Reações da semana: Globo acerta classificação de Celebridade; RedeTV! contrata Rosana Jatobá; Carlinhos Aguiar x Mara Maravilha




A Globo acertou em cheio ao classificar a reprise de Celebridade como "não recomendada para menores de 12 anos". Espera-se que, com essa medida, o folhetim de Gilberto Braga não seja alvo dos cortes grotescos que minaram o potencial de Nazaré Tedesco (Renata Sorrah), a vilã de Senhora do Destino, atual cartaz do Vale a Pena Ver de Novo. A "raposa felpuda", destaque da reapresentação, foi a mais prejudicada pela tesoura que poupou tramas mais leves e desinteressantes - como os cansativos ensaios da escola de samba de Giovanni Improtta (José Wilker). É evidente que os cortes serão inevitáveis, mas a classificação 12 anos já faz nascer aquela esperança de que Laura (Cláudia Abreu), a Cachorra, não padeça tanto quanto sua colega de vilanias...



A RedeTV! celebrou seus 18 anos na última quarta-feira (15) prometendo inaugurar o maior estúdio virtual da América Latina e dar início à produção de minisséries em 2018. No maior clima de "o futuro já começou" - aqui, me apropriando dos versos da canção de todo fim de ano na Globo - o canal anunciou ontem (16) a contratação da excelente Rosana Jatobá. A jornalista se integra à equipe de esportes da emissora; também deverá participar do núcleo de reportagens especiais e já é nome certo no rodízio de apresentadores do RedeTV News - que conta com Augusto Xavier, Cláudia Barthel, Luciana Camargo e Téo Taveira, entre outros.

Rosana estreou na TV como repórter da Band. Em 2000, seguiu para a Globo, onde apresentava a previsão climática dos telejornais de São Paulo. Isso até assumir o Globo Rural diário, hoje extinto, e a bancada do Jornal Hoje aos sábados. Posteriormente, foi efetivada como apresentadora do mapa-tempo do Jornal Nacional. Deixou o posto e a emissora em 2012, em meio à transição no comando do 'JN', de Fátima Bernardes para Patrícia Poeta. Acumula ainda breves passagens pelo GNT e pelo NatGeo. Suas atividades mais recentes foram na Rádio Globo e em seu portal na internet, dedicado a temas relacionados à sustentabilidade.

A contratação de Rosana Jatobá é mais um acerto da gestão de Franz Vacek, à frente da superintendência de jornalismo e esportes. Com Franz no comando, a RedeTV! já arregimentou para seu time nomes como Mauro Tagliaferri, Mariana Godoy, Boris Casoy e Ana Paula Couto - que, lamentavelmente, não ficou por lá. O jornalismo é, de longe, o que a emissora tem de melhor hoje em dia. Que a evolução deste setor continue; que a combalida grade do canal "abrace" o jornalismo de vez. E que venham novos nomes. Fica a dica: Luciana Liviero, Lilian Witte Fibe, Leda Nagle, Joyce Ribeiro, Hermano Henning, Bruno Laurence, Anna Paola Fragni...



Dois dos apresentadores mais espontâneos da nossa TV, Ratinho e Luciana Gimenez surpreenderam e divertiram com seus ataques de sinceridade, no ar, respectivamente, na terça-feira (14) e na quarta-feira (15). Ao término de seu programa no SBT, Ratinho chamou o cartaz do Cine Espetacular, Riquinho (1994), e comentou: "já passou umas oitenta vezes, mas é bom de ver". Dados do site SBTpedia comprovam que o filme, estrelado por Macaulay Culkin, já foi exibido 19 vezes no canal desde 2003.

Luciana, por sua vez, riu do "ineditismo" da pauta do Superpop no dia em que a RedeTV! completava 18 anos: um "painel de bumbum", com glúteos siliconados ou não, analisados pelos convidados Geisy Arruda, Jorge Sousa e Laura Keller. Espirituosa, Gimenez tem se mostrado a grande estrela da emissora em que trabalha. Merece alçar voos mais altos, tal e qual Ratinho fez tempos atrás - após um período amargando baixa audiência e até a extinção de seu programa -, tornando-se então um dos produtos mais bem-sucedidos do SBT.



Triste toda a "novela" em torno da demissão de Carlinhos Aguiar, participante do Jogo dos Pontinhos e das Pegadinhas do programa de Silvio Santos. Demitido na última segunda-feira (13), Carlinhos foi à caça do "patrão" na porta do salão do cabeleireiro Jassa, na tentativa de reverter sua saída do SBT - em contenção de despesas. O ator atribuiu a investida ao delicado estado de saúde de sua mulher; Aguiar deseja manter, ao menos, o plano médico que a ampara. Sem êxito na empreitada - em vídeo que circula nas redes sociais, Silvio parece ter sido indelicado com o ex-funcionário -, Carlinhos Aguiar deve ir ao Domingo Show, da Record, "desabafar" a respeito do ocorrido.

A situação se torna ainda mais dantesca devido à presença de Mara Maravilha no entorno. A apresentadora do Fofocalizando - que já fez a audiência fervilhar de inconformismo com suas declarações acerca de homossexuais e pessoas acima do peso - teria "feito a cabeça" do "homem do Baú" contra Carlinhos, almejando seu posto no Jogo dos Pontinhos. Eis que hoje (17) começa a circular na internet informações acerca do próximo Jogo das Três Pistas (no ar neste domingo, 19), outro quadro do dominical, que contará com a presença de Léo Dias. Colega de Mara no Fofocalizando, o jornalista foi alertado, por Silvio Santos e em frente às câmeras, das tentativas da apresentadora de "derrubá-lo". Léo afirmou já ter conhecimento da investida.

Impossível compreender os intentos de Silvio Santos em expor seus contratados a esta situação. Qual o real interesse dele em alimentar os boatos acerca das supostas "puxadas de tapete" de Mara Maravilha? Sua ideia é desestabilizar os funcionários, causando transtornos nos bastidores de suas já tão tumultuadas produções? Ou estaria Silvio buscando uma nova manchete nos portais de notícias, como fez com o vexatório encontro de Dudu Camargo e Maísa Silva no palco de seu programa? Pelo que se vê no comportamento do dono e dos contratados, o SBT passa ao largo de ser "a TV mais feliz do Brasil". É o próprio Silvio Santos quem tem se encarregado de retirar esse verniz.


Deixe sua opinião


Leia também