Hoje em O Outro Lado do Paraíso: Suzy flagra Samuel, seu marido, na cama com Cido




Depois de ser flagrado por Adinéia (Ana Lúcia Torre), Samuel (Eriberto Leão) não esperava ser surpreendido novamente em tão pouco tempo. Ledo engano. No capítulo de hoje (11) de O Outro Lado do Paraíso, o psiquiatra, apesar de todo o cuidado para evitar que Suzy (Ellen Rocche) descobrisse seu relacionamento com Cido (Rafael Zulu), será surpreendido pela persistência de Clara (Bianca Bin) para desmascará-lo também para a esposa. A neta de Josafá (Lima Duarte) vai até o hospital, convence Suzy a tirar algumas horas de folga e a convida para um lanche. Tudo não passa de desculpa para levar a enfermeira até o "abatedouro" de Samuel.

O plano é certeiro. Suzy acompanha Clara até o prédio de Samuel e, quando ela abre a porta do apartamento, a enfermeira flagra o marido de calcinha junto com Cido, e arma um verdadeiro barraco. "Uiii! Tigrão? Tigresa? Minhas calcinhas.... Eu te mato! Eu te mato!", grita ela.



Suzy parte para cima do médico, enquanto Cido tenta conter a fúria da enfermeira. "Toma também. Bicha! Bicha! Bichas!", diz ela, enquanto acerta uns tapas também no motorista de Sophia (Marieta Severo). Desolada, Suzy arranca a peruca de Samuel e lamenta: "Meu marido é gay, meu marido é gay!". Enquanto isso, Clara assiste "de camarote" e encara Samuel, friamente, antes de ir embora do local.

Convencida pelo esposo, num primeiro momento, a declinar da intenção de desmascará-lo perante toda a sociedade de Palmas, Suzy cairá, mais uma vez, na rede de Clara. Induzida pela vingativa mocinha, a enfermeira "entrega" Samuel para todo o hospital, revelando que o diretor-chefe da instituição mantém um caso com outro homem.

O Outro Lado do Paraíso é uma obra escrita por Walcyr Carrasco, com direção artística de Mauro Mendonça Filho e direção geral de André Felipe Binder.


Deixe sua opinião


Leia também