Confira o resumo de todos os capítulos de O Rico e o Lázaro





Capítulo 01
O homem Rico caminha, sem mostrar o rosto, em um ambiente sombrio e macabro. Angustiado, ele escuta vozes. Chamas emergem do fundo de um precipício. O homem tenta buscar outro caminho, mas não consegue fugir daquele local; o inferno. O Rico grita pedindo socorro, mas ele só escuta o barulho do fogo que causa um calor insuportável. Ruídos estranhos e perturbadores ecoam no ar. Ele clama pela ajuda de Deus e no mesmo monto avista Abraão. O Rico percebe que há alguém ao lado de Abraão. Trata-se de um homem vestido como rei, iluminado por fachos de luz. É Lázaro. O homem Rico parece não acreditar no que vê. Ele pede para Abraão ajuda-lo de alguma maneira. Abraão avisa que o homem Rico sempre ganhou coisas boas na vida, enquanto Lázaro sempre recebeu o oposto. O Rico, então, pede para Abraão mandar o Lázaro ir até sua casa para avisar aos seus familiares para que eles não tenham o mesmo destino. Abraão diz que o povo não ouviu Moisés e os profetas, e, por isso, também não ouviriam alguém que ressuscitasse dos mortos. Nesse momento, o fogo impede o Rico de ver Abraão. Ele se desespera ao ver uma enorme fornalha acesa, prestes a devorá-lo. Jerusalém, 605 a.C. Os meninos Asher e Zac brincam lutando com espadas de madeira. Eles avistam Chaim se aproximando e Zac se esconde. Joana observa os meninos. O profeta Jeremias observa muitos hebreus cultuando falsos deuses e lamenta. Ele afirma que o povo de Jerusalém precisa ouvi-lo. Aicão alerta o rei Eliaquim sobre a revolta do povo com os altos impostos. O soberano diz não acreditar nos avisos de Jeremias e outros profetas. No campo de batalha, Nabucodonosor ordena que seu exército ataque os egípcios. Asher e Zac pedem para Abel lhes ensinar a atirar com arco e flecha. Eles desobedecem a ordem do rapaz e sobem no alto da muralha. Enquanto brinca, Asher se desequilibra e cai. Zac grita desesperado. Nabucodonosor se junta aos seus guerreiros e luta no campo de batalha contra os egípcios. Zac vê Asher pendurado em um galho e tenta ajuda-lo. O menino não consegue ajudar o amigo e eles acabam caindo. Joana os salvam ao trazer uma carroça cheia de palha e impede a queda. Joaquim, Hassube e Zuriel zombam de Zac e Asher. O sacerdote Fassur se incomoda com a chegada de Jeremias. Joaquim observa e sai para avisar ao rei Eliaquim sobre a presença do profeta. Jeremias fala ao povo e é hostilizado. O jovem oficial Nebuzaradã salva a vida de Nabucodonosor na batalha. o rei vibra com a vitória dos babilônicos. Eliaquim pede para Micáias e Gedalias darem um jeito em Jeremias. Nas ruas de Jerusalém, o povo pede a morte do profeta. Zadoque tenta defender Jeremias. Fassur inflama a revolta do povo contra o profeta. Ravina e Baruque tentam defender Jeremias. Aicão, em nome do rei, ordena que levem Jeremias para o Pátio do Templo. Joana fica preocupada. Nabucodonosor convida Nebuzaradã para fazer parte de sua guarda pessoal. Arioque avisa que o rei Nabopolasar acaba de morrer. Aicão avisa que Jeremias não será punido. Fassur lamenta a decisão. Joana esbraveja com Fassur. Jeremias é libertado e assusta o povo ao dizer que Jerusalém será destruída. Na Babilônia, Nabucodonosor conversa com o filho Evil-Merodaque e diz que um rei deve ser destemido. Aspenaz ajuda Nitócris a escolher seus adornos. Nebuzaradã se impressiona com a grandiosidade e luxuosidade do palácio. Arioque o aconselha a ficar longe das filhas do rei. Zabaia entrega a filha Sammu-Ramat para o dono de um bordel. O cortejo com a família real deixa o palácio. Shag-shag recebe Sammu-Ramat na Casa da Lua. Hurzabum avisa sobre o cortejo e eles seguem para ver. Sammu-Ramat se encanta por Nebuzaradã. Eliaquim é avisado sobre a vitória dos babilônicos em cima dos egípcios. Zadoque se reúne com as crianças e conta algumas histórias sobre o povo hebreu. Elga pergunta para Zelfa sobre o amuleto da deusa Isthar e a serva avisa que jogou fora. Nabucodonosor e sua comitiva sobem as escadarias do templo de Marduk. O sacerdote Beroso deseja vida longa ao rei. Uma grande festa é dada para saudar Nabucodonosor no palácio. Shag-shag reclama do silêncio de Sammu-Ramat. A rainha Amitis diz que o marido honrará o reinado de Nabopolasar. Arioque conversa com Nebuzaradã. Aspenaz vai até Nitócris e avisa que é hora de se recolher. A princesa reclama, mas obedece ao saber que são ordens da rainha. Beroso anuncia a entrada de dançarinas para saudar o rei. Em Jerusalém, Inconformado com o comportamento de seu povo, Jeremias tenta falar com o Senhor. Joana recebe o carinho de seus pais, Marta e Efraim. Zelfa cuida de Zac e os outros filhos de Elga. Zac elogia a beleza de Joana e se decepciona ao notar o jeito que ela olha para Asher. Daniel observa o profeta Ezequiel mais afastado. Abel ensina Asher e Zac a manusearem o arco-e-flecha. Jeremias fala tentando alertar um grupo de pessoas. Abel percebe a aproximação do exército babilônico e grita alertando a Asher, Joana e Zac. Jeremias segue alertando o povo para a invasão do rei Nabucodonosor. Zac, Asher, Joana e Abel correm desesperados em direção ao portão da cidade.

Capítulo 02
Abel diz para Asher, Zac e Joana continuarem correndo. Ele para e atira uma flecha contra o exército inimigo, que se aproxima. No alto da muralha de Jerusalém os guardas ordenam o fechamento dos portões e soam o alarme. Enquanto trabalha em seu jardim, Dinah se assusta com o som das trombetas. O rei Eliaquim e a rainha Neusta estranham o barulho de alarme. Asher, Zac e Joana conseguem entrar, mas Abel fica do lado de fora. Asher se desespera ao ver que o irmão mais velho não entrou na cidade. Abel consegue atingir um soldado inimigo. Do alto de uma colina, Nabucodonosor observa o ataque de seu exército. Abel corre tentando salvar a própria vida. Arioque diz admirar a coragem do rapaz. Dinah e Uriel se preocupam com os filhos. Asher implora para os guardas abrirem os portões. Jeremias conversa com Baruque e avisa que nada poderá proteger seu povo agora. Aicão avisa ao rei Eliaquim sobre a presença de Nabucodonosor às portas da cidade. Fassur diz que apoiará o rei Eliaquim. Daniel observa o pânico das pessoas nas ruas da cidade. Abel tenta fugir e acerta mais um soldado inimigo. Efraim ajuda Asher e conseguem abrir o portão. Abel consegue entrar. Dinah pergunta sobre Uriel e Abel volta para o lado de fora em busca de seu pai. Efraim avisa que o rapaz é um bravo guerreiro. Ilana pede para Rebeca e Matias terem fé. Os soldados babilônicos lançam flechas e lanças contra Jerusalém. Os Arqueiros Hebreus respondem com flechadas. Abel se assusta ao ver um companheiro morrer ao seu lado. Chaim entra em casa e avisa sobre o ataque inimigo. Elga se preocupa com a ausência de Zac. Marta fica aliviada ao reencontrar Joana. Dinah sofre sem notícias de Abel. Nabucodonosor ordena que suspendam o ataque e avisa que os babilônicos farão um cerco à Jerusalém. Abel estranha ao ver os inimigos recuarem. Elga diz que fará um bolo para a deusa Isthar e Zelfa a repreende. Zac se preocupa com o pai de Asher e Chaim se mostra insensível. Dinah fica aliviada ao reencontrar Abel. Zadoque ora a Deus. Joaquim alerta o rei Eliaquim para os avisos de Jeremias, mas o rei não o escuta. Nebuzaradã diz não ver a hora de atacar Jerusalém, mas Arioque avisa que é preciso ter paciência. A princesa Nitócris reclama dos sermões de Aspenaz. Shag-shag conta a história de uma deusa chamada Sammu-Ramat. Em Jerusalém, o povo começa a sentir as consequências do cerco de Nabucodonosor. O rei Eliaquim ordena que racionem os alimentos dos servos para não faltar nada à família real. Chaim flagra o filho Zac brincando com Asher e joga o brinquedo no fogo. Elga sai para visitar Dinah. Fassur acusa Jeremias de ser um traidor. Elga oferece um amuleto para Dinah, que não aceita. Beroso faz um preparado para realçar a beleza da princesa Nitócris. Evil-Merodaque e Kassaia riem da irmã. A rainha Amitis diz sentir a falta do marido. Em um campo próximo a Jerusalém, Uriel tenta se esconder dos soldados babilônicos. Arioque conversa com Nabucodonosor e fala sobre um espião entre os hebreus. Um soldado chega e avisa que encontraram um pastor hebreu. Rebeca diz que em breve faltará alimento na cidade. Joana avisa que é preciso ter fé em Deus. Arioque pergunta se Nebuzaradã está preparado para mais uma missão. Fassur se irrita com Joana e ameaça agredi-la. Marta e Efraim chegam a tempo e impedem. Matias e Rebeca ajudam seus pais, Ilana e Ravina. Hananias encontra com um oficial babilônico do lado de fora da cidade e recebe ouro. O falso profeta conduz Nebuzaradã e outros soldados por um buraco na muralha da cidade. Joana abraça os pais carinhosamente. Nebuzaradã e os outros soldados entram na cidade com a ajuda de Hananias. Abel nota a aproximação de alguns homens de Nabucodonosor portando o estandarte babilônico. Neusta mostra calma diante de toda a situação. Arioque se aproxima e diz ter um recado do rei Nabucodonosor. O oficial avisa que se os hebreus não se renderem, terão o mesmo fim do pastor Uriel. Asher se desespera ao ver seu pai com uma espada no pescoço. Nebuzaradã mata alguns hebreus e segue pelo interior da cidade. Abel atira em um soldado inimigo. Nebuzaradã abre os portões da cidade e Arioque grita ordenando o ataque. Uriel é atingido por uma flechada e cai. Asher se desespera. Abel vê a aproximação do exército babilônico. Os soldados de Nabucodonosor invadem Jerusalém e destroem tudo. Daniel avisa para seguirem para o templo. Jeremias e Baruque também seguem para o local. Asher ajuda Uriel a se salvar. Hananias pede para não fazerem mal a Fassur. Joana se desespera ao ver Marta e Efraim sendo assassinados. Nebuzaradã a olha com frieza. Abel observa Asher chegando com seu pai. Ele corre para encontra-los, mas é atingido por uma flechada e cai do alto da muralha. Asher se desespera ao ver o irmão morto.

Capítulo 03
Asher explode de raiva. Joana chora suplicando por ajuda. Ezequiel salva a vida de Asher. Aicão aconselha Eliaquim a se render. Tentando protege-los, Neusta prende Joaquim, Hassube e Zuriel no quarto. Elga chama Zac e Chaim. Ela avisa sobre a invasão. Daniel defende Jeremias. Os soldados babilônicos tentam destruir o templo de Jerusalém. Nabucodonosor entra na cidade. Nebuzaradã reconhece Chaim e avisa que ele já vendeu armas para a Babilônia. Elga e Zac tentam se proteger em um beco. Chaim os encontra. Asher tenta cuidar de Uriel. Zelfa cuida dos filhos de Elga e Chaim. Zac vê Joana e tenta ajuda-la, mas é impedido por Chaim. Elga reencontra os filhos. Chaim proíbe Zac de sair para ver Joana. Zadoque diz que Jeremias avisou sobre o ataque dos babilônicos. Uriel diz que Asher precisa ter fé. Os babilônicos invadem o templo. Daniel e Jeremias são rendidos. Gedalias e Micáias fogem de Nebuzaradã. Aicão e Zedequias aconselham o rei Eliaquim a se entregar. Gedalias e Micáias são rendidos por Arioque. Nabucodonosor pede para ser levado até o rei de Judá. Eliaquim é surpreendido com a chegada de Nabucodonosor em seu palácio. Na Babilônia, a princesa Nitócris reclama de Evil e Kassaia para Amitis. Aspenaz se oferece para ajudar a rainha. Nitócris maltrata Nabonido. Ela encontra com o sacerdote Beroso e pede para ele fazer uma fórmula para torná-la filha única. Evil-Merodaque conversa com Kassaia e diz que ele nunca conseguirá ser tão forte como seu pai. Shag-Shag tenta arrumar clientes dizendo saber adivinhar o futuro. Sammu-Ramat avisa que será tão poderosa quanto a deusa de mesmo nome. O rei Eliaquim reclama dos altos impostos que Nabucodonosor quer cobrar. O soberano da Babilônia o ameaça. Chaim sai de casa para ver o estado de sua oficina. Zac vai atrás do pai. Eliaquim reclama das condições impostas pelo rei da Babilônia. Neusta fica aliviada ao saber que o perigo já passou e se recusa a ouvir sobre os assuntos políticos. Jeremias encara o rei da Babilônia no templo e revela sua profecia. Nabucodonosor manda pouparem sua vida e ordena que levem alguns nobres de Judá para a Babilônia. Dinah vê Uriel e Asher trazendo o corpo de Abel. Zac se desespera ao ver alguns soldados babilônicos se aproximarem de Joana.

