22 de dezembro na história da TV: em 1980, último episódio de Malu Mulher



Confira os destaques do dia 22 de dezembro na história da televisão brasileira:

No dia 22 de dezembro de 1980, terminava a série Malu Mulher (Globo).

A condição da mulher brasileira no final da década de 1970 dava o tom desta série estrelada por Regina Duarte. Malu - socióloga por sugestão de Ruth Cardoso, primeira-dama de 1995 a 2002 - administrava o conflito de amigas e familiares, ao mesmo tempo em que se desdobrava nos cuidados com a filha, Elisa (Narjara Turetta), e lidava com novos relacionamentos, após o término do casamento com Pedro Henrique (Dennis Carvalho). Respondiam pelo texto nomes como Euclydes Marinho e Manoel Carlos. Daniel Filho assinava a direção-geral.



No dia 22 de dezembro de 1990, terminava o humorístico Cabaré do Barata (Manchete).

O programa, que estreou no auge da campanha de Collor e Lula à presidência, satirizava políticos, retratados em bonecos manipulados. Agildo Ribeiro encenava situações cômicas com os "muppets" - que reproduziam, por exemplo, Leonel Brizola, Paulo Maluf e Zélia Cardoso de Melo -, debatendo economia e outros assuntos de interesse dos brasileiros. Uma aposta divertida e inovadora, embalada por uma canção muito pertinente: 'Por debaixo dos panos', com Ney Matogrosso.



No dia 22 de dezembro de 1992, terminava a série Leandro & Leonardo (Globo).

A ideia era recontar a trajetória dos irmãos unindo dramaturgia e música, acrescentando um pouquinho de fantasia - conquistas amorosas, vilões bem malvados e sequências de ação. No início do projeto - que contou com colaboração de Rolando Boldrin e roteiro de Carlos Lombardi -, Leandro e Leonardo se encarregavam de suas falas, já que não lidavam bem com o ritmo da TV. A série chegou ao fim com um especial de Natal gravado na Disney, com participações de Adriana Esteves, Luiza Tomé e Ney Latorraca (em seis personagens diferentes) e dos cantores Wando, Sérgio Reis, Sandy & Jr, Sandra de Sá e Elba Ramalho.



No dia 22 de dezembro de 1997, estreava a minissérie O Desafio de Elias (Record TV).

Minissérie de cinco capítulos exibida em meio às comemorações do Natal. Com texto de Yves Dumont e direção de Luiz Antônio Piá, 'Desafio' trazia a luta do profeta Elias (Guilherme Linhares) para fazer valer a palavra de Deus, diante dos desmandos do rei Acab (Othon Bastos) e da devassa Jezebel (Sônia Lima), que convence o monarca a adular um falso profeta. No elenco, Adriana Lessa, Denise Del Vecchio, Laerte Morrone, Leonardo Villar e Mayara Magri.



No dia 22 de dezembro de 2001, terminava o programa de auditório Programa Livre (SBT).

Serginho Groisman esteve à frente do Programa Livre por oito anos. Saiu rumo à Globo, deixando a atração nas mãos de cinco apresentadores diferentes. Sem êxito, Silvio Santos alterou drasticamente formato e horário: entregou o comando, e as madrugadas da emissora, a Babi Xavier. Em setembro de 2001, foi transferido para as tardes de sábado; sem êxito, chegou ao fim meses depois. Boatos sobre uma possível retomada do título são constantemente ventilados.



No dia 22 de dezembro de 2007, terminava o game-show Curtindo com Reais (SBT).

Spin-off do bem-sucedido Curtindo Uma Viagem (2001) - que, como o título entrega, substituía o prêmio, uma viagem, por dinheiro. As provas eram praticamente as mesmas: da piscina de bolinhas aos encaixa de parafusos. Passou pelas noites de sexta-feira e pelas tardes de sábado. E foi extinto em meio à crise que se abateu sobre o SBT, na época ameaçado de perder a vice-liderança para a Record.



No dia 22 de dezembro de 2009, terminava o humorístico Toma Lá Dá Cá (Globo).

Sitcom de Maria Carmem Barbosa e Miguel Falabella, estrelada por ele (Mário Jorge), Marisa Orth (Rita), Diogo Vilela (Arnaldo) e Adriana Esteves (Celinha). Marcada pelo êxito, a série partia da troca de casais: ex de Mário Jorge, Rita se casa com Arnaldo, ex de Celinha. Os dois pares dividiam o mesmo andar de um dos prédios do Jambalaya Ocean Drive. Fizeram sucesso também a ninfomaníaca Copélia (Arlete Salles), mãe de Celinha; a menina do "olho-junto" Isadora (Fernanda Souza), filha de Mário Jorge e Rita; a síndica Dona Álvara (Stella Miranda) e a doméstica Bozena (Alessandra Maestrini), com suas histórias "lá de Pato Branco".



No dia 22 de dezembro de 2011, terminava a série Força-Tarefa (Globo).

A trama parte dos conflitos de sete policiais da Corregedoria da Polícia Militar do Rio de Janeiro, órgão que investiga desvios de conduta dentro da instituição. O protagonista, tenente Wilson (Murilo Benício), vivia dividido entre o trabalho e a união com Jaqueline (Fabíula Nascimento). O núcleo onde Wilson trabalha é chefiado por Caetano (Milton Gonçalves) e conta com cabo Irineu (Juliano Cazarré) e a sargento Selma (Hermila Guedes). Texto de Fernando Bonassi e Marçal Aquino; direção artística de José Alvarenga Jr.



No dia 22 de dezembro de 2014, terminava o programa Esse Artista Sou Eu (SBT).

Márcio Ballas estava à frente deste talent-show, que trazia nomes do mundo da música interpretando seus ídolos, em todos os aspectos: vestuário, caracterização e voz. Participaram os cantores Marcelo Augusto, Léo Maia e Christian Chávez, estrela da novela mexicana Rebelde (2005); e as cantoras Li Martins, Rosemary, Syang e Vanessa Jackson, a grande campeã. A Globo adquiriu o formato original - Your Face Sounds Familiar - em 2017, transformando-o em quadro do Faustão.


Deixe sua opinião



Leia também