"Não é possível uma empresa de comunicação receber 80% do dinheiro do mercado publicitário", diz Marcelo de Carvalho sobre a Globo


Na noite de ontem (11), Marcelo de Carvalho, vice-presidente da RedeTV!, falou sobre o atual modelo de propaganda praticado no Brasil e criticou duramente o chamado BV, a bonificação por volume. "Empresário aqui presentes, provoquem suas agências e seus departamentos de marketing para que mudem uma colocação nefasta que existe no mercado de comunicação, no mercado de mídia do Brasil, porque não é possível uma empresa de comunicação que hoje tem um pouco mais de 30% da audiência, receber 80% do total do dinheiro do mercado publicitário", disse, numa clara referência a Globo.



A fala se deu durante a cerimônia de abertura do '7º Prêmio Líderes do Brasil', que aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, sede oficial do governo estadual de São Paulo. "Fazendo isso nós teremos, e eu não falo em benefício da minha empresa, não, eu falo isso em benefício dos jornais, revistas, internet, rádios e dos veículos locais, uma mídia mais forte e mais independente. E quanto mais independente for a mídia, menos estaremos sujeitos ao facciosismo. Se nós tivermos uma mídia adulta, responsável e absolutamente isenta, estaremos construindo o Brasil que nós queremos para os nossos filhos e para as gerações que seguirão", completou.

Ainda durante o pronunciamento, o apresentador demonstrou otimismo para 2018, ressaltando sobre a importância de uma aliança empresarial para aprovação de medidas importantes. "É preciso uma união absolutamente suprapartidária. Não é o momento de divisões, não é o momento de fisiologismos, é o momento para pensarmos no Brasil", completou.

Organizado pelo LIDE (Grupo de Líderes Empresariais), o evento reuniu empresários e agentes da política brasileira como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o prefeito de São Paulo João Doria, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin, o ministro da Fazenda Henrique Meirelles e o ministro da Justiça Torquato Jardim. De acordo com os organizadores, a premiação das 51 categorias tem como objetivo "homenagear o talento, a competência e o comprometimento dos executivos atuantes no país".

Em tempo

2018 promete ser um ano de muitas novidades na RedeTV!, também gerida por Amilcare Dallevo Jr. Após a inauguração da nova sede em Brasília, a emissora estuda planos de expansão em outras praças. O jornalismo ganhou o reforço de Rosana Jatobá, ex-Globo; o canal também pretende apostar alto em teledramaturgia - novelas, contudo, só em 2019.

Confira a íntegra do discurso de Marcelo de Carvalho:


Deixe sua opinião


Leia também