No embalo das primeiras chamadas de Orgulho e Paixão, 15 teasers inesquecíveis das novelas da Globo


As primeiras chamadas de Orgulho e Paixão, próxima novela das 18h, remetem à graciosidade dos teasers de O Cravo e a Rosa (2000). Confira!





Ambientada nos anos 1920, a trama de Mário Teixeira e Walcyr Carrasco usou a linguagem do cinema mudo para apresentar a história do casal Julião Petrucchio (Eduardo Moscovis) e Catarina Batista (Adriana Esteves)... Outras novelas trouxeram vinhetas tão inventivas quanto; relembre.

Com dizeres dignos de jornalísticos policiais dos mais apelativos - como "gosta de carne fresca" em referência à dona de um frigorífico -, o suspense A Próxima Vítima (1995), de Silvio de Abreu, apostou forte nos retratos-falados de seus principais personagens...



Laços de Família (2000) levou o público às lágrimas antes mesmo da estreia ao resgatar momentos emocionantes da vida pessoal dos membros do elenco. Caso de Flávio Silvino, cujo personagem na novela de Manoel Carlos repetia a história do ator, vítima de um acidente automobilístico no auge da juventude.



As novelas das 19h também costumam apostar em chamadinhas engraçadas. Como Um Anjo Caiu do Céu (2001). E também Uga-Uga, no ano anterior; e O Beijo do Vampiro (2002), Cobras & Lagartos (2006)...



O misticismo conduzia os teasers de Porto dos Milagres. Os personagens do enredo de Aguinaldo Silva e Ricardo Linhares, baseado na obra de Jorge Amado, se consultavam com ciganos, mães de santo, numerólogos e tarólogos...



Para introduzir a clonagem, principal tema de O Clone (2001), no cotidiano dos brasileiros, os responsáveis pela divulgação do folhetim de Gloria Perez partiram de uma falsa notícia de jornal - mesma premissa do teaser de Andando Nas Nuvens (1999) - comentada por religiosos e figuras como Dona Zica da Mangueira.



A equipe de Desejos de Mulher (2002) foi às ruas para ouvir os pedidos e vontades do mulherio. Com o slogan "tudo o que você deseja na próxima novela das 19h", a Globo buscava recuperar o público da faixa, que havia fugido de As Filhas da Mãe (2001)...



Em 2003, durante o intervalo do primeiro bloco do capítulo de estreia de Mulheres Apaixonadas, a Globo divulgou Agora é Que São Elas, próxima trama das 18h, com este teaser que destacava o elenco. Naquele momento, o título da produção ainda não estava decidido. Neuza Borges, presente na chamada, desfalcou o time, em decorrência da queda de um carro alegórico durante desfile da Unidos da Tijuca.



Seis meses depois, a produção de Chocolate com Pimenta relacionou os personagens da trama de Walcyr Carrasco aos mais diversos tipos desta delícia. Para a vilã Jezebel (Elizabeth Savala), o irresistível chocolate meio amargo...



Já em outubro, os nomes mais famosos do jornalismo "de entretenimento" respondiam à pergunta "qual o segredo para ser celebridade?". Era a chamada de estreia do novelão de Gilberto Braga, atualmente em reprise no Vale a Pena Ver de Novo, Celebridade.



Miguel Falabella surgiu como garoto-propaganda de supermercado, oferecendo muita intriga e muitos sorrisos, principais "produtos" de A Lua Me Disse (2005), texto que desenvolveu para a faixa das 19h em parceria com Maria Carmem Barbosa. A propaganda era uma referência ao Frango com Tudo Dentro, principal estabelecimento comercial da trama...



Gente de todo mundo enaltecia as belezas naturais do Brasil nas primeiras chamadas de Paraíso Tropical (2007). A novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares partia do jogo de poder em um grande hotel de Copacabana, bairro carioca conhecido também por conta do turismo sexual.



Flora (Patrícia Pillar) e Donatela (Cláudia Raia) buscavam convencer o telespectador a acreditar em uma e acusar a outra, no teaser de A Favorita (2008), novela que marcou a estreia de João Emanuel Carneiro às 20h. Donatela, aliás, era a inocente da narrativa - e Flora, uma das maiores bandidas da história da teledramaturgia brasileira!



O desejo de vingança levou Rita (Mel Maia / Débora Falabella) a assumir uma nova identidade - Nina - e se infiltrar no lar de Tufão (Murilo Benício) para vingar-se de Carminha (Adriana Esteves), a madrasta que a abandonou no lixão. E foi Rita, menina e adulta, quem contou sua história, no teaser de Avenida Brasil (2012).



Para divulgar o "novo tempo, novo século, nova vida, nova fase" de Além do Tempo (2015), a produção desta novela de Elizabeth Jhin trouxe seus principais atores e atrizes "despindo" o figurino de época. A trama contava a história de amor de Lívia (Alinne Moraes) e Felipe (Rafael Cardoso) em dois séculos diferentes.



Leia também