Capítulo 04
Zac chama a atenção dos soldados para livrar Joana. Arioque escolhe Daniel, Misael, Ananias e Azarias para seguir com seu exército para a Babilônia. Um hebreu tenta subornar Nebuzaradã e é morto. Zac corre, fugindo dos soldados. Ele cai de um terraço e é encontrado por Chaim. Fassur vê os corpos dos pais de Joana. A menina pede ajuda na casa de Ravina. Arioque e Nebuzaradã levam os prisioneiros hebreus. Fassur encontra Jeremias e o ofende. O profeta encara o sacerdote e avisa que Deus o castigará. Dinah lava o corpo de Abel. As tropas vitoriosas de Nabucodonosor deixam Jerusalém carregando centenas de cativos hebreus. Daniel diz para Azarias, Misael e Ananias terem fé. O rei Eliaquim desconta a raiva em seu irmão, Zedequias. Ele avisa que o povo terá que trabalhar muito para pagar os impostos cobrados por Nabucodonosor. Chaim dá uma bronca em Zac por ele ter fugido para ajudar Joana. Zadoque culpa Fassur pela morte de Efraim e Marta. Daniel e os outros hebreus seguem no comboio de cativos. Algumas semanas se passam e Asher observa a paisagem com tristeza. Joana e Zac tentam anima-lo, mas ele avisa que vingará a morte de Abel. O exército de Nabucodonosor se aproxima da Babilônia. Daniel, Misael, Azarias e Ananias admiram a grandiosidade da cidade inimiga. A rainha Amitis é avisada sobre a aproximação do marido e manda prepararem um banquete. Nabucodonosor e seus homens entram na cidade. Eles são saudados pelo povo. Sammu-Ramat corre para tentar ver Nebuzaradã. O rei abraça Amitis e os filhos. Os oficiais trazem todo o tesouro retirado do Templo de Salomão. Arioque avisa que alguns cativos servirão ao rei. Shag-Shag finge adivinhar o futuro de uma cliente na Casa da Lua. Uriel, o pai de Asher, pede dinheiro emprestado a Chaim, o pai de Zac. Dana e Rebeca dizem que Joana pode considera-las irmãs. Asher e Zac vendem algumas estatuetas de falsos deuses. Jeremias encontra com Joaquim e avisa que ele e Neusta serão levados por Nabucodonosor. Uriel se irrita com a atitude pagã do filho. Dinah conversa com Asher. Zuriel e Hassube estranham o comportamento do primo Joaquim. O príncipe tenta alertar Eliaquim, mas o rei não dá ouvidos. Aspenaz diz que Daniel, Misael, Azarias, Ananias e alguns outros hebreus foram escolhidos e terão acesso a toda sabedoria acumulada na babilônia. Eles são levados até o sacerdote Beroso. Asher se desculpa com Uriel. Ravina e Ilana tentam deixar Joana a vontade. Aspenaz pergunta aos hebreus como foi o encontro com Beroso. Joana sai para respirar ar puro. Daniel diz recusar a comida trazida por Aspenaz. Joana dá de cara com Fassur na rua.

Capítulo 05
Fassur diz que Joana nasceu para fazer o mal e ela o enfrenta. Daniel diz que seu Deus não permite que eles se alimentem de animais mortos em sacrifícios a outros deuses. Ele pede para servirem aos hebreus apenas legumes e água. Fassur deixa Joana em paz ao ver Asher e Zac. Eles admiram a coragem e a fé da moça. Aspenaz segreda a Evil sobre o pedido de Daniel. O príncipe pede para assistir a aula que Beroso está dando aos cativos. Ele fica intrigado com as palavras de Daniel. Arioque leva Nebuzaradã até a Casa da Lua. O jovem guerreiro vê Sammu-Ramat tentando roubar um cliente e pede parte do roubo para poupar sua vida. Ela gosta de ter sido abordada pelo oficial. Nabucodonosor beija, calorosamente, a rainha Amitis. Baruque escreve as palavras de Jeremias em um pergaminho. Aspenaz avisa que os hebreus receberão novos nomes. Aicão lê os pergaminhos escritos por Baruque. Aspenaz diz que Misael passará a se chamar Mesaque. O chefe dos eunucos avisa que Ananias será chamado de Sadraque. Aspenaz olha para Azarias e diz que ele terá o nome de Abeddnego. Por fim ele avisa que Daniel se chamará Beltessazar. Eliaquim se irrita com as palavras lidas por Aicão e manda prenderem Baruque e Jeremias. Micáias e Gedalias dizem que os profetas precisam ser alertados. Jeremias pede para Baruque escrever um novo pergaminho. Sem saber que o pai pediu empréstimo a Chaim, Asher mostra a nova cabra para Zac. Joana agradece a amizade deles. Quatro anos se passam e os três conversam sobre amor. Ela conversa com Dana e Rebeca e revela gostar de Asher. Uriel reclama da seca em Jerusalém. Dinah elogia a beleza de Joana para o filho. Ela diz que a moça está apaixonada por ele. Absalom implica com Zac. Rabe-Sáris tenta acalmar os irmãos. Zelfa reclama do comportamento deles. Dinah diz sábias palavras para Asher. Rebeca aconselha Joana a fingir gostar de Zac para despertar ciúmes em Asher. Zac se abre com Zelfa e fala de seu sentimento por Joana. Elga fica aliviada ao ver Zelfa de volta. Asher se abre com Zac e diz acreditar que Joana goste dele. Zac fica destruído com a conversa. Evil procura os hebreus para conversar. Kassaia diz que o irmão continua chamando Daniel pelo nome de hebreu. Nebuzaradã elogia a princesa Kassaia. Sammu-Ramat diz que um dia conquistará Nebuzaradã. Arioque e Beroso avisam ao rei que Judá não está pagando os impostos. Nabucodonosor fica furioso. Oziel diz para Fassur que Jeremias dará novo aviso. O rei Eliaquim manda cobrarem impostos dos nobres. O falso profeta Hananias diz que Zedequias é a melhor pessoa para assumir o trono. Fassur ofende Jeremias, que fala da fragilidade do povo sem o Senhor. Zac e Asher debocham de Joaquim, Hassube e Zuriel. Fassur ordena a prisão de Jeremias. Nabucodonosor manda chamar Daniel e pergunta como ele deve matar um de seus servos.

Capítulo 06
Asher tenta salvar Jeremias. Joaquim pede para Fassur deixar o profeta em paz. Daniel convence Nabucodonosor a livrar o servo. Baruque visita Ravina. Dinah diz que tem algo perturbando Uriel. Jeremias pede ajuda ao Senhor. Nabucodonosor se assusta com um sonho. Escondida, Joana leva água para Jeremias. Nabucodonosor ordena que Beroso ache algum sábio para decifrar seu sonho. Nitócris distrata Aspenaz. Eliaquim é avisado sobre o açoite de Jeremias. Neusta critica a atitude de Joaquim. Aicão pede para Eliaquim livrar Jeremias. Chaim chega em casa e Zelfa diz que Elga saiu para cultuar falsos deuses. Jeremias profetiza o mal de Fassur. Uriel diz que não pode pagar Chaim. Jeremias é levado para casa de Ravina. Chaim ameaça Uriel. Baruque leva Jeremias para uma caverna e escreve em pergaminhos as palavras do profeta. Zac e Asher comentam sobre Ezequiel. Chaim pergunta onde Zac esteve. Beroso avisa aos sábios sobre o desejo do rei e menospreza os hebreus. Chaim reclama das espadas afiadas pelos filhos. Nabucodonosor avisa que matará todos os sábios do reino caso não decifrem seu sonho. Nebuzaradã elogia Kassaia. Sammu-Ramat diz que se tornará uma sacerdotisa. Shag-Shag diz que sairá para beber e Hurzabum lamenta. Nabonido é humilhado por Nitócris. Arioque encontra Nebuzaradã e diz que precisam atender a um pedido do rei. A rainha Amitis conversa com Aspenaz e reclama dos filhos. Nitócris é flagrada pela mãe humilhando Nabonido. Eliaquim diz que não pagará mais tributo algum a Nabucodonosor. Dinah repreende a atitude pagã de Elga. Joana se decepciona ao saber que acha que não tem fé. Joaquim diz estar preocupado com Jeremias. Aicão diz temer a fúria do rei da Babilônia. Joana encontra Joaquim na rua e pede para o príncipe tentar salvar Jeremias. Eles são surpreendidos com a chegada de Fassur. Evil-Merodaque conversa com Daniel e os outros hebreus. O príncipe descobre que seu pai teve um sonho e quer que o decifrem. Arioque chega e avisa que o rei ordenou a morte de todos os sábios.

Capítulo 07
Evil-Merodaque diz que fará algo para impedir a morte de Daniel, Mesaque, Sadraque e Abednego. Joaquim despista Fassur e conversa com Joana sobre Jeremias. Daniel pede uma chance para falar com o rei. Evil pede ajuda à rainha. Joaquim fala sobre o encontro com Joana para Neusta. A rainha diz que a moça não é mulher para o filho. Uriel reclama da seca e Asher tenta acalmar seu pai. Daniel encontra com o rei e pede uma noite para decifrar seu sonho. Nabucodonosor se queixa de Evil-Merodaque com a rainha. Daniel diz confiar em Deus. Amitis comunica aos filhos sobre a decisão do rei de poupar os nobres por mais uma noite. Hurzabum pede para a mãe parar de beber. Nabucodonosor recebe uma mensagem de Eliaquim se recusando a pagar os impostos. Sammu-Ramat diz desejar riqueza e poder. Nabucodonosor diz estar impressionado com a fé que Daniel tem em seu Deus. No entanto, o rei avisa que matará o hebreu caso ele não decifre seu sonho. Joana se abre com Ilana e diz gostar de Asher, mas a moça lamenta a falta de fé do rapaz. Daniel pede ajuda a Deus para decifrar o sonho do rei. Logo em seguida ele pede para ser levado até o soberano da Babilônia. Ele começa a descrever o sonho do monarca, que fica impressionado. Daniel então decifra o sonho do rei. Nabucodonosor, impactado e emocionado, nomeia Daniel como chefe de todos os governadores da Babilônia. Em Jerusalém, Aicão alerta Eliaquim para fúria de Nabucodonosor. Zelfa reclama das atitudes pagãs de Elga. Fassur encontra Chaim e diz que Zac está andando com más companhias. O garoto enfrenta o sacerdote. Dana e Rebeca cantam uma música hebraica. Chaim proíbe Zac de andar com Joana. Ravina entrega provisões a Baruque. Evil e Kassaia agradecem a Daniel. Nitócris esnoba Nabonido. Daniel diz que sua responsabilidade aumentou. Nabucodonosor avisa que Eliaquim pagará caro por sua atitude. Baruque conta para Jeremias sobre a atitude do rei de Judá. Asher conversa com Joana e eles acabam se beijando.

