10 artistas que torraram o que tinham: “Dava dinheiro pra todo mundo”

Whatsapp

Muitos artistas ganham ou ganharam bem durante suas carreiras, mas não souberam administrar os patrimônios que conquistaram, passando por dificuldades financeiras. Alguns conseguiram se reerguer, enquanto outros morreram na pobreza.

Confira 10 exemplos na lista:

Marcos Winter

Marcos Winter em Gênesis

Antes de ganhar um contrato fixo com a Record, onde recentemente fez Gênesis, a vida e a carreira de Marcos Winter passou por altos e baixos.

Leia mais

Em uma entrevista para a revista Quem, em 2010, o ator afirmou que passava por dificuldades financeiras e chegou a vender uma casa em Vargem Grande, no Rio de Janeiro (RJ), por conta disso.

“Nos últimos sete anos, fiquei quatro anos e meio, quase cinco anos sem renda, ou seja, tudo o que tinha foi. Não sei por que com essa demanda toda de mercado eu não estou trabalhando”, contou.

Durante a entrevista, o ator pediu ao público que assistisse sua peça da época, Monólogos da Marijuana, para que ele pudesse pagar o aluguel, colocar gasolina no carro e também pagar sua empregada doméstica.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Wilza Carla

Wilza Carla

Famosa durante décadas, inicialmente como vedete do teatro de revista e depois como atriz de novelas e pornochanchadas, Wilza Carla, que viveu a Dona Redonda na primeira versão de Saramandaia, também foi jurada de programas de auditório, como o Show de Calouros.

Em 1994, ela teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Nos últimos anos de vida, passou por diversos problemas de saúde, agravados pela obesidade. Ela sofria de diabetes e Mal de Alzheimer. Acamada, reclamava da falta de dinheiro e, principalmente, da ausência dos amigos, que não a visitavam.

“Eu ganhava bem, mas dava dinheiro pra todo mundo”, disse, em entrevista.

Após se afastar da televisão e ir morar em São Paulo, Wilza Carla morreu em 18 de junho de 2011, aos 75 anos, no Hospital das Clínicas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cláudio Correa e Castro

Claudio Correa e Castro

Um dos maiores nomes da história da teledramaturgia brasileira, Cláudio Corrêa e Castro passou por momentos difíceis no fim da vida. Em 2003, o ator, então com 75 anos, havia acabado de passar por um episódio muito traumático: a separação da então esposa Miriam, com quem viveu 20 anos e teve dois filhos. Entre outras coisas, ele precisou deixar sua luxuosa casa no bairro de São Francisco, em Niterói (RJ).

Doente e sem dinheiro, não teve escolha: foi morar no Retiro dos Artistas até a sua morte, em agosto de 2005.

“Sou péssimo administrador. Ganhei muito bem, mas não soube controlar meu dinheiro. Comprava tudo sem pensar. Nunca soube dizer não. As dívidas são as únicas coisas que me atormentam”, completou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Moacyr Franco

Moacyr Franco

Desde o início dos anos 1970 na Globo, Moacyr Franco estava no auge da carreira. Contudo, em 1977, durante uma gravação do humorístico A Praça da Alegria, o cantor sofreu um grave aneurisma cerebral.

Ele ficou internado e teve que fazer uma cirurgia de risco, cuja chance de sobreviver era de apenas de 3%. Mesmo com medo, Moacyr aceitou fazer o procedimento, que acabou dando certo.

Ao se recuperar da cirurgia, Moacyr ficou durante um ano longe dos palcos, vivendo um grande problema financeiro, em consequência do seu afastamento dos shows e da televisão, que consumiu todas as suas economias. Ele só se recuperou no início dos anos 1980, quando foi contratado pelo SBT.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Stênio Garcia

Stênio Garcia

Em março de 2020, Stênio Garcia foi incluído na onda de cortes da Globo, perdendo seu contrato fixo após 47 anos. Ele e sua esposa chegaram a fazer apelos através da internet, mas de nada adiantou. O ator declarou que ficou sem chão após deixar a emissora e que precisa trabalhar para se sentir vivo.

Ele contou que perdeu R$ 159 mil com a construtora SPE CHL XCII Incorporações, do Rio de Janeiro. Comprou três salas em um empreendimento, mas até o momento não recebeu os imóveis e nem o dinheiro empregado.

