#OiOiOi: nos 5 anos do último capítulo de Avenida Brasil, 10 encerramentos inesquecíveis da novela



Curioso constatar: cinco anos atrás, no mesmo horário das 21h onde hoje A Força do Querer agitar o público com o tema que antecede os impactantes "congelamentos" no final de cada capítulo, o telespectador se ligava numa outra musiquinha de forte lembrança, que acompanhava o lendário efeito final de Avenida Brasil! A novela de João Emanuel Carneiro causou na galera do sofá e na das redes sociais a mesma comoção que o folhetim de Gloria Perez - que chega ao fim amanhã (20) - causa agora. Para celebrar os cinco anos do último capítulo de 'Avenida', o TV História preparou um resumão da trama, acompanhado por dez dos encerramentos mais incríveis da novela.



Em 1999, o jogador de futebol Jorge Tufão (Murilo Benício) está no auge da carreira - revelado pelo Divino Futebol Clube, então defendendo a camisa do Flamengo -, e já noivo de Monalisa (Heloísa Perissé). Numa noite chuvosa, ele atropela Genésio (Tony Ramos); gancho do primeiro (e eletrizante) capítulo.



Genésio, antes de morrer, balbuciou um nome que martelou a cabeça de Tufão por dias: Carmem Lúcia. Tratava-se da viúva, Carminha (Adriana Esteves), a quem o jogador, erroneamente, entendeu que deveria ajudar...

Diante do prestativo Tufão, Carminha posou de esposa abnegada. Acabou ludibriando o jogador, afastando-o de Monalisa e convencendo o rapaz a casar-se com ela, tão jovem, já viúva e grávida. A criança, na verdade, era filha de Max (Marcello Novaes), amante da bandida que, por ordem dela, abandonou a pequena Rita (Mel Maia), filha de Genésio, num lixão. Max acaba se casando com Ivana (Letícia Isnard), a irmã de Tufão, numa manobra de Carminha para manter o aliado por perto. Eis que, anos depois, Rita (agora atendendo por Nina) volta da Argentina - onde vivia com a família adotiva - para vingar-se daqueles que a prejudicaram. E se emprega justamente na casa onde Carminha reina absoluta no papel de matriarca zelosa e solidária.



Nina logo cai nas graças de todos os moradores da mansão de Tufão - do pai do jogador Leleco (Marcos Caruso) até a filha, que todos acreditam ser do marido morto de Carminha, Ágata (Ana Karolina Lannes). Ela também mexe com Jorginho (Cauã Reymond), garoto adotado pelo astro do Flamengo, orientado pela esposa. O rapaz, que também almeja fazer carreira nos gramados, é noivo da ricaça gente-boa Débora (Nathalia Dill). Tudo correndo muito bem até que Nina vê seus planos de vingança ameaçados por Nilo (José de Abreu), figura asquerosa que habitava o lixão, para quem a verdadeira identidade da cozinheira não é segredo...



E quando Nilo revela à Carminha que a filha de Genésio está no Brasil, Nina é obrigada a recorrer ao auxílio de Betânia (Bianca Comparato), sua companheira no lixão de Mãe Lucinda (Vera Holtz), que abriga todas as crianças abandonadas ali. Para silenciar o chantagista, a cozinheira rouba o dinheiro que sua madrasta má e o amante Max extorquiram de Tufão por meio de um falso sequestro... Enquanto isso, o "castelo de areia" de Carminha começa a desmoronar, quando Jorginho descobre que Rita / Nina - que ele conheceu no lixão - foi alvo da sana gananciosa de sua "mãe adotiva". Acuada pelo filho e pelo marido, a loira falsiane joga a culpa do crime de abandono de incapaz em Genésio e dá um jeito de despachar a "falsa Rita" Betânia...