Capítulo 08
Joana e Asher se declaram um para o outro. Ela avisa que ele precisa ter fé. Eliaquim diz não acreditar em Jeremias. Joana diz que Asher precisa esquecer essa história de vingar a morte de Abel. Zac avisa que fugirá da oficina de armas de Chaim. Neusta conversa com o filho Joaquim e avisa que não confia em Zedequias, o irmão do rei Eliaquim. Chaim flagra Zac dizendo que pedirá a mão de Joana em casamento. Zedequias avisa que mandará Zuriel e Hassube para longe de Jerusalém. Shamir implica com Tamir. Nicolau pede um beijo para Rebeca. Asher avisa que pedirá a mão de Joana em casamento. Uriel reclama da falta de chuva. Chaim bate em Zac, que fica furioso com o pai. Joana diz estar muito feliz. Zelfa descobre que Asher pedirá a mão da moça em casamento. Jeremias vai até o palácio de Eliaquim tentar alertar o rei novamente, mas o soberano de Jerusalém diz não acreditar em suas palavras. Na Babilônia, Arioque manda Nebuzaradã se preparar para mais uma missão. Amitis escolhe algumas mulheres para divertir o rei Nabucodonosor. Sammu-Ramat diz não ver a hora de deixar a Casa da Lua. Chaim diz que levará Zac em uma viagem. Uriel proíbe Asher de visitar Zac. Nabucodonosor agradece a atenção de Amitis. Sammu-Ramat assassina uma mulher e rouba seus pertences. Asher vai visitar Zac e descobre que ele viajou com Chaim. Hurzabum avisa que Sammu-Ramat deixou a Casa da Lua. Aspenaz tenta lidar com jeito impulsivo de Nitócris. Beroso sugere que ela se case com Nabonido, mas a princesa fica irritada. Sammu-Ramat finge ser a mulher que assassinou e procura Beroso no palácio. O sacerdote a surpreende ao dizer que sabe de toda a verdade. Aspenaz conversa com Daniel e o parabeniza. Sammu-Ramat implora para Beroso aceita-la no palácio. Asher pede a mão de Joana a Ravina e Zadoque. Eliaquim é avisado sobre a presença de oficiais babilônicos no palácio de Jerusalém. Asher estranha a tristeza de Uriel. Animada por saber que terá um marido obediente, Nitócris diz que deseja se casar com Nabonido. Neusta se preocupa com futilidades. Daniel estranha as contas do palácio. Evil-Merodaque chega e avisa que Nabucodonosor mandou seus oficiais irem até Jerusalém. No palácio de Judá, Arioque pede para ver Joaquim, o príncipe herdeiro. Eliaquim fica preocupado.

Capítulo 09
Arioque, Nebuzaradã e os outros oficiais babilônicos atacam os hebreus. Gedalias e Micáias são feridos. Eliaquim tenta proteger Neusta e Joaquim e é assassinado. Arioque diz que levará a rainha e o príncipe herdeiro. O oficial avisa que Zedequias ficará responsável pelo reino de Jerusalém. Neusta e Joaquim são levados para a Babilônia. Aicão se lembra da profecia de Jeremias. Abalado, Ebede-Meleque, o servo de Neusta, lamenta o ocorrido com a rainha. Ele entrega o anel do rei Eliaquim ao príncipe Joaquim. Ezequiel e sua esposa são levados cativos. Joana tenta impedir que Asher faça alguma besteira, mas o garoto sai apressado. Fassur se espanta ao ver que Zedequias é o novo rei de Judá. Temendo o pior, Joana impede que Asher atire em Arioque. A família de Ravina e Ilana fica preocupada com a invasão. Evil-Merodaque conversa com Daniel e diz que nunca será um rei cruel como seu pai. Chaim visita alguns clientes na Babilônia e Zac fica impressionado com a grandiosidade do palácio. Beroso marca um encontro com Chaim. Nabonido explode de felicidade ao saber que Nitócris aceitou casar com ele. Aspenaz apresenta Sammu-Ramat à rainha Amitis. Nabonido encontra Evil e diz que casará com sua irmã. Sammu diz que será leal a Beroso. O sacerdote a entrega um frasco com uma substância. Chaim vai com Zac até a Casa da Lua. O menino conversa com Hurzabum enquanto o pai é recebido calorosamente por Shag-Shag. Ambicioso, Zedequias se instala no quarto do rei. Chaim negocia com Beroso. Asher se lembra da morte de Abel. Baruque avisa a Jeremias que a profecia se cumpriu. Neusta fica impressionada com a luxuosidade da Babilônia. Ezequiel diz que é a cidade da perdição. Dinah diz que está grávida. Chaim manda Zac não dizer nada sobre a viagem. Asher conta para Joana sobre a gravidez de Dinah. Daniel descobre que Eliaquim está morto. Neusta e Joaquim são bem recebidos no palácio. Arioque avisa ao rei que o príncipe herdeiro de Judá é medroso. Nabucodonosor o alerta dizendo para ficar alerta. Nebuzaradã joga charme para cima de Kassaia. Zac procura por Joana. Aspenaz suspira ao ter que aturar as futilidades de Neusta. Nabucodonosor elogia o desempenho de Arioque. Daniel encontra com Joaquim no palácio e diz que ele está protegido. Zac descobre que Asher pediu a mão de Joana em casamento. Ele fica furioso e chora angustiado. Uriel confessa que está devendo a Chaim e diz que Asher deverá servi-lo por sete anos.

Capítulo 10
Asher se revolta ao saber que deverá servir Chaim por sete anos para pagar a dívida de Uriel. Ele vai até a oficina de Chaim e discute com Zac. Eles acabam brigando. Zadoque e Ravina separam. Fassur fala sobre a morte de Eliaquim. Zac questiona a atitude do pai. Chaim age com ironia e ofende o filho. O garoto explode de raiva e ameaça o próprio pai, que o chama de frouxo. Elga diz que Zac deverá viajar. Asher procura Joana e avisa que não poderá se casar, pois deverá servir o pai de Zac por sete anos. Daniel pede para Joaquim ter fé. Deus fala com Ezequiel e avisa que o enviará aos filhos de Israel. Asher diz que Uriel está perdoado. Sete anos se passam. Benjamim, filho de Dinah e Uriel, conversa com Asher, já um rapaz. Ilana diz que Zedequias se afastou de Deus. Joana demonstra seu amor por Asher. Ele trabalha na oficina de Chaim. Tamir, Shamir, Nicolau e Absalom são maltratados pelo pai. Zelfa diz sentir falta de Zac. Daniel recebe uma carta de Ezequiel falando de sua conversa com o Senhor. Amitis diz não ver a hora de conhecer os jardins que estão sendo preparados para ela. Belsazar, o filho de Nitócris e Nabonido, brinca no palácio. Kassaia beija o marido, Nebuzaradã. Evil-Merodaque conversa com Daniel. Neusta paparica Joaquim. Nebuzaradã comenta com Arioque sobre suas traições à Kassaia. O rei Zedequias avisa que fará aliança com o Egito. Fassur fica irritado ao saber que o rei trairá Nabucodonosor. Dana diz que Absalom lhe dá arrepios. Fassur fala mal de Joana para as pessoas na rua. Chaim critica o trabalho dos filhos. Os rapazes implicam com Asher. Baruque encontra Jeremias e fala sobre a aliança que Zedequias está fazendo com o Egito. Beroso conversa com Larsa, seu servo, e manda o rapaz ficar de olho nos escravos. Hurzabum diz que tocará na festa de cerimônia da inauguração dos jardins. Shag-Shag tenta adivinhar o futuro das pessoas nas ruas. O cortejo real segue para a inauguração do presente da rainha. Dana diz admirar a coragem de Joana. Asher ensina o irmão mais novo, benjamim, a treinar com arco e flecha. Ele se lembra de Abel. Joana chega e eles dizem sentir falta de Zac. Nabucodonosor apresenta os Jardins Suspensos da Babilônia para sua amada.

Capítulo 11
Amitis fica encantada com o presente dado pelo rei. Nabucodonosor leva a esposa e os nobres para conhecerem os Jardins Suspensos. Daniel, Mesaque, Sadraque e Abednego admiram a beleza e grandiosidade dos jardins. Elga e Zelfa vão até a casa de Ravina e pedem para o rabino ler uma carta enviada por Zac. Os servos de Nabucodonosor terminam de construir a estátua de uma falsa deusa. Daniel e os outros hebreus não se curvam. Intrigado, Nebuzaradã os observa. Beroso anuncia uma surpresa. Todos se surpreendem com a entrada de Sammu-Ramat, que dança lindamente. Shag-Shag fica feliz ao encontrar um lenço vindo do ritual. Zedequias conversa com Hananias. O novo rei pede para o falso profeta fingir que falou com Deus. Ravina avisa que Zac retornará para Jerusalém. Elga e Zelfa se enchem de felicidade. Sammu-Ramat se apresenta para o rei e Hurzabum se assusta ao ouvir o nome dela. Beroso avisa ao rei que Sammu é uma grande sacerdotisa. Amitis fica enciumada. Joana diz que está quase na hora da reunião do Conselho. Benjamim diz que Asher em breve não terá mais que servir Chaim. Joana e Asher descobrem que Zac está voltando para Jerusalém. Sammu-Ramat se coloca à disposição dos reis. Hananias procura Chaim e pede ajuda para achar alguém de confiança na Babilônia. Amitis pede para Sammu-Ramat fazer um ritual para ajudar Kassaia a engravidar. Sadraque elogia a beleza de Namnu. Kassaia desabafa com Joaquim e Nebuzaradã estranha ao ver os dois juntos. Na reunião do Conselho, Chaim diz não concordar com a liberação de Asher. Gadise, a criada de Kassaia, explica para Nebuzaradã que a princesa estava passando mal. Chaim diz que Asher lhe causou muitos prejuízos na oficina durante os sete anos de trabalho. Fassur anuncia que Asher deverá servir Chaim por mais dois anos. Nabucodonosor estranha o comportamento de Nebuzaradã. Beroso elogia a performance de Sammu-Ramat e pede a ajuda da sacerdotisa para acobertar os rombos nas contas do palácio. O sacerdote então avisa que o rei deseja passar a noite com ela. Dinah e Benjamin descobrem que Asher continuará servindo Chaim. Asher vai para o quarto e, furioso, aperta a ponta da flecha de Abel com desejo de vingança. Joana fica sabendo sobre a decisão do Conselho e avisa que irá falar com o noivo. Nitócris se incomoda ao ouvir Nabonido elogiar a nova sacerdotisa. Hurzabum encontra Shag-Shag e diz que Sammu voltou como sacerdotisa do palácio. Elga toma coragem e avisa a Chaim sobre o retorno de Zac. Nabucodonosor finge estar passando mal para despistar Amitis. Beroso ordena que Sammu agrade ao rei. Nebuzaradã conversa com Kassaia e diz ter ficado incomodado com a presença de Joaquim. Sammu-Ramat vai até o quarto de Nabucodonosor. Asher encontra Joana e avisa que irão fugir.

Capítulo 12
Joana diz para Asher que fugir não é uma boa ideia. Chaim se irritar ao saber que o filho está voltando. Joana lamenta a morte dos pais. Com ciúmes de Sammu-Ramat, Nitócris amarra Nabonido na cama. A sacerdotisa termina de se vestir e deixa o rei dormindo. Ela é vista por Gadise. Nebuzaradã dá em cima de Sammu. Ela lembra do encontro que teve com ele no passado. Beroso aconselha a sacerdotisa a cativar a rainha Amitis. Belsazar se recusa a ajudar Nabonido. Nitócris e Kassaia se cansam de ouvir as futilidades de Neusta. Joana agradece o acolhimento da família de Ravina. Asher diz que pedirá ajuda ao rei Zedequias. Amitis encontra o lenço de Sammu-Ramat no quarto de Nabucodonosor. Asher implora para Zedequias livra-lo de Chaim. Joana tenta ajudar e diz concordar com Jeremias. O rei de Judá então se recusa a ajuda-los. Asher fica irritado com Joana e eles brigam. Nabucodonosor chama Evil-Merodaque para participar dos assuntos estratégicos da Babilônia. Daniel convence o rei a poupar a vida dos escravos trabalhadores. Mesaque, Sadraque e Abednego se encantam pela serva Namnu. Nebuzaradã diz ter raiva dos hebreus. Ele coloca medo em Joaquim. Elga conversa com os filhos e defende o marido. Chaim encontra com um sacerdote na Babilônia e entrega uma mensagem do falso profeta Hananias. Irritado e calado, Asher trabalha na oficina de Chaim. Elga procura Dinah e se desculpa pela atitude do marido. Ambicioso, Zedequias avisa que os dias do príncipe Joaquim estão contados. Amitis pede para Aspenaz chamar Sammu-Ramat em seu quarto. Ebede-Meleque procura Jeremias. Hananias diz que o Senhor falou com ele. O falso profeta avisa que os cativos hebreus devem se rebelar. Zedequias conversa com os filhos e diz ter um plano infalível para se livrar de Joaquim. Joana vê Jeremias caminhando na direção do templo amarrada a um jugo de escravo. O profeta manda Hananias se calar. Sammu se apresenta à rainha Amitis. Chaim chega com Rabe-Sáris na Casa da Lua e avisa que se encontrará com seu outro filho. Enquanto trabalha na oficina, Asher se surpreende com a chegada de Zac.

