Estreias, términos, demissões e muito mais: os fatos que movimentaram a televisão brasileira em 2020



Ao longo do ano, vamos atualizar a lista abaixo com os fatos que movimentaram a televisão brasileira em 2020. Confira:

JANEIRO

Logo no dia 1º de janeiro, em mudança que foi anunciada ainda em 2019, o Grupo Globo deu andamento à sua reorganização administrativa, intitulada Uma Só Globo, reunindo todas as empresas em um único núcleo. Paulo Daudt Marinho assumiu o posto de diretor dos canais Globo, enquanto Carlos Henrique Schroder, que era o diretor-geral da Rede Globo, tornou-se diretor de Criação e Produção de Conteúdo do grupo.

No dia 5 de janeiro, estreou a quinta temporada do programa The Voice Kids na Rede Globo. Apresentação de André Marques, bastidores comandados por Thalita Rebouças e os músicos Carlinhos Brown, Claudia Leitte e Simone e Simaria como técnicos.

Entre 7 e 10 de janeiro, a Rede Globo exibiu a minissérie O Auto da Compadecida, de 1999, no horário nobre, em comemoração aos 20 anos de sua exibição original. Foi produzida uma nova abertura e a produção foi exibida em alta definição.

No 13 de janeiro, a TV Cultura informou que a jornalista Daniela Lima deixava a apresentação do programa Roda Viva. Ela foi contratada para atuar na CNN Brasil. No dia 20 de janeiro, a também jornalista Vera Magalhães assumiu o comando da atração.



Entre 14 e 17 de janeiro, a Rede Globo exibiu Chacrinha: a Minissérie, estrelada por Stephan Nercessian no papel de Abelardo Barbosa. A produção é derivada do filme Chacrinha: o Velho Guerreiro, lançado em 2018.

No dia 21 de janeiro, estreou a 20ª temporada do Big Brother Brasil na Rede Globo. O BBB20 conta novamente com apresentação de Thiago Leifert e 18 participantes entraram na casa. Será a mais longa temporada do reality show, com duração de 94 dias.



No mesmo dia 21 de janeiro, após o BBB, a Globo estreou o humorístico Fora de Hora, inspirado no Furo MTV, da antiga MTV Brasil. A apresentação é de Paulo Vieira e Renata Gaspar e diversos humoristas participam como repórteres e comentaristas, incluindo Caito Mainier, Júlia Rabello, Késia Estácio, Luana Martau, Luis Lobianc, Marcelo Adnet, Marcius Melhem, entre outros.



No dia 24 de janeiro, foi exibido o último capítulo de Bom Sucesso, novela das sete da Rede Globo. A trama, protagonizada por Antonio Fagundes e Grazi Massafera, foi sucesso de público e crítica e obteve média geral de 28,8 pontos, sendo a melhor novela das sete em Ibope, empatada com Pega Pega, desde Cheias de Charme, de 2012. O episódio final marcou 31 pontos na Grande São Paulo e 36 pontos no Rio de Janeiro.



No dia 27 de janeiro, termina o programa Olga, na RedeTV!, com a consequente demissão da apresentadora Olga Bongiovanni, que disse que foi pega de surpresa com a notícia.



Ainda no dia 27 de janeiro, a Rede Globo estreou sua nova novela das sete, Salve-se Quem Puder, estrelada por Vitória Strada, Juliana Paiva e Deborah Secco. O primeiro capítulo marcou 27,9 pontos. Para efeito de comparação, Bom Sucesso estreou com 31,5 pontos e O Tempo Não Para com 31,9 pontos.



No dia 28 de janeiro, a RedeTV! estreou o programa Alerta Nacional, apresentado por Sikêra Júnior diretamente dos estúdios da TV A Crítica, de Manaus (AM). A atração teve pico de 1,7 ponto no Ibope e triplicou a audiência da emissora no horário.



No dia 30 de janeiro, a Record estreou o programa Em Nome da Justiça. Comandado por Luiz Bacci, a atração analisa decisões judiciais de crimes que até hoje despertam dúvidas. A atração conta com a participação da criminóloga Ilana Casoy.

FEVEREIRO

Parceiro de longa data de Gugu Liberato (1959-2019) no SBT e em outras empreitadas, Homero Salles foi contratado pela RedeTV!, assumindo o cargo de vice-presidente de conteúdo da emissora a partir de 3 de fevereiro.


Deixe sua opinião



Leia também