SBT registra o título 'Patinho Feio'; trama é candidata a adaptação


O SBT entrou, no dia 30 de janeiro, com pedidos de registro de quatro títulos junto ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial): Patinho Feio, A Madrasta, Maria Teresa e Simplesmente Maria. O primeiro, certamente, referente à novela argentina, já reeditada pela Televisa, que deve vir a ocupar, um dia, o horário que o canal destina à teledramaturgia infanto-juvenil. Reynaldo Boury, diretor do departamento, adiantou em entrevista ao site SBTpedia, repercutida no TV História, o interesse na produção desta trama.



'Patinho' acompanha a trajetória de uma menina, criada apenas pela mãe, que reencontra o pai ao se submeter a um tratamento de saúde no hospital dirigido por ele. O rapaz tenta retomar o relacionamento com a ex, para desespero de sua atual noiva - que vê no médico a solução para seus problemas financeiros. A filha da tal noiva rivaliza com a protagonista; alunas do mesmo colégio, as duas garotas se metem em batalhas de dança. O SBT já aventou a possibilidade de produzir a trama em mais de uma ocasião - a última, após Chiquititas, encerrada em 2015.

Já A Madrasta, Maria Teresa e Simplesmente Maria são incógnitas. 'Madrasta' é o título de uma trama mexicana, estrelada por Victoria Ruffo, exibida com relativo sucesso em 2005 e 2013. 'Simplesmente' também é título de um folhetim com Ruffo já veiculado por aqui, em 1991; o enredo - que ganhou versão brasileira na Tupi (1970) - foi regravado pela Televisa em 2015. O SBT, contudo, não tem por hábito registrar nomes de novelas importadas. Sobre 'Teresa', nada se sabe - apenas que Rosalinda, novela estrelada por Thalia em 1999, baseia-se em uma trama com tal título.

Consultado a respeito, o SBT informa que os títulos se referem a obras que a emissora "pretende utilizar no futuro", sem previsão de produção e estreia.


Deixe sua opinião


Leia também