Capítulo 13
Zac e Asher se abraçam emocionados. Jeremias diz que Hananias é um falso profeta e anuncia sua morte. Chaim encontra Nebuzaradã e o apresenta como seu filho. Asher fala de sua briga com Joana, Zac o convida para ir até a casa de Elga. Sem alternativa, Sammu-Ramat conta quase toda sua história para a rainha. Nebuzaradã convida Rabe-Sáris para se juntar ao exército babilônico. Chaim entrega um papiro para o oficial de Nabucodonosor. Na conversa com a rainha, Sammu inocenta Beroso. Um sacerdote repassa a falsa mensagem de Hananias para os hebreus cativos na Babilônia. Joana e a família de Ravina amparam Jeremias. O profeta repassa mais uma mensagem de Deus. Elga e Zelfa reencontram Zac. Sammu-Ramat encontra Beroso e diz que revelou a verdade para a rainha. Gadise conta para Kassaia que viu Sammu deixando o quarto do rei. Nitócris pede pra Namnu desamarrar Nabonido. Zac avisa que pagará a dívida de Asher. Ebede-Meleque procura Jeremias e avisa que Zedequias pagou a Hananias para que fingisse ter recebido uma mensagem de Deus, com o intuito de incitar o povo hebreu contra a Babilônia. Absalom discute com Zac. Ezequiel tenta alertar o povo para a falsa profecia de Hananias. Daniel descobre sobre a falsa profecia. Beroso elogia a inteligência de Sammu-Ramat. Amitis conversa com Kassaia e diz saber do envolvimento entre a sacerdotisa e o rei. Neusta escolhe Edissa, sua nova serva. Zedequias menospreza as profecias de Jeremias. Nebuzaradã rouba um selo de carta de Joaquim. Zac incentiva Asher a casar com Joana. Joaquim se apaixona por Edissa. Sem saber que o rapaz é filho de Neusta, a serva fala mal da rainha de Judá. Nabucodonosor ordena a morte de todo hebreu cativo que se rebelar. Nebuzaradã chega trazendo uma mensagem com o selo de Joaquim e avisa que o príncipe é o traidor, o verdadeiro responsável por incentivar a rebelião dos escravos.

Capítulo 14
Evil-Merodaque diz não acreditar que Joaquim seja um traidor. Nabucodonosor manda chamar o príncipe de Judá. Ainda apaixonado, Zac observa Joana. Rabe-Sáris encontra Joaquim e diz que veio para a Babilônia para ficar com o irmão Nebuzaradã. Zac e Joana se reencontram e Fassur os observa. Joaquim fica surpreso ao saber que Nebuzaradã tem um irmão hebreu. Arioque chega e anuncia a prisão do príncipe. Daniel tenta alertar o povo para a falsa profecia de Hananias, mas não é ouvido. Hurzabum avisa que muitos escravos hebreus estão se revoltando. Micáias segue para a Babilônia com o intuito de alertas Joaquim e os cativos hebreus. Zedequias diz que contará com a ajuda dos egípcios. Jeremias recebe o amparo da família de Ravina e Ilana. Nabucodonosor avisa que Joaquim deverá ser executado. Belsazar acha o anel com o selo de Joaquim na sala dos sábios e leva consigo, pensando ser de Nebuzaradã. Zac conversa com Joana e conta que seu amor por ela o fez brigar com Asher. Evil suplica para o rei executar Joaquim depois de um julgamento digno. Nabucodonosor atende o pedido do filho e manda Joaquim para prisão. Nebuzaradã também tenta acusar Daniel de traição, mas o rei defende o governador hebreu. Daniel encontra Joaquim indo para prisão e avisa que o ajudará. Joana fica feliz ao saber que Zac pagará a dívida de Asher. Daniel pede o pergaminho com o selo de Joaquim para examinar o documento com calma. O príncipe de Judá é jogado no calabouço. Nitócris torce para Joaquim e Neusta serem condenados. Namnu procura Belsazar pelo palácio. Asher conta para Uriel que Zac pagará sua dívida. Zac se abre com Zelfa e diz estar apaixonado por Joana até hoje. A mocinha conversa com Dana e Rebeca e mostra o colar dado por Zac. Daniel examina o pergaminho. Belsazar elogia a beleza de Sammu-Ramat e a pede em casamento. O menino entrega o anel de Joaquim para a sacerdotisa e avisa que a joia pertence a Nebuzaradã. Logo em seguida, Beroso chega e conta sobre a armação do chefe da guarda real para incriminar o príncipe de Judá. Namnu reencontra Belsazar. Neusta pede para Amitis libertar Joaquim. Daniel pede a ajuda de Mesaque, Sadraque e Abednego para examinar o pergaminho. Amitis diz que fará o possível para ajudar Neusta, mas avisa que a lei deverá ser cumprida. Fassur vai até a casa de Ravina e diz que Joana anda se encontrando com outro homem.

Capítulo 15
Joana diz para Asher que fugir não é uma boa ideia. Chaim se irritar ao saber que o filho está voltando. Joana lamenta a morte dos pais. Com ciúmes de Sammu-Ramat, Nitócris amarra Nabonido na cama. A sacerdotisa termina de se vestir e deixa o rei dormindo. Ela é vista por Gadise. Nebuzaradã dá em cima de Sammu. Ela lembra do encontro que teve com ele no passado. Beroso aconselha a sacerdotisa a cativar a rainha Amitis. Belsazar se recusa a ajudar Nabonido. Nitócris e Kassaia se cansam de ouvir as futilidades de Neusta. Joana agradece o acolhimento da família de Ravina. Asher diz que pedirá ajuda ao rei Zedequias. Amitis encontra o lenço de Sammu-Ramat no quarto de Nabucodonosor. Asher implora para Zedequias livra-lo de Chaim. Joana tenta ajudar e diz concordar com Jeremias. O rei de Judá então se recusa a ajuda-los. Asher fica irritado com Joana e eles brigam. Nabucodonosor chama Evil-Merodaque para participar dos assuntos estratégicos da Babilônia. Daniel convence o rei a poupar a vida dos escravos trabalhadores. Mesaque, Sadraque e Abednego se encantam pela serva Namnu. Nebuzaradã diz ter raiva dos hebreus. Ele coloca medo em Joaquim. Elga conversa com os filhos e defende o marido. Chaim encontra com um sacerdote na Babilônia e entrega uma mensagem do falso profeta Hananias. Irritado e calado, Asher trabalha na oficina de Chaim. Elga procura Dinah e se desculpa pela atitude do marido. Ambicioso, Zedequias avisa que os dias do príncipe Joaquim estão contados. Amitis pede para Aspenaz chamar Sammu-Ramat em seu quarto. Ebede-Meleque procura Jeremias. Hananias diz que o Senhor falou com ele. O falso profeta avisa que os cativos hebreus devem se rebelar. Zedequias conversa com os filhos e diz ter um plano infalível para se livrar de Joaquim. Joana vê Jeremias caminhando na direção do templo amarrada a um jugo de escravo. O profeta manda Hananias se calar. Sammu se apresenta à rainha Amitis. Chaim chega com Rabe-Sáris na Casa da Lua e avisa que se encontrará com seu outro filho. Enquanto trabalha na oficina, Asher se surpreende com a chegada de Zac.

Capítulo 16
Zac e Asher se abraçam emocionados. Jeremias diz que Hananias é um falso profeta e anuncia sua morte. Chaim encontra Nebuzaradã e o apresenta como seu filho. Asher fala de sua briga com Joana, Zac o convida para ir até a casa de Elga. Sem alternativa, Sammu-Ramat conta quase toda sua história para a rainha. Nebuzaradã convida Rabe-Sáris para se juntar ao exército babilônico. Chaim entrega um papiro para o oficial de Nabucodonosor. Na conversa com a rainha, Sammu inocenta Beroso. Um sacerdote repassa a falsa mensagem de Hananias para os hebreus cativos na Babilônia. Joana e a família de Ravina amparam Jeremias. O profeta repassa mais uma mensagem de Deus. Elga e Zelfa reencontram Zac. Sammu-Ramat encontra Beroso e diz que revelou a verdade para a rainha. Gadise conta para Kassaia que viu Sammu deixando o quarto do rei. Nitócris pede pra Namnu desamarrar Nabonido. Zac avisa que pagará a dívida de Asher. Ebede-Meleque procura Jeremias e avisa que Zedequias pagou a Hananias para que fingisse ter recebido uma mensagem de Deus, com o intuito de incitar o povo hebreu contra a Babilônia. Absalom discute com Zac. Ezequiel tenta alertar o povo para a falsa profecia de Hananias. Daniel descobre sobre a falsa profecia. Beroso elogia a inteligência de Sammu-Ramat. Amitis conversa com Kassaia e diz saber do envolvimento entre a sacerdotisa e o rei. Neusta escolhe Edissa, sua nova serva. Zedequias menospreza as profecias de Jeremias. Nebuzaradã rouba um selo de carta de Joaquim. Zac incentiva Asher a casar com Joana. Joaquim se apaixona por Edissa. Sem saber que o rapaz é filho de Neusta, a serva fala mal da rainha de Judá. Nabucodonosor ordena a morte de todo hebreu cativo que se rebelar. Nebuzaradã chega trazendo uma mensagem com o selo de Joaquim e avisa que o príncipe é o traidor, o verdadeiro responsável por incentivar a rebelião dos escravos.

Capítulo 17
Evil-Merodaque diz não acreditar que Joaquim seja um traidor. Nabucodonosor manda chamar o príncipe de Judá. Ainda apaixonado, Zac observa Joana. Rabe-Sáris encontra Joaquim e diz que veio para a Babilônia para ficar com o irmão Nebuzaradã. Zac e Joana se reencontram e Fassur os observa. Joaquim fica surpreso ao saber que Nebuzaradã tem um irmão hebreu. Arioque chega e anuncia a prisão do príncipe. Daniel tenta alertar o povo para a falsa profecia de Hananias, mas não é ouvido. Hurzabum avisa que muitos escravos hebreus estão se revoltando. Micáias segue para a Babilônia com o intuito de alertas Joaquim e os cativos hebreus. Zedequias diz que contará com a ajuda dos egípcios. Jeremias recebe o amparo da família de Ravina e Ilana. Nabucodonosor avisa que Joaquim deverá ser executado. Belsazar acha o anel com o selo de Joaquim na sala dos sábios e leva consigo, pensando ser de Nebuzaradã. Zac conversa com Joana e conta que seu amor por ela o fez brigar com Asher. Evil suplica para o rei executar Joaquim depois de um julgamento digno. Nabucodonosor atende o pedido do filho e manda Joaquim para prisão. Nebuzaradã também tenta acusar Daniel de traição, mas o rei defende o governador hebreu. Daniel encontra Joaquim indo para prisão e avisa que o ajudará. Joana fica feliz ao saber que Zac pagará a dívida de Asher. Daniel pede o pergaminho com o selo de Joaquim para examinar o documento com calma. O príncipe de Judá é jogado no calabouço. Nitócris torce para Joaquim e Neusta serem condenados. Namnu procura Belsazar pelo palácio. Asher conta para Uriel que Zac pagará sua dívida. Zac se abre com Zelfa e diz estar apaixonado por Joana até hoje. A mocinha conversa com Dana e Rebeca e mostra o colar dado por Zac. Daniel examina o pergaminho. Belsazar elogia a beleza de Sammu-Ramat e a pede em casamento. O menino entrega o anel de Joaquim para a sacerdotisa e avisa que a joia pertence a Nebuzaradã. Logo em seguida, Beroso chega e conta sobre a armação do chefe da guarda real para incriminar o príncipe de Judá. Namnu reencontra Belsazar. Neusta pede para Amitis libertar Joaquim. Daniel pede a ajuda de Mesaque, Sadraque e Abednego para examinar o pergaminho. Amitis diz que fará o possível para ajudar Neusta, mas avisa que a lei deverá ser cumprida. Fassur vai até a casa de Ravina e diz que Joana anda se encontrando com outro homem.