“Não tenho mais o que investir. Tudo o que eu tinha foi aí. Era o único dinheiro que eu tinha”, revelou ao site Notícias da TV.

Apesar de não contar com grandes reservas financeiras, Stênio e sua esposa negaram, em agosto de 2020, que estivessem vivendo na “extrema pobreza”, como foi divulgado por alguns veículos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dedé Santana

Dede Santana

Integrante do grupo Os Trapalhões, Dedé Santana já declarou em entrevistas que ganhou muito dinheiro na carreira, mas não soube administrar o patrimônio. Em diversas oportunidades, ele virou notícia por estar com dívidas e problemas financeiros; em 2016, colocou sua mansão em Santa Catarina à venda e recomeçou.

Em entrevistas, Dedé revelou também que recebeu ajuda de Renato Aragão em diversas oportunidades.

“Não foi pouca coisa; Renato me deu, não emprestou”, declarou.

Maurício Mattar

Mauricio Mattar

Importante ator da Globo nos anos 1980 e 1990, Maurício Mattar viu seus papeis na emissora ficarem escassos a partir da primeira década de 2000.

Além disso, se envolveu em algumas polêmicas, como falta de pagamento de pensão para a família e a penhora de alguns veículos em virtude de um processo movido por um motoboy após uma briga de trânsito.

O ator chegou a viver de favor na casa da ex-mulher, em 2013, de acordo com informações de seu advogado na época.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dhomini

Dhomini hoje

André Augusto Ferreira Fontes, o Dhomini, foi o campeão da terceira temporada do Big Brother Brasil. Ele levou o prêmio máximo, de R$ 500 mil, porém perdeu tudo.

O ex-BBB investiu em terrenos, imóveis, carreira musical e comprou até mesmo um posto de gasolina. No entanto, os negócios não prosperaram e acabaram dando prejuízo.

Hoje em dia, ele como revendedor de cosméticos. Recentemente, Dhomini apareceu numa campanha do banco Santander que está sendo veiculada nos intervalos do BBB22.

“Quem tem coragem de falar que faliu? Eu tenho. Ganhei R$ 500 mil num reality show há 19 anos e perdi tudo em alguns empreendimentos que deram errado. Quer realidade mais brasileira do que essa?”, questionou Dhomini na peça publicitária.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Rafael Ilha

Rafael Ilha

Vocalista da banda Polegar, sucesso no final dos anos 1980 e início dos anos 1990, Rafael Ilha passou por vários problemas por causa de seu vício em drogas. O artista caiu e se levantou várias vezes. Em 1998, por exemplo, ele voltou aos holofotes após ser preso por roubar um real e um vale-transporte de uma estudante. Em 1999, foi detido novamente após ser flagrado dirigindo sem documentos. Já em 2000, foi para a cadeia após ser pego com cocaína.

Outras confusões envolveram a Reviver, clínica que ele administrava em 2004 e foi alvo de denúncia de comércio ilegal de armas e drogas, sem nada ter sido encontrado; um indiciamento por tentativa de sequestro e formação de quadrilha, em 2007; e uma detenção ao lado da esposa, Aline Kezh, após passarem por um posto da Receita Federal na divisa entre Brasil e Paraguai, em 2014, com uma espingarda e munição escondidas no carro. Eles foram liberados após pagarem R$ 55 mil de fiança.

Em 2018, venceu a décima edição de A Fazenda e levou para casa o prêmio de R$ 1,5 milhão. Segundo Ilha relatou ao programa Domingo Show, da Record, em 2019, gastou a bolada comprando um carro e um jogo de panelas, além de ter quitado dívidas em seu nome.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Joana Fomm

Joana Fomm

Dona de importantes papeis na televisão brasileira entre os anos 1970 e 1990, Joana Maria Fomm tem passado dificuldades nos últimos anos.

Sem reservas financeiras, a atriz fez um apelo em seu perfil no Facebook, pedindo algum trabalho na televisão. Conseguiu um papel em Apocalipse, novela da Record, sua última novela até o momento.

Em 2019, voltou à telinha como a freira Irmã Graça na terceira temporada da série Sob Pressão, da Globo. E foi só.

“A carreira artística é muito difícil. São muito altos e baixos. Mas eu tenho consciência que fiz trabalhos lindos e importantes na TV, no cinema e no teatro. Sinto que as oportunidades de trabalho vão rareando”, enfatizou a atriz, na época, na entrevista ao site da produção.

Whatsapp


Leia também