Com o auxílio de Débora, Jorginho sai em busca de pistas sobre seu passado: descobre ser filho biológico de Carminha, que, acuada por um pedido de divórcio de Tufão, diz ter engravidado de um motorista de ônibus que a violentou e, outra vez, acusa Genésio de ter abandonado outra criança no lixão. Neste momento, Nina se afasta do amado, já que o romance tem prejudicado sua vingança. Ela finge interesse em Max, chegando a induzir Jorginho a acreditar que os dois estão realmente juntos. Acontece que Max descobre a farsa de Rita ao vê-la com Betânia... E, quase que no mesmo dia, Nina consegue flagrar Carminha e o amante "em ação".



Só que Carminha, com a ajuda de seu amante mais novinho, Lúcio (Emiliano D'ávila) - filho da colega de cozinha de Nina, Janaína (Cláudia Missura) - descobre toda a farsa envolvendo Betânia e as condições nababescas de vida que a verdadeira Rita tem proporcionado a Nilo em troca de seu silêncio. A grande virada do capítulo 100 desemboca no confronto físico e mental: "Eu vou te mandar pro inferno, traste!", promete Carminha, que enterra Rita / Nina viva!



Num esforço descomunal, a cozinheira escapa da cova, ainda mais certa de que precisa defenestrar a madrasta maquiavélica. Sua primeira investida é invadir a mansão e espalhar, por todos os cantos, as fotos de Carminha e Max "de saliência". Isto é o que chamamos de plot twist!



Pressionada, a loira cede à chantagem da enteada - quem não se lembra do "me serve, vadia!". O jogo de Nina consiste em fazer com que toda a família de Tufão acredita que as "faculdades mentais" de Carminha não estão em perfeitas condições. O revide da mocinha inclui também minar a relação da vilã com Max; Nina chega a armar um flagrante no barco que o bandidão comprou com o dinheiro de Tufão. Carminha reagiu como? Bebendo para esquecer os problemas - o célebre gancho do "toca pro inferno, motorista!".



O problema é que Nina não sabia o que era pen-drive - o maior deslize da trama, sem sombra de dúvida. E todas as cópias das fotos da traição acabam indo parar nas mãos de Carminha. Neste momento, o namoro com Jorginho, com quem "chegou a casar" numa cerimônia simbólica atrapalhada por sua oponente, está estremecido por conta do interesse amoroso que Tufão demonstra pela jovem. Novamente contando com as práticas criminosas de Lúcio, a vilã arma a prisão de Nina. E induz toda a família a acreditar que a empregada tem um caso com Max... Tadinha da Ivana!



O próximo passo de Carminha coloca em risco a vida de Max. Mas qual não foi sua surpresa quando, assim como a enteada fez anteriormente, o amante de toda a vida reaparece vivíssimo na sala da mansão?



Nos últimos capítulos de Avenida Brasil, os esclarecimentos: Max é filho de Nilo e Mãe Lucinda. A queridona do lixão foi obrigada a se afastar do pequeno quando foi presa, acusada de matar a mãe de Carminha - que havia assassinado sua filha. Só que Lucinda estava de inocente em toda a história: foi apenas o bode expiatório de Santiago (Juca de Oliveira), o pai de Carmem Lúcia, que esperou Lucinda sair de sua casa para liquidar a esposa na frente da filha ainda pequena. Depois, o velho largou Carminha no lixão. Na última semana, Max é assassinado por sua cúmplice. A vilã se redime, salva a vida de Nina e livra Lucinda de pagar, outra vez, por um crime que não cometeu. Novelão, sim ou com certeza?

Por fim, espaço para uma menção honrosa: Zezé (Cacau Protásio) o gancho mais divertido de Avenida Brasil!

Leia também: Silvio de Abreu nega mudanças na fila das 21h: "estamos à espera da nova sinopse de Aguinaldo Silva

Leia também: Reprise de Celebridade indica "novo tempo" em Vale a Pena Ver de Novo




commentDeixe sua opinião
menu