Capítulo 18
Zadoque expulsa Fassur. Joana fica envergonhada. Neusta se desespera ao ver o filho preso. Nitócris critica as atitudes do marido. Nabucodonosor percebe que Amitis descobriu sobre seu encontro com Sammu-Ramat. Edissa fica sem graça ao saber que falou mal de Neusta para Joaquim. Daniel examina outras mensagens enviadas por Joaquim e percebe que o papiro pode ser falso. Neusta diz que falará com o rei. O sacerdote Eliseu é levado até Nabucodonosor, que pega uma espada e manda Evil-Merodaque mata-lo. Asher procura Joana e descobre que ela se encontrou com Zac. Sob a pressão do rei, Evil-Merodaque mata Eliseu. Asher se irrita com Joana e diz que eles não se casarão, pois Zac não o comprará. Neusta fica assustada ao ver o corpo de Eliseu e desiste de falar com o rei. Nebuzaradã avisa que Rabe-Sáris se juntará à guarda real. Mesaque, Sadraque e Abednego lamentam a morte de Eliseu. Sammu diz que Evil matou o hebreu por amor ao pai. Nabucodonosor se declara para Amitis. Nebuzaradã conversa com Kassaia e mente, dizendo nunca ter traído. Asher procura Zac e diz que não aceitará que ele pague sua dívida. Nabucodonosor pede conselhos a Daniel. Neusta enche Edissa de afazeres. Jeremias agradece a hospitalidade dos familiares de Ravina. Joana avisa que terá uma conversa séria com Asher. Absalom estranha ao ver Asher trabalhando na oficina de armas de Chaim. Nebuzaradã fala sobre Rabe-Sáris com Kassaia. Gadise explica sobre seu passado. Joana fala sobre Asher com Dinah. Nebuzaradã apresenta o palácio para Rabe-Sáris. Hurzabum e Shag-Shag falam sobre Sammu-Ramat. Nitócris reclama de Neusta para Amitis. Joana pede para falar com Asher. Kassaia estranha o sumiço de Evil-Merodaque. Hurzabum reconhece Sammu-Ramat e a chama. Daniel e Kassaia se assustam ao verem Evil-Merodaque tentando se jogar do alto do palácio.

Capítulo 19
Daniel e Kassaia convencem Evil-Merodaque a não se jogar. Joana e Asher se declaram um para o outro. Sammu-Ramat conversa com Hurzabum e pede segredo. Shag-Shag estranha o comportamento do filho. Fassur vê Zac observando Asher e Joana. Tentando agradar Dana, Absalom lhe presenteia com um abutre morto. Ela recusa o presente. Evil agradece o apoio de Daniel e Kassaia. Edissa diz que Joaquim deve ter fé em Deus. Nitócris ofende Neusta. Zelfa aconselha Zac a tirar Joana da cabeça. Asher ri das brigas entre Absalom e Nicolau. Neusta procura por Daniel no palácio. Nabucodonosor fala com Sammu-Ramat e avisa que os encontros entre eles devem acabar. Hassube cobiça o trono de Zedequias. Sammu-Ramat encontra com Nebuzaradã e entrega o anel de Joaquim. Ele fica surpreso. Joana devolve os presentes dados por Zac. Sammu-Ramat revela seu desejo por Nebuzaradã. Ele recorda do encontro que teve com ela no passado. Eles se beijam. Tamir implica com Shamir. Zadoque aconselha Uriel. Absalom devolve o abutre que comprou. Dinah cuida de Benjamin. Amitis diz que Evil-Merodaque está indisposto e o rei fica irritado. Asher se declara para Joana. Com as provas em mãos, Daniel segue para o julgamento de Joaquim. Gedalias chega na Babilônia e pede para falar com o governador. Em Jerusalém, os hebreus se divertem na Festa do Tabernáculo. Beroso inicia o julgamento de Joaquim e avisa que o príncipe de Judá poderá ser condenado a morte.

Capítulo 20
Daniel avisa que Joaquim é inocente. Abednego recebe Gedalias no palácio. Zac discute com Chaim. Nabucodonosor não aceita as provas apresentadas por Daniel e condena Joaquim a morte. Neusta se desespera. Gedalias chega ali e diz ter uma mensagem importante. Ele avisa que Zedequias tentou incriminar o príncipe para evitar que Joaquim ocupasse o trono de Judá. No mesmo momento, Arioque diz ter recebido uma mensagem sobre a aproximação de Jerusalém com o Egito. Furioso, Nabucodonosor avisa que Judá pagará caro pela traição de Zedequias. O soberano de Jerusalém se diverte na Festa do Tabernáculo. O rei da Babilônia liberta Joaquim. Sammu-Ramat avisa que precisa sair. Nabucodonosor ordena a invasão à Judá e pede para trazerem Zedequias com vida. Asher diz para Joana que fez as pazes com Zac. Gedalias entrega a mensagem de Jeremias para os hebreus no palácio e retorna para Jerusalém. Daniel lê as profecias sobre o fim do cativeiro na Babilônia e avisa que entregará a mensagem a todos os escravos hebreus. Fassur estranha a ausência do falso profeta Hananias. Chaim conversa com Ravina e conta que Rabe-Sáris ficou na Babilônia com o irmão. Zadoque comenta sobre as profecias de Ezequiel sobre a queda de Judá. Nebuzaradã se despede de Kassaia. Aspenaz trata a rainha com zelo. Fassur fica observando Joana. Joaquim conversa com Evil e revela seu sentimento por Edissa. Neusta procura pelo filho no palácio. Nebuzaradã beija Sammu às escondidas. Zac se apresenta para Benjamin. Rebeca, Dana e Joana vão colher frutas no campo. Fassur as seguem e observa Joana com desejo. Sammu-Ramat pede para Nebuzaradã voltar vivo. Nitócris ordena que Nabonido durma no chão. Nabucodonosor autoriza a partida de seu exército. Asher vê Rebeca e Dana voltarem sem Joana e segue a procura de sua amada. Sem sucesso, Shag-Shag tenta arrumar clientes na rua. Sammu vai até a casa da Lua e diz ter uma proposta para Hurzabum. Rabe-Sáris segue com o exército babilônico para o reino de Judá. Atormentado de desejo, Fassur começa a se autoflagelar. Joana se depara com ele e se assusta com o olhar doentio do sacerdote.

Capítulo 21
Com medo, Joana pede para Fassur não se aproximar. Ele tenta agarrá-la, mas ele lhe acerta um chute e foge. Asher a encontra e estranha seu comportamento. Ela desconversa. Sammu-Ramat convida Hurzabum para tocar flauta no palácio. Zac mata a saudade de Elga e Zelfa. Dana dispensa Absalom. Fassur conversa com Oziel e diz que Joana é uma semente do mal. Joana se abre com Dana e conta que encontrou o sacerdote no campo. Nabucodonosor se declara para Amitis. Shag-Shag fica feliz ao saber que o filho foi convidado para tocar no palácio. Deitado no chão, Nabonido reclama de dores nas costas. Dana e Rebeca cantam na Festa do Tabernáculo. Ebede-Meleque fica aliviado ao saber que Joaquim e Neusta estão bem. Sammu estranha a maneira como Nitócris trata o marido. Gedalias conta que entregou a mensagem para Daniel. Zedequias descobre que Nabucodonosor atacará Judá. Aicão pede permissão para avisar ao povo. Ezequiel prevê a queda de Judá e avisa que será um longo cerco. Aflitos com a aproximação dos Babilônicos, Asher encontra com Joana e eles se abraçam. Zelfa reclama das estatuetas pagãs utilizadas por Elga. Chaim diz que ficará tudo bem, pois tem dois filhos no exército babilônico. Na casa de Ravina, todos oram ao Senhor. Asher ampara Benjamin e se lembra da morte de Abel. Kassaia agradece a amizade de Daniel. Zac e Asher escutam o barulho das trombetas e correm para as muralhas da cidade. Oziel diz que Hananias está doente. Zedequias diz que é preciso manter o controle. Zac e Asher observam a aproximação do exército inimigo. Rabe-Sáris segue ao lado do irmão. Nebuzaradã avisa que eles passarão um bom tempo cercando Jerusalém. Alguns meses se passam e os babilônicos começam a desfazer o acampamento. Jeremias avisa a Zedequias sobre seu fim. Absalom pede a mão de Dana para Ravina. Fassur acusa Jeremias de traição e incita o povo contra o profeta de Deus.

Capítulo 22
Com medo, Joana pede para Fassur não se aproximar. Ele tenta agarrá-la, mas ele lhe acerta um chute e foge. Asher a encontra e estranha seu comportamento. Ela desconversa. Sammu-Ramat convida Hurzabum para tocar flauta no palácio. Zac mata a saudade de Elga e Zelfa. Dana dispensa Absalom. Fassur conversa com Oziel e diz que Joana é uma semente do mal. Joana se abre com Dana e conta que encontrou o sacerdote no campo. Nabucodonosor se declara para Amitis. Shag-Shag fica feliz ao saber que o filho foi convidado para tocar no palácio. Deitado no chão, Nabonido reclama de dores nas costas. Dana e Rebeca cantam na Festa do Tabernáculo. Ebede-Meleque fica aliviado ao saber que Joaquim e Neusta estão bem. Sammu estranha a maneira como Nitócris trata o marido. Gedalias conta que entregou a mensagem para Daniel. Zedequias descobre que Nabucodonosor atacará Judá. Aicão pede permissão para avisar ao povo. Ezequiel prevê a queda de Judá e avisa que será um longo cerco. Aflitos com a aproximação dos Babilônicos, Asher encontra com Joana e eles se abraçam. Zelfa reclama das estatuetas pagãs utilizadas por Elga. Chaim diz que ficará tudo bem, pois tem dois filhos no exército babilônico. Na casa de Ravina, todos oram ao Senhor. Asher ampara Benjamin e se lembra da morte de Abel. Kassaia agradece a amizade de Daniel. Zac e Asher escutam o barulho das trombetas e correm para as muralhas da cidade. Oziel diz que Hananias está doente. Zedequias diz que é preciso manter o controle. Zac e Asher observam a aproximação do exército inimigo. Rabe-Sáris segue ao lado do irmão. Nebuzaradã avisa que eles passarão um bom tempo cercando Jerusalém. Alguns meses se passam e os babilônicos começam a desfazer o acampamento. Jeremias avisa a Zedequias sobre seu fim. Absalom pede a mão de Dana para Ravina. Fassur acusa Jeremias de traição e incita o povo contra o profeta de Deus.

Capítulo 23
Jeremias apanha do povo na rua. Dana se recusa a aceitar o pedido de casamento de Absalom. Nabucodonosor ordena que o cerco à Jerusalém seja longo e impiedoso. Matias se preocupa com Jeremias. Joana ajuda uma criança na rua. Amitis não gosta do creme dado de presente por Neusta. Hurzabum não deixa Shag-Shag acompanha-lo até a festa da rainha no palácio. Nabonido gosta do jeito grosso de Nitócris. Namnu é cortejada por Sadraque, Mesaque e Abednego. Evil-Merodaque diz que Daniel precisa descansar um pouco. Sammu-Ramat recebe Hurzabum no palácio. Chaim conta para Elga sobre Nebuzaradã. Chaim ofende Absalom, que parte para cima do pai. Jeremias é jogado na prisão por Fassur. Dana comenta sobre o pedido de casamento feito por Absalom. Elga e Zelfa riem das brigas entre Shamir e Tamir. Os nobres chegam na festa de Amitis. Joana descobre que Jeremias foi preso e corre para falar com Zedequias. Nabucodonosor faz um brinde à rainha. Sem ser convidada, Shag-Shag entra no palácio. Sammu-Ramat pede para Hurzabum tocar flauta para a rainha. Zadoque exige que Fassur diga onde está Jeremias. O falso profeta Hananias procura Chaim e diz estar tendo alucinações. Joana pede para o rei Zedequias ajudar Jeremias. Shag-Shag bebe durante a festa da rainha e percebe a presença de Sammu-Ramat no local. Evil-Merodaque e Kassaia entregam presentes para a rainha. Belsazar presenteia Amitis com uma caixa de cheia de sapos, que pulam e assustam os convidados. Gedalias avisa a Fassur que o rei Zedequias deseja ver Jeremias. Dinah passa mal e desmaia. Sammu-Ramat apresenta Hurzabum aos reis. Joaquim elogia o sorriso de Edissa. Nabonido elogia a beleza da sacerdotisa e é repreendido por Nitócris. Hurzabum se desespera ao ver Shag-Shag bêbada entre os convidados. Joana ampara Jeremias. Asher e Benjamin servem água para Dinah. Zedequias se irrita com as profecias de Jeremias e manda prendê-lo novamente. Sem tem o que fazer, Hurzabum observa Shag-Shag ser expulsa da festa pelo general Arioque. Hananias se recorda das palavras ditas por Jeremias. O falso profeta tem um surto psicótico de cai do alto das muralhas da cidade. Jeremias é preso em uma gaiola em praça pública. Joana lamenta ao ver o profeta nesta situação. Fassur se aproxima de Joana e ela diz para ele nunca mais se aproximar dela. Asher se aproxima e pergunta o que o sacerdote fez.

