Em entrevista, Reynaldo Boury fala sobre segundo horário de novelas no SBT: "grande desejo"


Uma versão brasileira de 'Patito Feo' e um segundo horário de novelas - adultas, para toda a família. Estes dois projetos estão no radar de Reynaldo Boury, diretor-geral de teledramaturgia do SBT, conforme adiantado pelo próprio em entrevista a José Eustáquio Júnior e Pedro Nascimento, do site SBTpedia - confira a íntegra clicando aqui.



Responsável pela próxima produção da casa, As Aventuras de Poliana (cuja estreia está prevista para maio), Boury falou sobre 'Patito Feo', novela argentina de 2007, reeditada no México em 2010 ('Atrévete a soñar'). A trama, cogitada para substituir Cúmplices de um Resgate (2015), antes da opção por Carinha de Anjo, segue nos planos do canal: "Sempre está nas nossas cogitações. Quem sabe um dia...".

O folhetim, que a Record TV ensaiou produzir enquanto mantinha parceria com a Televisa, aborda a trajetória de uma garota, criada apenas pela mãe, que, para tratar de um problema de saúde, se interna no hospital comandado pelo pai que desconhece. A menina - o tal "patinho feio" da história - também se vê envolvida numa "guerra" contra as alunas mais populares (e esnobes) de seu colégio.

Talvez seja o texto ideal para o segundo horário de novelas; segundo Boury, "o grande desejo" do departamento de teledramaturgia do SBT. "Uma novela de cunho adulto seria muito bem recebida. Mas uma novela adulta familiar", afirma o diretor, que acompanha o trabalho das concorrentes, mas não aprecia o que vê, em termos de trama. "A família está sendo esquecida neste contexto de novas novelas".

Reynaldo Boury ainda comentou a "obrigação" de continuar acertando na faixa de folhetins infanto-juvenis. "É preciso ter um bom material em mãos. Sempre tivemos", declarou. Ele também enalteceu a protagonista de As Aventuras de Poliana, Sophia Valverde, do elenco de Chiquititas (2013) e 'Cúmplices': "A Sophia é maravilhosa. Talento puro. Ela é a Poliana, sem dúvida".


Deixe sua opinião


Leia também