10 atrizes que abandonaram a carreira para se dedicar à família

10 atrizes que abandonaram a Globo para se dedicarem à família

Whatsapp

Família em primeiro lugar, já dizia a velha máxima. Afinal, quantos de nós, meros mortais, não sacrificaríamos um sonho (ou uma carreira promissora) para nos dedicarmos àqueles que amamos, principalmente se forem esses pequenos seres de luz que chamamos de filhos?

Pensando nesse dilema existencial, elaboramos uma lista com 10 atrizes que deixaram de lado a carreira para se dedicarem à família e aos filhos. E apostamos que você não vai se lembrar de todas!

Confira na lista:

Daniela Camargo

Quem não se lembra da novela Vamp, exibida na TV Globo entre os anos de 1991 e 1992? A trama fantasiosa que envolvia humanos e vampiros na cidade fictícia de Armação dos Anjos reuniu nomes de peso no elenco, como Cláudia Ohana, Ney Latorraca, Reginaldo Faria, Joana Fomm, Fábio Assunção e Nuno Leal Maia.

O folhetim também contou com a participação da atriz Daniela Camargo, paulista de Ibitinga, que iniciou sua carreira como modelo, participando de campanhas nacionais e internacionais.

Na televisão, a atriz começou apresentando o Caso Verdade. Mico Preto foi a primeira novela da qual participou, mas Vamp foi seu primeiro papel de estaque, onde deu vida à personagem Lena, filha mais velha de Carmem Maura (Joana Fomm).

Daniela também participou de As Pupilas do Senhor Reitor e Antônio Alves, o Taxista, mas aos poucos foi deixando a carreira de lado para se dedicar a uma profissão única: ser mãe 24 horas.

A atriz é mãe de dois filhos: Aaron, de 12 anos, e Hanah, de 17.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Roberta Índio do Brasil

Outra atriz da mesma geração, Roberta Índio do Brasil iniciou sua carreira aos 16 anos, também como modelo. A partir dos anos 1990, passou a atuar no teatro e, a seguir, esteve na minissérie O Fantasma da Ópera, da Manchete, bem como em programas de TV como Os Trapalhões e Você Decide.

Seu maior destaque veio em 1994, no sucesso A Viagem. Na novela, a atriz encarnou – sem trocadilhos, por favor! – a personagem Sofia, que fica grávida e não sabe quem é o pai de seu filho, mistério que perdurou por boa parte da trama.

Roberta acabou se afastando da carreira após o nascimento de sua segunda filha. A criança possuía uma alergia multialimentar, o que levou a atriz a se dedicar aos cuidados da caçula em tempo integral.

Hoje, Roberta atua como consultora e coaching em treinamento e desenvolvimento profissional e gerencial.

Maria Helena Chira

Maria Helena Chira foi um dos destaques do remake da novela Ti-Ti-Ti, de 2010. A atriz viveu a personagem Camila Bianchi, mas, antes disso, já tinha passado pela minissérie Som & Fúria.

Posteriormente, Maria fez parte do elenco das novelas globais Cheias de Charme, com a personagem Dália, e Sangue Bom, como Lara Keller. A atriz também participou de séries como Psi, Se Eu Fosse Você e Prata da Casa – seu último trabalho na TV.

Maria Helena abandonou a telinha para se dedicar à criação de seu filho, Antônio, mas continuou presente no teatro, onde iniciou sua carreira. Entre os seus últimos trabalhos, está a peça A Desumanização, baseada no livro de Valter Hugo Mãe.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fernanda Machado

Quem não se lembra da atriz Fernanda Machado, que ficou conhecida por papeis como Dalila (Alma Gêmea), Joana (Paraíso Tropical), Leila, (Amor à Vida) e também pela Maria de Tropa de Elite?

A atriz, que estreou na televisão em 2004, em Começar de Novo, da Globo, vive hoje nos EUA. Aliás, foi por isso que Fernanda se afastou das novelas. Após se casar com um americano, mudou-se para os States, onde cuida de suas duas preciosidades, os filhos Lucca e Leo.