Capítulo 24
Asher ameaça Fassur. Oziel avisa sobre a morte do falso profeta Hananias. Hurzabum implora pela vida de Shag-shag. Sammu-Ramat intervém e Amitis manda liberta-la. Dinah diz estar se sentindo melhor. Arioque expulsa Shag-Shag do palácio. Hurzabum agradece a ajuda de Sammu. Alguns dias se passam e Asher segue para o ofício na fábrica de armas de Chaim. O exército babilônico começa a se movimentar. Os guardas hebreus tocam as trombetas. Asher avisa que os inimigos voltaram. Dois anos se passam e Jerusalém sofre com o cerco dos guerreiros babilônicos. Asher e Joana observam o sofrimento do povo. Nebuzaradã recebe uma mensagem do rei ordenando o ataque aos hebreus. Zedequias diz não precisar do Egito na guerra contra a Babilônia. Nabucodonosor avisa que Evil-Merodaque deverá se casar. O príncipe discorda do desejo do pai. Neusta implica com Edissa. Jeremias permanece preso a uma gaiola. Nabucodonosor diz que o filho será obrigado a se casar. Zac e Zelfa falam sobre a falta de fé do povo hebreu. Daniel reclama da maneira como Larsa trata os escravos. Amitis se incomoda por ter que ouvir a música tocada por Belsazar. Sammu-Ramat é gentil com a rainha. Fassur encontra Zedequias e avisa que Jeremias precisa morrer. Hurzabum ensina Belsazar a tocar flauta. Sammu-Ramat pede para o músico se tornar seu cúmplice. Asher e Joana amparam Jeremias. Nabucodonosor diz que Jerusalém será destruída. Ravina diz que é preciso ter fé em Deus. Daniel procura Beroso e critica a maneira como os cativos são tratados. Chaim trata os familiares com violência e Zac se retira de casa. Neusta flagra Joaquim abraçando Edissa. No meio da noite, Fassur tira Jeremias do poço. Ebede-Meleque observa o profeta sendo levado para outro local. Jeremias é jogado dentro de um poço.

Capítulo 25
Asher ameaça Fassur. Oziel avisa sobre a morte do falso profeta Hananias. Hurzabum implora pela vida de Shag-shag. Sammu-Ramat intervém e Amitis manda liberta-la. Dinah diz estar se sentindo melhor. Arioque expulsa Shag-Shag do palácio. Hurzabum agradece a ajuda de Sammu. Alguns dias se passam e Asher segue para o ofício na fábrica de armas de Chaim. O exército babilônico começa a se movimentar. Os guardas hebreus tocam as trombetas. Asher avisa que os inimigos voltaram. Dois anos se passam e Jerusalém sofre com o cerco dos guerreiros babilônicos. Asher e Joana observam o sofrimento do povo. Nebuzaradã recebe uma mensagem do rei ordenando o ataque aos hebreus. Zedequias diz não precisar do Egito na guerra contra a Babilônia. Nabucodonosor avisa que Evil-Merodaque deverá se casar. O príncipe discorda do desejo do pai. Neusta implica com Edissa. Jeremias permanece preso a uma gaiola. Nabucodonosor diz que o filho será obrigado a se casar. Zac e Zelfa falam sobre a falta de fé do povo hebreu. Daniel reclama da maneira como Larsa trata os escravos. Amitis se incomoda por ter que ouvir a música tocada por Belsazar. Sammu-Ramat é gentil com a rainha. Fassur encontra Zedequias e avisa que Jeremias precisa morrer. Hurzabum ensina Belsazar a tocar flauta. Sammu-Ramat pede para o músico se tornar seu cúmplice. Asher e Joana amparam Jeremias. Nabucodonosor diz que Jerusalém será destruída. Ravina diz que é preciso ter fé em Deus. Daniel procura Beroso e critica a maneira como os cativos são tratados. Chaim trata os familiares com violência e Zac se retira de casa. Neusta flagra Joaquim abraçando Edissa. No meio da noite, Fassur tira Jeremias do poço. Ebede-Meleque observa o profeta sendo levado para outro local. Jeremias é jogado dentro de um poço.

Capítulo 26
No fundo do poço, Jeremias vê Ebede-Meleque oferecendo ajuda. Beroso provoca Daniel e avisa que Jerusalém está prestes a ser totalmente destruída. Zedequias permite que Ebede-Meleque liberte o profeta. Jeremias pede ajuda ao Senhor. Deus fala com Ezequiel e avisa sobre a destruição de Judá. Ebede-Meleque tenta tranquilizar Jeremias. Baruque ampara Joana. Asher cuida de Dinah. Todos na casa de Ravina oram ao Senhor. Chaim ofende Zelfa. Jeremias é levado até Zedequias e avisa que o rei morrerá se não se entregar. O profeta é mandado para a gaiola novamente. Nabucodonosor conversa com Daniel e se certifica do aviso de Deus. Nebuzaradã ordena que Rabe-Sáris não pense em seus familiares. Chaim diz ter um plano caso a cidade seja invadida. Asher e Joana namoram sob a luz da lua. Nebuzaradã lidera o exército babilônico. Uriel teme a morte de Dinah. Nebuzaradã ordena o ataque à Judá. Dinah se despede de Asher. Ele pede para a mãe ter forças e sai de casa ao som das trombetas. Uriel sai atrás do filho. Asher manda Benjamim permanecer dentro de casa. Zedequias observa as flechas incandescentes disparadas pelos inimigos em direção à Judá. Ravina manda todos se prepararem para fugirem. Joana sai de casa. Chaim diz ter um plano e manda todos se preparam para a fuga. Asher se junta aos guerreiros hebreus. Chaim fala sobre um túnel secreto. Zac segue em outra direção. Zedequias chama Hassube e Zuriel e avisa sobre o túnel secreto. Asher se assusta com as catapultas do exército babilônico. Rabe-Sáris se mostra preocupado com os familiares, mas Nebuzaradã ordena o ataque à Judá. Asher se desespera ao avistar uma imensa bola de fogo vindo ao seu encontro.

Capítulo 27
Asher consegue desviar da bola de fogo e sobrevive ao ataque. Baruque tenta salvar Jeremias. O povo hebreu se desespera com a ofensiva. Baruque tem dificuldade de libertar Jeremias, mas não desiste. Nebuzaradã e Rabe-Sáris atacam Jerusalém com o exército babilônico. Mesmo fraca, Dinah tenta acalmar Benjamin. Aicão e Ebede-Meleque estranham o sumiço do rei. Gedalias diz que Zedequias fugiu. Elga pede para Zelfa seguir com sua família. Absalom mata um homem na fuga. Jeremias observa o templo em chamas. Aicão avisa que se renderá. Fassur e Oziel seguem para o palácio. Babilônicos tentam derrubar o portão da cidade. Fassur e Oziel encontram a família de Chaim e seguem para o túnel secreto. Zac procura por Joana. Os soldados babilônicos invadem Jerusalém. Joana ajuda uma moça na rua. Nebuzaradã entra na cidade cavalgando seu cavalo. Asher se lembra da morte de Abel e mata dois soldados babilônicos. Desesperado, Zac segue a procura de Joana. Dinah não resiste e morre. Uriel sai de casa e se depara com Nebuzaradã. Fassur atravessa o túnel secreto com a família de Chaim. Asher avista Uriel ferido e corre para socorrê-lo, mas ele não resiste e morre nos braços do filho. Asher luta com Nebuzaradã e o oficial babilônico diz que o levará como escravo. Rabe-Sáris encontra Zedequias e os filhos tentando fugir e ordena a prisão do rei. Nebuzaradã manda poupar a vida de Jeremias. Bastante perturbado, Zac se aproxima do corpo de Uriel com um arco-e-flecha em mãos. Joana se aproxima desesperada. Zac mente e diz que Asher está morto.

Capítulo 28
Desesperada, Joana se desvencilha de Zac e foge à procura dos familiares. Ela encontra os soldados inimigos e decide se entregar. Zac observa, mas prefere salvar a própria pele e foge. Zedequias tenta subornar Rabe-Sáris, mas é detido. Rabe-Sáris encontra com Chaim e seus familiares. Elga e Zelfa se recusam a seguir sem Zac. Nebuzaradã surpreende ao dizer que Jeremias é protegido de Nabucodonosor. O profeta então pede para permanecer em Jerusalém. Zac corre para se esconder no templo. Nebuzaradã ordena que os soldados peguem todo objeto de valor que estiver no templo. Amarrado, Asher é levado cativo. Em nome do rei, Nebuzaradã nomeia Gedalias governador de Jerusalém. Zac encontra Chaim e os familiares. Eles seguem com a ajuda de Rabe-Sáris. Joana é levada até a casa de Ravina por um oficial babilônico. O soldado avisa que todos seguiram para a Babilônia. Joana se despede de Jeremias. Gedalias recebe o apoio de Aicão e Micáias. Jeremias repara na fé renascendo nos poucos hebreus que restaram em Judá. A família de Ravina é conduzida com os outros escravos hebreus rumo à Babilônia. Zedequias e os filhos também seguem no comboio liderado por Nebuzaradã e Rabe-Sáris. Daniel aguarda os escravos hebreus chegarem à Babilônia. Acomodados com seus pertences em carroças, Zac, Chaim, seus familiares e Fassur chegam na cidade de Nabucodonosor. A princesa Shamiran, nova pretendente de Evil-Merodaque, chega ao palácio. Daniel elogia a beleza da moça. Evil se mostra receoso. Zac e os familiares se impressionam com a luxuosidade e grandiosidade da Babilônia. Nabucodonosor descobre que Zedequias foi capturado. Inconveniente, Neusta bajula a princesa Shamiran. Asher é jogado no canteiro de obras como um escravo. O menino Lior observa a chegada do novo cativo. Sammu-Ramat segue para o templo do palácio. Zac apresenta sua casa aos familiares. Ele lamenta a ausência de Joana. Amitis recebe Shamiran e conversa com a princesa. Zelfa e Elga saem para comprar alimento. Larsa ameaça Asher. Joaquim tenta animar Evil-Merodaque. Hurzabum conversa com Daniel. Absalom repara no olhar que Chaim lançou para Shag-Shag. Evil fala mal de Shamiran e é flagrado por ela. Elga estranha ao ver Chaim de conversa com Shag-Shag. Larsa ameaça queimar o rosto de Asher com ferro quente.

Capítulo 29
Sammu-Ramat sugere que Larsa enterre Asher na lama. Shag-Shag diz ser apenas uma amiga de Chaim. Sem graça, Evil-Merodaque tenta se desculpar pela gafe com a princesa Shamiran. Ismael tenta jogar os nobres de Judá contra Jeremias. Tamir e Shamir encontram Nicolau e falam sobre um Mercado de esposas. Amitis elogia Shamiran e Nitócris fica enciumada. Algumas mulheres são leiloadas no Mercado de esposas. Nabonido tenta acalmar Nitócris. Belsazar agradece pela conversa com Daniel. O governador fala sobre Deus com Kassaia. Micáias diz desconfiar de Ismael. Fassur avisa que não vai tolerar a perdição. Jeremias diz a Baruque que é preciso recomeçar. Enterrado na lama, Asher agradece a ajuda de Lior. Beroso chega até a Casa da lua e avisa que comprará o local. Absalom fica preocupado com Dana. Rebeca tenta provocar Rabe-Sáris. Larsa comenta sobre a força de Asher. Beroso diz que não quer ver o escravo adoecendo. Arioque conversa com Aspenaz. Beroso avisa que comprou a Casa da Lua. Sammu-Ramat mente e diz não conhecer o estabelecimento. Sadraque, Mesaque e Abednego comentam sobre os erros encontrados nas contas do palácio. Edissa ajuda Neusta a se arrumar para recepção à princesa Shamiran. Nabonido obedece Nitócris. Jeremias agradece o apoio de Gedalias. Nabucodonosor se mostra satisfeito com a aliança formada através da união entre Evil e Shamiran. Micáias fica tenso ao ver Ismael com uma espada. Evil-Merodaque recebe Shamiran durante a cerimônia. Em Judá, Ismael e seus amigos assustam a todos ao empunharem suas espadas na sala do trono. Joana reconhece Nebuzaradã e o observa com ódio. Enterrado na lama do canteiro de obras dos escravos, Asher se desespera ao ver uma cobra se aproximar de seu rosto.

