Silvio de Abreu nega mudanças na fila das 21h: "estamos à espera da nova sinopse de Aguinaldo Silva



Não há, no momento, planos de alterar a fila de autores do horário das 21h, a faixa de maior audiência e prestígio da emissora. Após o cancelamento de O Sétimo Guardião, Aguinaldo Silva deu início ao desenvolvimento de A História dos Lobos, trama que deve estrear em novembro de 2018, substituindo De Volta Para Casa, de João Emanuel Carneiro - que ocupa a vaga de O Outro Lado do Paraíso, estreia da próxima segunda-feira (23), em maio próximo.



Desde a "troca de novelas" de Aguinaldo, surgiram boatos acerca de uma nova ordem no horário. Veículos da imprensa especializada em TV cogitaram o adiantamento do folhetim de estreia de Manuela Dias (que deve substituir 'História dos Lobos) e o regresso de Gilberto Braga e Manoel Carlos, hoje dedicados a superséries e minisséries - Giba, em entrevista ao Donos da História (VIVA), afirmou estar preparando uma sinopse para a faixa das 23h e não mais querer escrever para às 21h. "Tudo invenção", segundo Silvio de Abreu.

O TV História consultou o diretor do departamento de teledramaturgia diária da Globo nesta quarta-feira. Silvio foi categórico: "estamos à espera da nova sinopse de Aguinaldo Silva".

Vale lembrar que a fila já passou por alterações, em razão dos imbróglios acerca da autoria de O Sétimo Guardião - um dos alunos de uma MasterClass ministrada por Silva, onde a sinopse foi trabalhada, pleiteia os créditos de autor. Prevista para maio, 'Sétimo' foi protelada para novembro, precipitando a volta de João Emanuel Carneiro ao horário. Por fim, a novela acabou cancelada e Aguinaldo já trabalha num novo enredo, que deverá ser apresentado à emissora em dezembro.

Leia também: A Força do Querer e Pega Pega: ibope alto, repercussões diferentes

Leia também: Próxima novela das 19h, Deus Salve o Rei terá guerra de reinos e príncipe apaixonado por plebeia




commentDeixe sua opinião
menu