ESPN homenageia os melhores do Brasileirão na 48ª edição do Bola de Prata



A ESPN Brasil promoveu nesta segunda-feira (04), em São Paulo, a 48ª edição do prêmio Bola de Prata. A cerimônia aconteceu no início da tarde, na zona sul da capital paulista, e reuniu várias personalidades. Mauricio de Sousa, Supla, Casagrande, Júnior e muitos outros convidados estavam presentes na premiação dos canais ESPN.



O narrador Romulo Mendonça e a apresentadora Juliana Veiga comandaram a festa, que contou com a presença de craques do passado entregando prêmios para os homenageados do dia. A celebração ainda prestou homenagem à celebre seleção brasileira de 1982.

A premiação começou homenageando os artilheiros e o autor do gol mais bonito do Brasileirão. Henrique Dourado, do Fluminense, e Jô, do Corinthians, dividiram a artilharia do certame com 18 gols. Em seguida, Otero, jogador do Atlético Mineiro, levou o prêmio de gol mais bonito do campeonato. A "pintura" foi marcada pelo meia venezuelano, do meio de campo, contra o Coritiba, na 36ª rodada.

O campeão brasileiro Corinthians também levou a melhor na premiação. O time paulista levou sete troféus, sendo seis Bolas de Prata e uma Bola de Ouro, conquistada por Jô. O Grêmio, campeão da Libertadores, levou três Bolas de Prata.

A seleção da competição foi formada por Vanderlei (Santos); Fagner (Corinthians), Pedro Geromel (Grêmio), Balbuena (Corinthians) e Thiago Carleto (Coritiba); Michel (Grêmio), Hernanes (São Paulo) e Thiago Neves (Cruzeiro); Dudu (Palmeiras), Luan (Grêmio) e Jô (Corinthians). Fábio Carille foi eleito o melhor treinador e Sole Jaimes, atacante do Santos, ganhou como melhor jogadora.

O prêmio Bola de Prata foi criado pelo jornalista Michael Laurence, da Revista Placar, em 1970, e já premiou grandes craques do futebol brasileiro, como Zico, Ademir da Guia, Neymar e tantos outros. No ano passado, a ESPN adquiriu os direitos da premiação junto a Editora Caras, dona da Revista Placar, e passou a organizar a homenagem. Zico é o maior recordista da premiação com 9 bolas de prata.

Leia também: O Chacrinha da Economia, Joelmir Beting, faz muita falta nos dias de hoje

Leia também: Neutralizado pelo "estilo Record", Gugu Liberato deve buscar renovação para seguir na TV




commentDeixe sua opinião
menu