Mauricio Meirelles reúne melhores momentos de Perdendo Amigos em DVD gravado no Acre



Mais recente baixa do Pânico na Band - que, segundo o jornalista Flávio Ricco, tem seu fim agendado para dezembro -, Mauricio Meirelles está colhendo os frutos dos mais de dois anos à frente do solo de stand up Perdendo Amigos + Webbullying (premiado em 2016 e 2017 pelo Risadaria como melhor espetáculo do gênero).



O humorista lançou ontem (23) o DVD Perdendo Amigos, Live At Acre, gravados nos shows de 17 e 18 de setembro do ano passado, no Teatro Plácido de Castro, em Rio Branco, no Acre.

"O show foi gravado no Acre pois chega uma hora em que você tem que gravar no Acre. Todos os Estados já foram palcos de especiais, já vimos especiais do Skank em Minas Gerais, já vimos especiais de bandas no Rio, bandas internacionais em São Paulo, já vi show em Belém. E o Acre é um lugar muito legal que merecia ter um DVD, um especial. Não sei se eu sou o melhor cara para isso, mas eu pensei: 'Alguém tem que puxar esse bonde'. Então o Acre foi escolhido por representar um Estado muito legal para todo mundo no Brasil. Ele merecia um evento", revela Meirelles.

O espetáculo aborda temas polêmicos como religião, maus tratos aos animais, casamento gay, corrupção, cotidiano, além do Webbullying - quadro de sucesso fenômeno de audiência no canal oficial do humorista no YouTube (mais de 2,2 milhões de inscritos) - também apresentado no 'Pânico' -, onde ele chama um espectador da plateia e toma conta do seu perfil no Facebook, passando a interagir com outras pessoas na rede social como se fosse o titular da conta.

O DVD Perdendo Amigos, Live At Acre custa R$ 6,90. As vendas serão realizadas somente no site Sofa.Rocks, plataforma criada pela agência Dromedário.

Publicitário, Mauricio Meirelles tornou-se conhecido através de seu blog, que despertou o interesse do portal IG, onde assinou textos de humor, semanalmente. O êxito das publicações determinou seu ingresso no cenário stand up. Participou do Comédia em Pé, do Comédia ao Vivo, e do A Divina Comédia, que contava com Danilo Gentili. No teatro, também participou de projetos com Marco Luque.

Foi redator do Legendários, da Record; também repórter do CQC, entre 2011 e 2015. Depois, passou pelo Pânico na Band e pelo X-Factor Brasil. Ano passado, esteve com Tatá Werneck em O Estranho Mundo de Renatinho.

Leia também: "Não entendia porque não nos chamavam", brinca Wandi Doratiotto sobre Brastemp

Leia também: Com Marcão do Povo, Primeiro Impacto fica apenas dois pontos atrás da Globo




commentDeixe sua opinião
menu