Maria Helena Nascimento é promovida à faixa das 21h; confira fila de autores às 18h e 19h


Segundo o jornalista Flávio Ricco, do UOL, a autora Maria Helena Nascimento - da bem-sucedida Rock Story (2016) - foi promovida à faixa das 21h pelo diretor de teledramaturgia da Globo, Silvio de Abreu. A tal promoção visa atender a demanda do horário, desfalcado devido às ausências de Gilberto Braga e Manoel Carlos, que agora se dedicam a projetos "menos penosos", como minisséries e superséries. Também ao deslocamento de Gloria Perez para o núcleo de séries, antes chefiado por Guel Arraes, que preferiu voltar à criação. O setor foi absorvido pela área comandada por Silvio.



Com a migração para o horário "mais nobre" da casa, Maria Helena "desafoga" a faixa das 19h, que passará a contar com O Tempo Não Para, de Mário Teixeira, em julho. Izabel de Oliveira e Paula Amaral assumem a faixa em janeiro de 2019, com Verão 90 Graus. Há sinopses em andamento de Cláudia Souto, de Pega Pega (2017); Daniel Ortiz, de Haja Coração (2016); Paulo Halm e Rosane Svartman, responsáveis por Totalmente Demais (2015); e Suzana Pires, de Sol Nascente (2016).

Emanuel Jacobina, que também apresentou projeto para o horário das 19h, foi remanejado para 18h. 'Dias Felizes', folhetim de sua autoria ambientado nos anos 1950 - que contará com colaboração de Maria Elisa Berredo e direção de Thiago Teitelroit - surge como provável substituta de O Avesso da Vida, de Elizabeth Jhin (no ar a partir de setembro) e Filhos da Terra, de Duca Rachid e Thelma Guedes (prevista para o primeiro semestre de 2019). O Arroz de Palma, escrita por Bruno Luperi e Edmara Barbosa com base na obra homônima de Francisco Azevedo, também figura entre os possíveis "novos títulos" da faixa.

O Outro Lado do Paraíso, às 21h, cederá espaço para Segundo Sol, de João Emanuel Carneiro, em maio. Aguinaldo Silva assume o horário em novembro, com O Sétimo Guardião. Para 2019, está prevista a estreia de Manuela Dias, das aclamadas Ligações Perigosas (2016) e Justiça (2016), na faixa. 'Um Mundo Novo', trabalho da autora, deverá ser substituída pelo primeiro voo de Maria Helena Nascimento no posto responsável pela maior audiência da TV brasileira.

Já Alcides Nogueira, Alessandro Marson e Thereza Falcão, Licia Manzo, Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari e Walther Negrão também produzem novas novelas, ainda sem horários divulgados. Até o momento, não há informações sobre os próximos trabalhos de Gilberto Braga, que revelou ano passado, em entrevista ao VIVA, o projeto de uma trama para às 23h. O destino de Ricardo Linhares após a minissérie Se Eu Fechar Os Olhos Agora, ainda sem estreia agendada, também é desconhecido. Minissérie, aliás, é o gênero ao qual Júlio Fischer e Manoel Carlos estão se dedicando. Já Filipe Miguez e Miguel Falabella trabalham em séries.



Leia também