Capítulo 30
Zac fica impressionado ao ver Asher trabalhando como escravo. Sammu-Ramat tenta disfarçar e chama Shamiran para um passeio no palácio. Pensativo, Zac vai até a Casa da Lua. Joana tenta acalmar Dana. Ravina conforta Ilana. Lior cuida de Asher. Os amigos de Daniel dizem admirar sua fé. Kassaia reencontra Nebuzaradã. Joana se mostra preocupada com Zac. Neusta e Joaquim falam da morte de Zedequias. Nitócris mima Belsazar. Falso, Nebuzaradã diz palavras de amor para Kassaia. Ezequiel passa a palavra de Deus para seu povo. Neusta e Joaquim se abraçam. Amitis chama o rei para um passeio no palácio. Shamir implica com Tamir. Gadise fala de seu passado na Etiópia. Shag-Shag recebe Arioque na Casa da Lua. Ebede-Meleque reencontra Neusta e Joaquim. Evil fica sem graça perto de Shamiran. Belsazar é mal-educado com Ebede-Meleque. Joaquim procura Daniel, e eles falam sobre o futuro do povo hebreu. Rabe-Sáris visita seus familiares. Evil não consegue ficar à vontade na presença da noiva. Shag-Shag se insinua para Arioque. Beroso vê o estado de Asher e reclama com Larsa. Joana diz não se conformar com a morte de seu amado. Lior cuida de Asher. Matias se encanta com Gadise. Sammu-Ramat reencontra Zabaia nas ruas da cidade.

Capítulo 31
Zabaia ameaça dizer a verdade sobre Sammu-Ramat. Matias admira Gadise. Dana diz não gostar de Absalom. Larsa manda Lior chamar uma sacerdotisa para tentar salvar a vida de Asher. Gadise e Matias se apresentam. Neusta mostra o palácio para Ebede-Meleque. Nabucodonosor avisa que Evil-Merodaque precisa aceitar Shamiran. Zelfa conversa com os filhos de Elga. Larsa pede para Sammu-Ramat salvar a vida de Asher. Edissa elogia o caráter de Joaquim. Daniel aconselha o príncipe Evil. Edissa avisa que tem algo a fazer. Sammu-Ramat deixa o alojamento de escravos. Neusta convida Sargão, o pai de Shamiran, para um passeio no palácio. Nitócris faz planos ambiciosos para o futuro da Babilônia. Amitis diz que ajudará Kassaia a engravidar. Dalila e Raquel, sobrinhas de Fassur, procuram-no e pedem ajuda a ele para se instalarem na cidade. Animada, Gadise encontra Namnu e lhe conta do encontro com Matias. Aspenaz avisa Amitis sobre a presença de Ebede-Meleque no palácio. Sadraque fica encantado com Dalila. Nabucodonosor fala com Arioque sobre a obra da estátua de Marduk. Joaquim se declara para Edissa. Rabeca e Dana admiram a grandiosidade da Babilônia. Asher murmura chamando por Joana. Hurzabum toca flauta admirando a cidade. Sammu-Ramat se mostra preocupada com o encontro que teve com Zabaia, seu pai. Kassaia tenta confortar Evil. Nebuzaradã critica a fraqueza do príncipe. Matias suspira de amor por Gadise. Bêbada, Shag-Shag recebe o amparo do filho. Ebede-Meleque se emociona ao rever Gadise. Chaim discute com Zac e acaba acertando um golpe em Zelfa, que cai desmaiada.

Capítulo 32
Absalom sai no tapa com Chaim. Zac expulsa o pai de casa. Todos tentam acudir Zelfa. Ebede-Meleque procura Joaquim e fala sobre Gadise. O eunuco revela que ela foi seu grande amor. Zelfa recebe o amparo da família de Elga. Sammu inala a fumaça de um incenso e se recorda do passado. Aconselhada por Hurzabum, Shag-Shag não permite que Chaim durma com ela. Lior cuida de Asher. Dana tenta fugir de Absalom. Elga pede para os filhos perdoarem o pai. Chaim recebe a ajuda de Fassur. O sacerdote manda Oziel ficar afastado de suas sobrinhas. Sammu-Ramat pede para Darice procurar Zabaia. Ebede-Meleque avisa a Joaquim de que deixará o palácio. Namnu cuida de Belsazar. Neusta lamenta a ausência de Ebede-Meleque. Chaim vai até a Casa da Lua. Gadise pede para Daniel empregar Matias. Sadraque nega estar apaixonado por Dalila. Atendendo ao pedido de Elga, Zac pede desculpas a Chaim. Asher foge do alojamento de escravos. Gadise procura Matias. Zac vende a metade da casa para Chaim. Matias agradece a ajuda de Gadise. Lior tenta ajudar Asher. Nitócris sente ciúme de Shamiran. Nebuzaradã reclama da relação harmônica entre sua esposa e os servos do palácio. Matias encontra Daniel no palácio. Evil conversa com Joaquim sobre Shamiran. Larsa nota a ausência de Asher. Darice chega com Zabaia na Casa da Lua. Asher tenta fugir. Rabe-Sáris questiona a presença de Matias no palácio. Zac e Joana se reencontram. Nebuzaradã encontra Asher tentando fugir.

Capítulo 33
Asher foge de Nebuzaradã. Zac reencontra Joana. Durante a fuga, Asher se depara com um elefante. Rabe-Sáris ameaça Matias. Kassaia intervém. Zac continua enganando Joana a respeito da suposta morte de Asher. Rebeca alerta a moça sobre o sentimento do rapaz. Na fuga, Asher sobe em um terraço. Ele avista Joana e tenta chamá-la, mas ela não o ouve. Nebuzaradã encontra Asher, que cai do terraço. Larsa o prende novamente. Nabucodonosor e o pai de Shamiran assinam o acordo de união de seus filhos. Amitis ordena que Aspenaz ache uma nova costureira para o palácio. Zac encontra Lior e faz perguntas sobre Asher. Neusta tenta arranjar uma pretendente nobre para Joaquim. Em conversa com Oziel, Fassur diz que é preciso tomar cuidado com as mulheres. Darice diz que Zabaia aguarda a sacerdotisa na Casa da Lua. Aspenaz procura uma nova costureira. Ebede-Meleque pede para morar na casa de Ravina. Evil-Merodaque marca um encontro com Shamiran. Sammu-Ramat encontra Zabaia. Neusta irrita alguns nobres no palácio. Sammu-Ramat diz que fará um acordo com Zabaia. Ebede-Meleque agradece a hospitalidade de Ravina. Sammu-Ramat avisa que Zabaia tomará conta da Casa da Lua. A sacerdotisa humilha Shag-Shag. Sargão pede para Shamiran se comportar como boa esposa. Fassur diz que sua sobrinha Dalila pode servir à rainha. Joana diz não sentir nada por Zac. Larsa avisa que mandará Asher e Lior para longe da Babilônia. Zac se mostra confiante na conquista de Joana. Evil discute com Shamiran. Alguns dias se passam. Asher e Lior são levados para uma mina de cobre em Nairi.

Capítulo 34
Sammu-Ramat avisa que Evil-Merodaque não foi envenenado. Sem graça, Beroso diz que o príncipe ficou muito nervoso e, por isso, deu-lhe uma porção para se acalmar. O rei ordena que a cerimônia continue. Evil-Merodaque se declara para Shamiran, e eles se casam. Asher e Lior trabalham pesado na mina de cobre. Dana comenta a felicidade de Matias indo ao casamento. Joaquim beija Edissa. Neusta dá em cima de Sargão, o pai da noiva. Joaquim surpreende todos na cerimônia ao declarar seu amor por Edissa. Neusta fica revoltada. Zac encontra Joana e lhe entrega flores. Asher fala sobre Deus com Lior. Rabe-Sáris dá em cima de Dalila. Sadraque fica enciumado. Mesaque corteja Raquel, a outra sobrinha de Fassur. Edissa reclama da atitude de Joaquim, que fica sem entender. Zabaia recebe Larsa na Casa da Lua. Hurzabum conversa com Rebeca durante a cerimônia. Zelfa reclama dos produtos pagãos vendidos por Tamir e Shamir. Fassur encontra Chaim e pede contribuição para a sinagoga. Elga se consulta com Shag-Shag. Ebede-Meleque descobre que Matias se apaixonou por Gadise. Shag-Shag aconselha Elga a dar mais atenção a Chaim. Durante a cerimônia de casamento, Shamiran toca uma música para Evil. Zelfa reclama do encontro que Elga teve com a vidente. Oziel leva uma mensagem para Zadoque. Sonolento, Evil aplaude a apresentação de Shamiran. Ebede-Meleque fala com Joana sobre Gadise. Na mina de cobre, Asher é atacado por um escravo enlouquecido.

Capítulo 35
Na mina de cobre, Asher briga com Rato, um escravo enlouquecido. Embriagado, Evil é levado a seu quarto. Daniel tenta consolar Shamiran. Zadoque avisa familiares da morte de Gedalias. Ravina estranha a ausência de Rebeca. Nitócris diz desconfiar de Sammu-Ramat. Ravina se irrita ao saber que Rebeca foi ao casamento no palácio. Matias se desculpa com os familiares. Nabucodonosor diz que fará do filho um homem de verdade. Nitócris descobre que Sammu-Ramat está se envolvendo com Nebuzaradã. Neusta procura Edissa para uma conversa. Na mina de cobre, Asher se desespera ao ver que o local vai desabar. Joana oferece apoio a Rebeca. Asher foge e tenta chamar Lior, que não consegue escapar. Shamiran fica irritado com a lenta recuperação de Evil. Rebeca pede perdão aos pais. Asher acha Lior. Neusta pede para Edissa se afastar de Joaquim. Asher fala de seu passado com Lior. Joana e Asher sonham um com o outro. Evil começa a se entender com Shamiran. Nabucodonosor deseja conversar com o filho. Aspenaz interrompe o rei e avisa que o príncipe está cumprindo seu dever de homem. Joaquim diz que não desistirá de Edissa. Asher vê um escravo morrendo. Joaquim pede conselho a Daniel. Amitis pede para ouvir a música de Hurzabum. Zabaia discute com Shag-Shag. Em conversa com Nabonido, Nitócris diz que chantageará Sammu-Ramat. Ilana avisa que visitará Zelfa. Asher é atacado por Rato.

Capítulo 36
Lior golpeia Rato e salva a vida de Asher. Sargão se despede de Nabucodonosor. Dalila diz que Raquel está comendo muito. Edissa avisa que não se casará com Joaquim. Arioque se oferece para chamar Hurzabum na Casa da Lua. Matias beija Gadise. Rabe-Sáris se recusa a ajudar Tamir e Shamir. Kassaia pede para Matias fazer anotações. Nebuzaradã estranha a presença do hebreu no quarto da princesa. Nitócris procura Sammu-Ramat e pergunta desde quando ela se deita com Nebuzaradã. Asher conversa com Lior. Em conversa com Ravina e Zadoque, Zac assume seu sentimento por Joana. Fassur chega. Nebuzaradã ameaça Matias e finge uma crise de ciúme. Nitócris fala a Sammu de seu desejo pelo poder. Zac discute com Fassur. Asher e Lior tentam se livrar dos morcegos na mina de cobre. Ebede-Meleque se abre com Joana. Arioque leva recado a Hurzabum e flerta com Shag-Shag. Joaquim fala sobre seu amor por Edissa. Aspenaz avisa que Sargão está de partida. Zabaia desrespeita Shag-Shag e Arioque o ameaça. Nabucodonosor se despede de Sargão. Hurzabum toca flauta para Amitis. Neusta pede conselhos a Daniel. Chaim estranha o afeto de Elga. Aspenaz avisa o rei do encontro da rainha com o músico. Sammu-Ramat pergunta de Nitócris a Beroso. Dalila costura para a princesa no palácio. Hurzabum fica tenso ao ver o rei se aproximar. Zac e Absalom vão à casa de Ravina. Na mina de cobre, Asher e Lior são surpreendidos pela chegada de oficiais.

