Susana e Petúlia formam uma dupla perfeita em Orgulho e Paixão




A atual novela das seis da Globo, agora perto de seu fim, faz por merecer a sucessão de elogios. A trama de Marcos Berstein, dirigida por Fred Mayrink e baseada em vários clássicos da escritora Jane Austen, não perde o bom ritmo em momento algum e está sempre apresentando bons desdobramentos ao longo das semanas. Os perfis carismáticos e o elenco bem escalado são outros pontos positivos já citados do enredo. Entre os ótimos atores que se destacam, é preciso mencionar uma dupla perfeita: Alessandra Negrini e Grace Gianoukas.

Susana e Petúlia são aquelas vilãs que provocam mais risos do que ódio no público. Interesseiras e debochadas, as duas estão constantemente armando mil planos que raramente dão certo. Para piorar, quando funcionam, não costumam durar muito, ainda que ambas não sejam descobertas. No começo, a patroa descontava na empregada todas as humilhações que era obrigada a ouvir de Julieta (Gabriela Duarte), representando uma espécie de "cadeia alimentar" de poder. Mas a serviçal nunca liga para as patadas e ainda se aproveita dos presentinhos que ganha assim que obedece alguma ordem.

É verdade que Susana parecia ter bem mais importância no enredo nas primeiras chamadas de Orgulho e Paixão. Teoricamente, seria a grande vilã do folhetim, representando a pedra no sapato do romance dos mocinhos Darcy (Thiago Lacerda) e Elisabeta (Nathalia Dill). E no início da trama isso realmente ocorreu. Porém, ao longo do desenvolvimento da novela, a personagem acabou se voltando mais para a rivalidade entre Julieta e Xavier (Ricardo Tozzi) - fazendo jogo duplo -, preocupando-se com a relação dos protagonistas ocasionalmente. Mas essa questão não prejudicou o enredo e nem o destaque da interesseira.

A dupla nunca foi desfeita e ainda ganhou o reforço de Joaquim Lopes, muito bem na pele do controverso Olegário, ex-marido de Susana. Os três acabaram formando um núcleo só deles, ainda que façam parte da trama de Julieta. E as trapalhadas da interesseira e Petúlia seguem como um delicioso atrativo da novela. Afinal, agora as duas se voltaram contra Lady Margareth (Natália do Vale), após todos os planos para a aniquilação do romance de Darcy e Elisabeta terem naufragado.

A entrada da inglesa, inclusive, só ajudou o enredo de Susana. Após o rompimento com Julieta, a aliança momentânea entre as malvadas movimentou bem a novela. E em uma nova boa virada nesta semana, a personagem descobriu através de Xavier que a tia de Darcy pretende matá-la. Outra aliança surge. Chegou a hora dos vilões se "comerem". Para escapar da morte, claro, contará com a ajuda da sempre fiel Petúlia.

Alessandra Negrini e Grace Gianoukas têm uma sintonia que é exposta com nitidez em todas as cenas, valorizando essas aparições, mesmo nas vezes em que pouco acrescentam ao roteiro. São aquelas interesseiras cativantes que até despertam uma pequena torcida para que nem sempre se deem tão mal na história. Vale lembrar que Alessandra virou uma expert em vilãs, ainda mais no horário das seis. É a sua terceira seguida na faixa - antes viveu a ordinária Catarina na ótima Lado a Lado (2012) e a obcecada Susana na fracassada Boogie Oogie (2014). A própria intérprete declarou que prefere viver as víboras e basta relembrar sua carreira para constatar que esse tipo realmente a persegue desde sempre.

á Grace pode ser considerada uma ''novata" em novelas, pois fez apenas pequenas participações e priorizou bem mais o teatro. Mas sua presença em Haja Coração, em 2016, provocou uma certa virada em sua carreira televisiva. Seu sucesso foi tanto na pele da perua Teodora Abdala que a morte da personagem foi cancelada pelo autor. Ela acabou voltando na reta final da trama, após ter ficado em uma ilha deserta. E, curiosamente, a atriz também fez uma deliciosa dupla, no caso com Tatá Werneck, intérprete de Fedora Abdala. Agora chegou a vez de brilhar ao lado de Alessandra.

Nunca é demais ressaltar as qualidades da agradável novela das seis e uma delas é justamente essa parceria tão boa de se ver entre Alessandra Negrini e Grace Gianoukas. Susana e Petúlia são duas invejosas repletas de carisma em Orgulho e Paixão. Duas cobras bastante divertidas. Tomara que escapem no final!


Deixe sua opinião


Leia também