10 artistas promissores que sumiram das novelas sem deixar rastro

Whatsapp

Nilson Xavier

Em textos anteriores, já citei jovens artistas que se destacaram nos anos 1980 e 1990, mas acabaram perdendo espaço na televisão pelos mais variados motivos. Chegou a vez de falar das promessas da primeira década dos anos 2000.

Confira:

Júlia Feldens

Julia Feldens

Leia mais

Promessa da Globo no início dos anos 2000, a atriz está longe das produções da emissora desde 2004. Júlia estreou na televisão em Força de um Desejo (1999). Em seguida, destacou-se como a espevitada Ciça de Laços de Família (2000), que lhe rendeu o Troféu APCA de revelação feminina na TV.

Na sequência, teve outro bom papel, em Coração de Estudante (2002). Júlia ainda foi vista na novela Sabor da Paixão (2003) e na minissérie Um Só Coração (2004), sua derradeira participação na Globo.

Em seguida, afastou-se da carreira artística, foi morar na capital paulista, casou-se, teve dois filhos e se formou em Letras, além de ter feito mestrado na PUC-SP. Não faz muito tempo, Júlia surpreendeu os fãs ao aparecer em uma participação na série Boca a Boca, que estreou em julho de 2020 na Netflix.

Além dos trabalhos como atriz, Júlia criou um projeto social que auxilia artistas de baixa renda, hospedando-os gratuitamente em sua casa. Ela também montou uma padaria na garagem de casa e, com o dinheiro arrecadado com o negócio, financia essa iniciativa e os artistas que recebe.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Erik Marmo

Mulheres Apaixonadas

Estreou na TV na Malhação, em 2000. Em 2002, participou da quarta temporada de Sandy & Jr. No ano seguinte, foi Cláudio, par romântico de Carolina Dieckmann em Mulheres Apaixonadas (2003). Na sequência, a minissérie Um Só Coração (2004) e as novelas Começar de Novo e Alma Gêmea.

Foi visto ainda em Sete Pecados, Três Irmãs, Morde e Assopra e no remake de Gabriela. Desde 2013, vive nos EUA, onde, além de empresário, foi repórter do Planeta Brasil e da Globo Internacional. Isso não o impediu de, em 2017, vir ao Brasil para gravar uma participação na novela Tempo de Amar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Thalma de Freitas

Thalma de Freitas

Atriz, cantora e compositora, Thalma começou a carreira nos anos 1990. Após algumas novelas, ganhou projeção e conquistou o público como Zilda, a empregada de Vera Fischer em Laços de Família (2000-2001). Fez outras novelas na Globo, como O Clone (2001), Kubanacan (2003), Começar de Novo (2004), Bang Bang (2005), Sete Pecados (2007) e Caras e Bocas (2009), além de duas temporadas de Malhação (2010 e 2012).

Ainda em 2012, decidiu mudar radicalmente. Engravidou do então namorado, o fotógrafo e cineasta irlandês Brian Cross, largou tudo e mudou-se para Los Angeles, nos Estados Unidos. Ele é cofundador da Mochilla, uma produtora de filmes e música.

Além da produtora de Brian, Thalma tem a sua própria produtora, a Filhas do Maestro Criações Artísticas, da qual é diretora-criativa. A partir de então, sua carreira musical virou prioridade.

Thalma é crooner na Big Band Orquestra Imperial. Em 2004, gravou seu único CD solo e, em 2020, foi a única brasileira a conseguir uma indicação ao Grammy, na categoria Melhor Álbum de Jazz Latino, com o álbum Sorte!.

Max Fercondini

Max Fercondini

Iniciou sua carreira aos 14 anos, em 2000, quando atuou na novela Esplendor. Depois vieram Laços de Família, Malhação, Agora É que São Elas, Páginas da Vida, Sete Pecados, Viver a Vida e Morde e Assopra, entre outras. Também apresentou o programa Globo Ecologia.

Max está afastado da TV desde 2013, quando participou de Flor do Caribe, e hoje mora em um veleiro atracado em Lisboa. O ator vive se aventurando e navegando pelo mundo. Em 2021, celebrou seu 36º aniversário viajando pela França.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Gustavo Leão

Gustavo Leão e Gloria Pires

Após estrear na televisão em 2005, na novela Floribela da Band, destacou-se em Paraíso Tropical, na Globo. Atuou ainda em Beleza Pura e no remake de Ti-Ti-Ti, além de apresentar o programa TV Globinho. Nos anos 2010, esteve em algumas produções da Record TV.

Gustavo mudou de país e de profissão. Hoje, é chef de cozinha nos EUA, mais precisamente na Disney. Em 2017, mudou-se com a esposa Pâmella para o Canadá, onde cursou gastronomia na North West Culinary Academy. Mais tarde, foi viver nos EUA e hoje é sous chef em Orlando.