Capítulo 37
Asher e Lior tentam despistar os feitores. Dana tenta evitar Absalom. Nabucodonosor pede para Arioque ficar de olho em Hurzabum. Nebuzaradã fica preocupado ao saber do encontro de Nitócris com a sacerdotisa. Hurzabum fala sobre Arioque com Shag-Shag. Amitis gosta de saber que o rei sentiu ciúme do músico. Evil-Merodaque elogia a beleza de Shamiran. Joana diz que não pode se casar com Zac. Nebuzaradã agradece a noite com Sammu. As gêmeas Talita e Samira são levadas ao Mercado de esposas. Inocente, Kassaia se desculpa com o marido. Ebede-Meleque se abre com Dana. Daniel visita Zadoque. O governador afirma que o ajudará. Kassaia cuida de Nebuzaradã. Raquel reclama do perfeccionismo de Dalila. Fassur diz que mulheres levam homens à perdição. Neusta pergunta a Sammu-Ramat sobre o futuro de Joaquim. Zelfa fala sobre Deus a Elga. Matias beija Gadise. Joaquim fala de Edissa com Evil. Nitócris diz que Shamiran é metida. Nabucodonosor se irrita com o jeito de Nabonido. Zelfa visita os familiares de Ravina. Joana se lembra de seu grande amor. Asher e Lior voltam para a Babilônia. Zac convida Joana para um passeio. Dana se assusta com o jeito agressivo de Absalom. Quando Zac vai se declarar para Joana, ela avista Asher e Lior chegando à cidade.

Capítulo 38
Zac diz que Joana deve ter se enganado ao ver Asher. Ilana questiona a atitude de Absalom. Matias se declara a Gadise. Dana diz não querer mais receber visitas de Absalom. Lior finge ter um recado do deus Marduk para Beroso. Zac tenta consolar Joana. Edissa fala de seu amor por Joaquim. Neusta repreende o filho. Em conversa com Asher, Lior diz que um homem tentou comprá-lo. Joana diz que não esquecerá seu grande amor. Chaim humilha Nicolau. Tamir discute com Shamir. Beroso descobre o acidente na mina de cobre. Mesaque gosta de conversar com Raquel. Lia e Naomi avistam Daniel e Abednego em seus cavalos. Nicolau ajuda Elga a cuidar do comércio de Tamir e Shamir. Em conversa com Beroso, Lior finge ter falado com Marduk. Amitis nota a tristeza de Kassaia. Beroso diz que organizará um torneio de lutas na Casa da Lua. Amitis procura Sammu-Ramat e diz estar preocupada com Kassaia. Tamir e Shamir participam de um leilão de esposas. Nebuzaradã gosta da ideia do torneio de lutas. Shamir e Tamir compram as gêmeas Talita e Samira. Nabucodonosor elogia a bondade de Daniel. Na companhia de Abednego, o governador encontra Ezequiel. Nitócris humilha Kassaia. Zac vai até a Casa da Lua e pede bebida. Nebuzaradã trata Kassaia com frieza. Ravina fica indignado ao saber da atitude agressiva de Absalom. Larsa chama Asher para um compromisso. Na Casa da Lua, Rabe-Sáris apresenta Nebuzaradã a Zac. Shamir e Tamir apresentam suas novas esposas aos familiares. Sammu-Ramat encontra Kassaia e diz que o único jeito de a princesa engravidar é se deitando com outro homem. Zabaia anuncia o início do torneio de lutas. Zac se surpreende ao ver Asher chegando para lutar.

Capítulo 39
Zac diz a Rabe-Sáris que mentiu para Joana sobre a morte de Asher. Ilana pede ajuda a Ravina. Kassaia não aceita a proposta de Sammu-Ramat e pede um tempo para pensar. Talita e Samira se oferecem para ajudar Elga. Nitócris chantageia Sammu-Ramat e avisa que seus irmãos não podem ter um herdeiro. Evil-Merodaque discute com Shamiran. Larsa recolhe as apostas na Casa da Lua. Asher se assusta ao ver seu adversário. Zac aposta na vitória do amigo de infância. Daniel, Ezequiel e Abednego falam sobre o poder de Deus. Gadise tenta consolar Kassaia. Talita discute com Samira, e Zelfa estranha. Sammu-Ramat conversa com a serva Darice. Shamiran se entende com Evil. Amitis elogia o desempenho da costureira Dalila. Aspenaz avisa que Hurzabum está com medo do rei. Sadraque e Mesaque conversam sobre as contas do palácio. Joaquim se declara para Edissa. Abednego avisa que Daniel precisa encontrar uma mulher. Sadraque corteja Dalila. Raquel diz ter medo de engordar. Shamir e Tamir levam suas esposas para o quarto. Amitis pede para o rei deixar Hurzabum em paz. As gêmeas decidem dormir sozinhas. Asher começa a lutar com Touro, seu oponente. Joana consola Ebede-Meleque. Asher segue lutando com Touro. Lior pede para Deus ajudar Asher. Zac diz que o amigo sempre lutou bem. Joana se despede de Ebede-Meleque. Shag-Shag torce para Asher. Joana pensa em seu grande amor. Asher se recusa a matar o adversário. Nebuzaradã, então, avisa que o hebreu deverá morrer. Impulsivamente, Zac grita desesperado. Joana acorda chamando Asher.

Capítulo 40
Asher e Lior tentam despistar os feitores. Dana tenta evitar Absalom. Nabucodonosor pede para Arioque ficar de olho em Hurzabum. Nebuzaradã fica preocupado ao saber do encontro de Nitócris com a sacerdotisa. Hurzabum fala sobre Arioque com Shag-Shag. Amitis gosta de saber que o rei sentiu ciúme do músico. Evil-Merodaque elogia a beleza de Shamiran. Joana diz que não pode se casar com Zac. Nebuzaradã agradece a noite com Sammu. As gêmeas Talita e Samira são levadas ao Mercado de esposas. Inocente, Kassaia se desculpa com o marido. Ebede-Meleque se abre com Dana. Daniel visita Zadoque. O governador afirma que o ajudará. Kassaia cuida de Nebuzaradã. Raquel reclama do perfeccionismo de Dalila. Fassur diz que mulheres levam homens à perdição. Neusta pergunta a Sammu-Ramat sobre o futuro de Joaquim. Zelfa fala sobre Deus a Elga. Matias beija Gadise. Joaquim fala de Edissa com Evil. Nitócris diz que Shamiran é metida. Nabucodonosor se irrita com o jeito de Nabonido. Zelfa visita os familiares de Ravina. Joana se lembra de seu grande amor. Asher e Lior voltam para a Babilônia. Zac convida Joana para um passeio. Dana se assusta com o jeito agressivo de Absalom. Quando Zac vai se declarar para Joana, ela avista Asher e Lior chegando à cidade.

Capítulo 41
Zac diz que Joana deve ter se enganado ao ver Asher. Ilana questiona a atitude de Absalom. Matias se declara a Gadise. Dana diz não querer mais receber visitas de Absalom. Lior finge ter um recado do deus Marduk para Beroso. Zac tenta consolar Joana. Edissa fala de seu amor por Joaquim. Neusta repreende o filho. Em conversa com Asher, Lior diz que um homem tentou comprá-lo. Joana diz que não esquecerá seu grande amor. Chaim humilha Nicolau. Tamir discute com Shamir. Beroso descobre o acidente na mina de cobre. Mesaque gosta de conversar com Raquel. Lia e Naomi avistam Daniel e Abednego em seus cavalos. Nicolau ajuda Elga a cuidar do comércio de Tamir e Shamir. Em conversa com Beroso, Lior finge ter falado com Marduk. Amitis nota a tristeza de Kassaia. Beroso diz que organizará um torneio de lutas na Casa da Lua. Amitis procura Sammu-Ramat e diz estar preocupada com Kassaia. Tamir e Shamir participam de um leilão de esposas. Nebuzaradã gosta da ideia do torneio de lutas. Shamir e Tamir compram as gêmeas Talita e Samira. Nabucodonosor elogia a bondade de Daniel. Na companhia de Abednego, o governador encontra Ezequiel. Nitócris humilha Kassaia. Zac vai até a Casa da Lua e pede bebida. Nebuzaradã trata Kassaia com frieza. Ravina fica indignado ao saber da atitude agressiva de Absalom. Larsa chama Asher para um compromisso. Na Casa da Lua, Rabe-Sáris apresenta Nebuzaradã a Zac. Shamir e Tamir apresentam suas novas esposas aos familiares. Sammu-Ramat encontra Kassaia e diz que o único jeito de a princesa engravidar é se deitando com outro homem. Zabaia anuncia o início do torneio de lutas. Zac se surpreende ao ver Asher chegando para lutar.

Capítulo 42
Zac diz a Rabe-Sáris que mentiu para Joana sobre a morte de Asher. Ilana pede ajuda a Ravina. Kassaia não aceita a proposta de Sammu-Ramat e pede um tempo para pensar. Talita e Samira se oferecem para ajudar Elga. Nitócris chantageia Sammu-Ramat e avisa que seus irmãos não podem ter um herdeiro. Evil-Merodaque discute com Shamiran. Larsa recolhe as apostas na Casa da Lua. Asher se assusta ao ver seu adversário. Zac aposta na vitória do amigo de infância. Daniel, Ezequiel e Abednego falam sobre o poder de Deus. Gadise tenta consolar Kassaia. Talita discute com Samira, e Zelfa estranha. Sammu-Ramat conversa com a serva Darice. Shamiran se entende com Evil. Amitis elogia o desempenho da costureira Dalila. Aspenaz avisa que Hurzabum está com medo do rei. Sadraque e Mesaque conversam sobre as contas do palácio. Joaquim se declara para Edissa. Abednego avisa que Daniel precisa encontrar uma mulher. Sadraque corteja Dalila. Raquel diz ter medo de engordar. Shamir e Tamir levam suas esposas para o quarto. Amitis pede para o rei deixar Hurzabum em paz. As gêmeas decidem dormir sozinhas. Asher começa a lutar com Touro, seu oponente. Joana consola Ebede-Meleque. Asher segue lutando com Touro. Lior pede para Deus ajudar Asher. Zac diz que o amigo sempre lutou bem. Joana se despede de Ebede-Meleque. Shag-Shag torce para Asher. Joana pensa em seu grande amor. Asher se recusa a matar o adversário. Nebuzaradã, então, avisa que o hebreu deverá morrer. Impulsivamente, Zac grita desesperado. Joana acorda chamando Asher.

Capítulo 43
Zac disfarça o desespero. Touro desperta e ataca Asher. O hebreu se desvencilha e tenta matar Nebuzaradã. Zabaia e Larsa desarmam Asher. O chefe da guarda-real o ameaça. Larsa recolhe as apostas. Beroso diz que seu escravo ainda lhe dará muito dinheiro. Rabe-Sáris não entende a preocupação de Zac. Joana fala do poder de Deus. Lior fica aliviado ao ver Asher retornando ao alojamento de escravos. Tamir e Shamir adormecem na sala. Eles acordam cedo e voltam para o quarto. Larsa diz que Asher poderá se alimentar melhor que os outros prisioneiros. O escravo Joel olha com raiva para Asher. Ravina sai à procura de Absalom. Nabucodonosor é avisado sobre o torneio de lutas. Zac discute com Chaim. Talita e Samira mentem e elogiam o desempenho dos maridos. Ravina chega e pede para falar com Absalom. Em conversa com Sammu, Amitis diz que Kassaia deve aceitar a proposta. Evil tenta animar a irmã. Nitócris faz planos ambiciosos. Shamiran diz que pode ter despertado a inveja de algumas pessoas no palácio. Ravina discute com Chaim. Daniel e Abednego se despedem de Ezequiel. Neusta é dura com Edissa. Hurzabum reclama da violência das lutas.

Capítulo 44
Sammu-Ramat avisa que providenciará tudo para pôr em prática o plano. Asher oferece seu alimento para Joel. Larsa repreende o escravo e manda Asher comer o alimento. Ravina e Zadoque criticam Fassur. Elga diz se sentir uma babilônica. Beroso elogia o lucro do troneio de lutas. Ebede-Meleque flagra Gadise beijando Matias. Neusta reencontra o servo. Ravina fala sobre o encontro com Chaim. Zac conversa com Rabe-Sáris e Nebuzaradã sobre a noite anterior. Rebeca diz que Fassur deseja Joana. Raquel pergunta se Shamiran acha que ela está gorda. Sammu-Ramat avisa a rainha sobre a decisão de Kassaia. Amitis pede para a sacerdotisa trazer Hurzabum ao palácio. Namnu pede para Arioque leva-la até a Casa da Lua. Elga discute com as gêmeas. Nabucodonosor visita os sábios e diz que os hebreus são benvindos em seu palácio. Neusta diz que Ebede-Meleque está de volta e não permite que o servo diga uma palavra. Nitócris fala mal de Evil para Shamiran. Kassaia fala sobre sua decisão com Gadise. Rabe-Sáris reclama da presença de Matias no palácio. Ebede-Meleque e Joaquim conversam sobre amor. Shag-Shag leva Elga para conhecer a Casa da Lua.


Deixe sua opinião



Leia também