, o grande êxito da trajetória da emissora.

Confira abaixo como estão 10 artistas que brilharam na história original de Benedito Ruy Barbosa:

Marcos Winter

Marcos Winter

Depois de ter vivido Jove, foi alçado ao posto de galã. Retornou à Globo em 1992, participando de novelas como Felicidade, Fera Ferida, Irmãos Coragem, A Indomada, Corpo Dourado e Estrela-Guia. Porém, foi perdendo espaço na TV durante os anos 2000.

Em 2010, reclamou da falta de trabalho, alegando estar passando por dificuldades financeiras.

Na última década, foi visto em produções da Record, como A Terra Prometida, Apocalipse, Jesus e Gênesis. Também participou das séries Magnífica 70 (2015-2018), da HBO, e Segunda Chamada (2019), da Globo.

Atualmente, está escalado para uma das fases da série-novela Reis, da Record TV.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cristiana Oliveira

Cristiana Oliveira

Eternamente ligada à personagem Juma Marruá, Cristiana foi para a Globo em 1992, após o fracasso da novela Amazônia. Na nova casa, fez tramas como De Corpo e Alma, Quatro por Quatro, Corpo Dourado e O Clone (onde pode ser vista atualmente, no Vale a Pena Ver de Novo).

Depois de atuar em Salve Jorge (2012-2013), ingressou na Record, onde participou de A Terra Prometida e Topíssima.

Cristiana ficou felicíssima com a regravação da Globo e tem constantemente aparecido em produções da emissora falando da novela e de sua personagem, Juma, bem como defendendo a nova intérprete, Alanis Guillen.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Paulo Gorgulho

Paulo Gorgulho

Outro ator alçado à Globo, após o sucesso de Zé Leôncio jovem e Zé Lucas de Nada na novela da Manchete. Esteve em O Dono do Mundo, Fera Ferida, Quem é Você e Zazá, entre outras.

A partir de 2005, esteve em diversas produções na Record TV, sendo as mais recentes Apocalipse e Jesus.

Gorgulho não perdeu, exatamente, espaço na TV. Voltou à Globo na série Segunda Chamada, em 2019-2021.

Fez uma participação afetiva no remake de Pantanal, como o velho peão Ceci, que “passa o bastão” a Joventino (Irandhir Santos) na primeira fase da trama.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ângela Leal

Angela Leal

Atriz já com um extenso currículo na Globo, Ângela aceitou o convite do diretor Jayme Monjardim para atuar em Pantanal, como Maria Bruaca, mãe de Guta e mulher de Tenório, que se tornou uma das personagens mais populares da novela.

Mãe da atriz Leandra Leal, Ângela, após 1990, participou de diversas novelas, como A História de Ana Raio e Zé Trovão, Xica da Silva, Páginas da Vida, Sete Pecados, Amor e Intrigas, Balacobaco, Dona Xepa e outras.

O último trabalho na TV foi a série Sob Pressão, entre 2017 e 2018.

Após ter enfrentado um câncer, a atriz atuou ao lado da filha no filme Nada a Fazer, dirigido por Leandra, rodado durante a pandemia. Também administra o Teatro Rival, no Rio de Janeiro, de propriedade de sua família.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Almir Sater

Almir Sater

Cantor e compositor de grande sucesso e relevância para a música brasileira, Sater estreou como ator em Pantanal, no papel do peão Trindade. Aventurou-se ainda, como ator, em novelas como A História de Ana Raio e Zé Trovão, O Rei do Gado e Bicho do Mato.

Além de ceder sua residência no Pantanal para apoio e gravações da nova novela, Almir Sater tem um papel pequeno, mas que aparece bastante na trama, o chalaneiro Eugênio, que vez ou outra dá uma palhinha cantando modas de viola.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Elaine Cristina

Elaine Cristina

Famosa por novelas na Tupi, no SBT e na própria Manchete, Elaine viveu Irma na segunda fase da novela de Benedito Ruy Barbosa.

O fim de Pantanal, em dezembro de 1990, fechou um ciclo em sua vida e a atriz foi cada vez menos aparecendo na televisão. Participou de produções como Antônio Alves Taxista, O Direito de Nascer, Revelação, Vende-se um Véu de Noiva e Chiquititas, além de ter se dedicado ao teatro.

Atualmente, Elaine Cristina tem um canal no YouTube, no qual apresenta o programa Arte de Viver, em que passa a limpo a sua carreira e sua vida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ítala Nandi

Ítala Nandi

Após ter dado vida à problemática Madeleine, Ítala Nandi passou alguns anos afastada do vídeo até achar lugar na Record, onde esteve em produções como Prova de Amor, Os Mutantes e Dona Xepa. Seu último trabalho, até o momento, é a série Milagres de Jesus.

Atualmente, é coordenadora da Escola Superior Sul-Americana de Cinema e Televisão do Estado do Paraná.

Andréa Richa

Andrea Richa

A atriz se destacou como a personagem Muda, mas não fez muitas novelas depois disso. Além de minisséries, esteve em Antônio Alves Taxista e Mandacaru.

Depois disso, Andréa deixou a telinha.

“Me afastei da carreira artística porque é a vida. Acho também que a carreira artística, da maneira que eu concebia, foi se afastando um pouco da minha visão de mundo”, declarou ao jornal Extra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Antônio Petrin

Antonio Petrin

O veterano ator, que viveu Tenório, se destacou, após Pantanal, em tramas como Éramos Seis (1994) e Corpo Dourado (1998).

Atuando em diversos canais, foi visto, nas últimas décadas, em novelas como Revelação, Vende-se um Véu de Noiva, Amor e Revolução, Em Família e Escrava Mãe, seu último trabalho na televisão até o momento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Luciene Adami

Luciene Adami

A Manchete apostou na sensualidade de sua personagem, Guta. Depois disso, a atriz esteve em Éramos Seis, Tocaia Grande, Estrela de Fogo e Metamorphoses, entre outras novelas. A última aparição na televisão foi em Avenida Brasil, em 2012.

“Antes de a pandemia começar, eu estava morando em São Paulo, mas acabei me mudando para Porto Alegre, para ficar mais perto dos meus pais. Mas é claro que eu toparia passar uma temporada no Rio para gravar a novela, se fosse convidada”, declarou a atriz ao jornal Correio, no ano passado, quando a Globo anunciou o remake de Pantanal.

Whatsapp


Leia também