Cecília Dassi

O Beijo do Vampiro

Entre 1997 e 1998, a menina Sandrinha conquistou o Brasil na novela Por Amor. Cecília tinha apenas sete anos quando interpretou a personagem. Depois disso, atuou em diversos papeis na Globo, em Suave Veneno (1999), Bambuluá (2000), A Padroeira (2001), O Quinto dos Infernos (2002) e O Beijo do Vampiro (2003).

Em 2004, se tornou apresentadora da TV Globinho e, em seguida, esteve em Alma Gêmea (2005), Sete Pecados (2007), Três Irmãs (2008) e Viver a Vida (2009). Também fez papeis no cinema: em 2008, esteve em A Guerra dos Rocha, e, em 2012, em Gonzaga: de Pai para Filho.

Na sequência, anunciou que estava deixando a carreira artística, pois se formaria em Psicologia em 2013. Desde então, atua como psicóloga em sua própria clínica, trabalhando, inclusive, com orientação psicológica de atores-mirins.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Daniel Del Sarto

Desejos de Mulher

Já era cantor antes de começar a atuar na TV. Estreou no seriado Sandy & Jr., em 2001. Em seguida, emendou papeis nas novelas Desejos de Mulher (2002) e Kubanacan (2003). Fez a temporada 2005 da Malhação e trabalhou com Renato Aragão nos programas Turma do Didi e Aventuras do Didi, entre 2006 e 2013. Teve uma passagem na Record, em Pecado Mortal (2013), e no SBT, em Cúmplices de um Resgate (2016).

Cantor e compositor, Daniel conta com dois CDs de estúdio e, nos últimos anos, tem investido na carreira musical e nos negócios. Recentemente, lançou o clipe da faixa “Quero Você”, parceria com o cantor Brunno. Daniel é um dos empreendedores por trás da startup Famosos, que visa unir rostos conhecidos e fãs através de vídeos criados sob demanda.

A plataforma conta com nomes no Brasil e no mundo, com astros de diversos segmentos artísticos, desde a TV e música, aos esportes. No Brasil, Jorge Aragão, Jorge Vercillo e Narcisa Tamborindeguy são algumas das personalidades que integram a Famosos.

Pedro Malta

Tinha oito anos quando viveu o garoto Lipe na novela Coração de Estudante, em 2002. Participou, na sequência, de A Casa das Sete Mulheres, Kubanacan e Começar de Novo, na Globo, e Prova de Amor, Vidas Opostas e Os Mutantes, Vidas em Jogo e Rico e Lázaro, na Record.

Desde 2015, Pedro mora em Recife (PE), sua cidade natal. Em 2020, em meio às restrições geradas pela Covid-19, formou-se em Rádio e TV e lançou o filme Recife Assombrado. Concomitantemente, tem projetos literários em andamento. Mesmo se dedicando a trabalhar “atrás das câmeras”, afirma que nunca deixará de ser ator.

Repudio de forma veemente o rótulo de ex-ator ou ex-ator mirim. O conhecimento absorvido se mantêm. Você não deixa de ser por não produzir ou não aparecer tanto quanto antes“, disse em entrevista à revista Quem.

Bianca Castanho

Esmeralda

Um dos rostos mais conhecidos da TV da década de 2000. A primeira novela foi Terra Nostra, em 1999-2000. Na Globo, esteve ainda em Uga Uga, Turma do Didi, O Beijo do Vampiro e na temporada 2001-2002 da Malhação. Porém, foi no SBT que Bianca firmou-se, em papeis de protagonista nas novelas Canavial de Paixões, Esmeralda e Cristal.

Teve uma passagem pela Record, em Amor e Intrigas, Promessas de Amor, Rei Davi, Dona Xepa e Milagres de Jesus. Em 2015, voltou para o SBT para apresentar o programa Pequenos Campeões, seu último trabalho na TV brasileira.

Desde 2016, a atriz mora em Miami, nos Estados Unidos, com o marido, o empresário Henry Canfield, e a filha pequena, Cecília, trabalhando com dublagem de novelas e séries mexicanas e turcas, realities e animações.

Liliana Castro

Alma Gêmea

A Luna de Alma Gêmea (2005) talvez tenha sido sua personagem mais famosa. Sua primeira novela foi Força de um Desejo, em 1999, uma participação. Depois esteve na Ilha Rá-Tim-Bum, programa infantil da TV Cultura. Voltou à Globo em 2002, para a novela Sabor da Paixão. Depois vieram Da Cor do Pecado e Alma Gêmea, seu maior sucesso.

Migrou para a Record, onde atuou em Os Mutantes e Ribeirão do Tempo. Liliana participou ainda das séries Fora de Controle (2012), Só Garotas (2014) e Psi (2017 a 2019), mas já morando em Los Angeles, nos Estados Unidos, para onde se mudou em 2012.

Nos EUA, tem uma produtora de vídeo com foco em produções educacionais. Inspirada pelos projetos, criou um canal no YouTube chamado Socrática, que também tem conteúdo educacional e científico, com versões em português, inglês e kids.

Whatsapp


Leia também