Fábio Assunção vive homem da lei em Onde Nascem os Fortes, próxima supersérie da Globo


Um duelo de gigantes promete agitar Onde Nascem os Fortes, próxima supersérie da Globo - com chamadas no ar e estreia prevista para abril. Na fictícia Sertão, somente Ramiro Curió (Fábio Assunção) é capaz de fazer frente a Pedro Gouveia (Alexandre Nero). Maior autoridade do judiciário, ele é tão poderoso quanto o seu inimigo: se o empresário é o símbolo do poder econômico na cidade, o juiz é o homem da lei.



Ambicioso, Ramiro, no entanto, deseja mais do que o seu cargo pode lhe dar. Há anos vem planejando investir em mineração, criando um negócio concorrente ao de Pedro. Já decidiu, inclusive, que caberá ao filho, Ramirinho (Jesuíta Barbosa), comandá-lo. O juiz tem uma rixa antiga com o dono da maior fábrica de bentonita da região. No passado, ele perdeu a prima, Rosinete (Debora Bloch), para Pedro. Ela preferiu se casar com o então jovem e promissor empreendedor.

"Existe uma rivalidade entre os dois, uma competição velada para descobrir quem manda mais na cidade", avalia Fábio Assunção. A chegada de Cássia (Patrícia Pillar) a Sertão acirra essa disputa. A engenheira química retorna à cidade, mais de 20 anos depois, para ajudar nas buscas de seu filho, Nonato (Marco Pigossi), desaparecido justamente após briga com Pedro. "Ramiro se interessa de verdade por essa mulher. O fato de ela acreditar que seu rival está envolvido no suposto crime a coloca como uma aliada".

Samir, personagem do ator, funda comunidade no alto de formação rochosa para pregar a caridade, o amor ao próximo e o perdão

Certa vez Samir (Irandhir Santos) subiu o Lajedo dos Anjos e nunca mais quis descer. Do alto, perto do céu, ele tem certeza que a vida que deixou para trás vale bem menos que a que leva ali, recebendo pessoas em busca de refúgio e de um recomeço. E em Onde Nascem os Fortes, próxima supersérie da Globo, muitos precisarão de um recanto para refletir sobre amores, perdas, decepções...

O Lajedo dos Anjos foi também o recomeço de Samir. O homem, líder da comunidade fincada no alto da formação rochosa que se impõe em Sertão, sofreu uma grande decepção no passado, o que o levou a rever seu papel no mundo. Com um discurso de caridade, de amor ao próximo e de perdão, vive de maneira colaborativa e autossustentável com os colegas. Aldina (Camila Márdila) é seu braço-direito, que organiza as tarefas e a rotina do local.

"Samir defende que todo mundo tem direito ao perdão, prega que só por meio dele é possível dissipar o ódio. Mas ele também entende que se manter ligado ao divino exige uma capacidade de reconhecer as próprias fraquezas e não se deixar abater por elas", conta Irandhir Santos, de volta à TV após se destacar como o líder político Bento dos Anjos, de Velho Chico (2016).

De George Moura e Sergio Goldenberg, escrita com colaboração de Flavio Araújo, Mariana Mesquita e Claudia Jouvin, Onde Nascem os Fortes tem direção artística de José Luiz Villamarim, direção geral de Luisa Lima e direção de Walter Carvalho e Isabella Teixeira. Com previsão de estreia para abril, a supersérie conta ainda com Alexandre Nero, Alice Wegmann, Camila Márdila, Carla Salle, Debora Bloch, Enrique Diaz, Fábio Assunção, Gabriel Leone, Jesuíta Barbosa, José Dumont, Lara Tremouroux, Marcos de Andrade, Nanego Lira e Patrícia Pillar no elenco. Saiba mais sobre a produção através das matérias abaixo.

Irandhir Santos vive líder espiritual em Onde Nascem os Fortes, próxima supersérie da Globo

Patricia Pillar vive "mãe coragem" em Onde Nascem os Fortes, próxima supersérie da Globo

Onde Nascem os Fortes: Conheça Maria, personagem de Alice Wegmann

Onde Nascem os Fortes: Gabriel Leone vive jovem em busca de sua origem na próxima supersérie da Globo

Alexandre Nero vive "rei do sertão" em Onde Nascem os Fortes, próxima supersérie da Globo

Próxima supersérie da Globo, Onde Nascem os Fortes grava no interior da Paraíba; confira galeria


Deixe sua opinião


Leia também