Lisandra Souto relembra participação em Sinhá Moça; primeiro capítulo está aberto no VIVA Play


O primeiro capítulo de Sinhá Moça, exibido pelo VIVA ontem (29), está disponível para não assinantes no VIVA Play até o próximo dia 4 de fevereiro - para acessar, basta clicar aqui. É a oportunidade do público rever o trabalho da então menina Lisandra Souto, intérprete da protagonista, posteriormente defendida por Lucélia Santos, na infância.



Lisandra surge logo nas primeiras cenas, ao lado do também pequeno Selton Mello, para testemunhar o castigo que leva o personagem de Milton Gonçalves (Pai José) à morte. A sequência, belíssima, resulta na revelação de um dos grandes segredos do folhetim: Rafael (Selton / Raymundo de Souza) é irmão de Sinhá Moça (Lisandra / Lucélia), por parte de pai, Coronel Ferreira (Rubens de Falco).

Hoje no ar em Apocalipse, da Record TV, Lisandra Souto relembra as gravações da trama, seu segundo trabalho na Globo - o primeiro, a minissérie Tenda dos Milagres (1985). "Fiz a Sinhá Moça com onze anos. Imagina para mim, fazer a Lucélia Santos criança, era um sonho! Foi meu primeiro trabalho como protagonista, mesmo que por poucos capítulos. Trabalhando com Selton Mello, que também estava no começo de sua carreira. Era um ambiente muito bom, todos nos ajudavam muito. As cenas eram muito fortes, de choro, e o Monjardim, que era o diretor, tinha todo um carinho e atenção conosco. Foi bem marcante ter feito a novela".

Escrita por Benedito Ruy Barbosa, com direção de Reynaldo Boury e Jayme Monjardim, Sinhá Moça foi inspirada no romance homônimo de Maria Dezonne Pacheco Fernandes. O primeiro capítulo conta ainda com o regresso de Sinhá Moça (já Lucélia Santos) à Araruna; para a cidade, também segue Rodolfo (Marcos Paulo), encantado com a protagonista, mas prometido à Ana do Véu (Patrícia Pillar).

É também a oportunidade de rever grandes talentos que já partiram para o "andar de cima", como Rubens de Falco, Sérgio Viotti (Frei José), Neuza Amaral (Inês), Grande Otelo (Justo), Jacyra Sampaio (Rute) e Valter Santos (feitor Bruno). Também figuras bissextas na telinha, como Elaine Cristina (Cândida, mãe de Sinhá Moça) e Chica Xavier (Virgínia, a Bá), hoje aposentada.


Deixe sua opinião


Leia também