Fernanda é professora de ioga em Santa Bárbara, na Califórnia, e pretende abrir um espaço lounge dedicado à maternidade, com cursos e aulas para mamães e bebês.

Susana Werner

A atriz, apresentadora e ex-modelo Susana Werner tinha um futuro promissor quando decidiu dar um novo rumo a sua vida. Após estrear como modelo em 1993, Susana apareceu na abertura da novela Cara e Coroa, em 1995 e, entre 1996 e 1998 se destacou em Malhação.

Em 2002, casou-se com o ex-goleiro Júlio César e passou a acompanhar o marido nos países por onde ele passou por causa do futebol, especialmente na Itália – quando ele jogou na Inter de Milão -, e em Portugal – onde defendeu o Benfica até voltar para o Brasil para se aposentar no Flamengo.

Na época em que largou a profissão, Susana tinha dois contratos com a Rede Globo e, de acordo com suas entrevistas, ganhava mais que o marido. Hoje em dia, atua como empresária no ramo estético e de turismo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nívea Stelmann

Nívea é uma das atrizes mais lembradas da nossa lista. Ela iniciou sua carreira em 1990, aos 16 anos, atuando como modelo. Mais tarde, em 1993, estreou como atriz no seriado Família Brasil.

Ela já passou por Malhação, A Indomada, Era uma Vez, Uga Uga, O Clone, entre tantas outras novelas de sucesso.

Mesmo sem abandonar a profissão 100%, Nívea dedicou diversos anos de sua vida para cuidar dos filhos: Bruna Rocha e Miguel Frias.

Lisandra Souto

Como a maioria das atrizes da nossa lista, Lisandra deixou sua profissão no auge, aos 21 anos, para cuidar dos dois filhos – Yasmin e Yago – que teve com o jogador de vôlei, Tande.

Lisandra montou o seu próprio negócio para ter mais tempo para a família e, quando se separou, voltou às telinhas. Destaque para seu último trabalho, no qual viveu a personagem Estela Aisen Santero, na novela Apocalipse, da Record.

Além da Record, a atriz participou de mais de dez produções da TV Globo, como Sinhá Moça, Gente Fina, Meu Bem Meu Mal, De Corpo e Alma e Quatro por Quatro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vanessa Lóes

Vanessa Lóes também trocou a carreira agitada para se dedicar aos filhos. Casada com o ator Thiago Lacerda desde 2001, a atriz é mãe de Pilar, Gael e Cora.

Para quem não se lembra bem da Vanessa, ela estreou como atriz na Rede Globo em 1995, na minissérie Engraçadinha… Seus Amores e Seus Pecados. Entre as novelas em que atuou, estão Vira-Lata, Zazá,

Suave Veneno, Sabor da Paixão, Kubanacan e Malhação.

Luciele Di Camargo

Casada com o ex-jogador e atual comentarista de futebol Denilson, Luciele colocou um ponto final em sua carreira artística para se dedicar exclusivamente à criação da filha Eduarda.

A irmã de Zezé Di Camargo e de Luciano resolveu se dedicar à função de dona de casa e de mãe, pois sempre teve o sonho de construir uma família.

Luciele estreou na TV em 2003, na novela “Mulheres apaixonadas”, e fez outros trabalhos esporádicos na telinha, no teatro, no cinema e até participou de um reality show de famosos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Luma de Oliveira

Luma de Oliveira saiu às pressas da novela Meu Bem, Meu Mal, após descobrir que estava grávida de Thor. A atriz sentia muitos enjoos e precisou abandonar o seu segundo papel em horário nobre, onde vivia a prostituta Ana Maria.

Luma optou por encerrar seu trabalho, pois tinha que realizar viagens constantes de avião e dormir fora, o que aumentava seu mal-estar.

A artista até pensou em voltar a atuar em novela, mas após montar uma fábrica de cosméticos e se envolver em uma área diferente, mudou de ideia. Em seguida, engravidou do seu outro filho, Olin, e encerrou qualquer possibilidade de retorno às telinhas definitivamente.

Whatsapp


Leia também