Globo Repórter visita o santuário de Nossa Senhora Aparecida; 'Rural' também homenageia santa



A Globo também vai celebrar os 300 anos de devoção a Nossa Senhora Aparecida - em destaque na programação da TV Aparecida neste mês de outubro. Hoje (6), o Globo Repórter ouve romeiros, pessoas que atribuem milagres à santa e médicos para debater o poder da crença na Padroeira do Brasil. No domingo (8), o Globo Rural acompanha o compositor de 'Romaria', Renato Teixeira, em visita ao Santuário Nacional e resgata curiosidades da música que se tornou um hino de louvor à Nossa Senhora.



O Globo Repórter também visita o Santuário Nacional, o maior dedicado a Maria em todo mundo, que recebe cerca de 12 de milhões de pessoas todos os anos. Uma imensa estrutura dá suporte aos peregrinos: vagas no estacionamento para dois mil ônibus - o equivalente a toda a frota de transporte público de Porto Alegre -, três mil carros e 600 para motos. Dois mil funcionários respondem pela manutenção do local, que inclui marcenaria, padaria, refeitório, almoxarifado e central de atendimento.

No entanto, é no painel de 37 metros de altura, onde fica a imagem da santa, que os romeiros se concentram. Em determinadas épocas do ano, a fila de espera para a visitação pode chegar a três horas. Essas e outras áreas da igreja são higienizadas por uma equipe que se utiliza de táticas de rapel. O repórter Rogerio Correa acompanha o dia de trabalho dos funcionários e mostra curiosidades como a coroa de ouro com brilhantes, presente da Princesa Isabel à santa, em agradecimento por uma gravidez.

O jornalístico também ouve fiéis que atribuem sua cura ao poder da santa, como a menina Bianca Teshima, do Mato Grosso do Sul, que aos 15 anos já enfrentou o câncer duas vezes. E também D. Julia, de Foz do Iguaçu, atingida por um raio ainda menina, desenganada pelos médicos e salva graças a intercessão de sua mãe junto a Nossa Senhora. Hoje, D. Julia organiza excursões de ônibus para Aparecida, tendo visitado a basílica por 634 vezes nos últimos 50 anos, o que lhe conferiu o apelido de "Rainha das Romarias".

O 'GR' ouve ainda o psiquiatra Frederico Leão, coordenador de um programa de Saúde, Espiritualidade e Religiosidade na USP, que diz acreditar que o sentimento é capaz de curar: "Tenho visto muitas evidências disso. É uma força que tem o poder de influenciar no equilíbrio entre doença e saúde. O conceito de saúde não é mais só a ausência de doença, é o bem estar físico e psíquico social, e isso inclui a espiritualidade".

***

O Globo Rural, por sua vez, homenageia Nossa Senhora Aparecida revisitando a canção 'Romaria', gravada por Elis Regina em 1977 - no ano seguinte, Renato Teixeira, o compositor, emplacou sua versão da música na trilha de Maria, Maria, novela das 18h. Com letra que resgata a devoção e a poesia do homem do campo, 'Romaria' figura no 23º lugar das músicas mais regravadas do Brasil, segundo o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição de Direitos Autorais); dentre as novas versões, destaque para a de Maria Rita, filha de Elis.

A cantora, em rara entrevista sobre o tema, explica sua relação com a religião e fala de seu vínculo com a canção. Já Renato conta ao programa a sua empreitada para emplacar a música. Foram três anos tentando convencer um grande nome a gravá-la. 40 anos depois de seu lançamento, 'Romaria' continua conquistando o público! O Globo Rural também acompanha Teixeira em visita às cidades paulistas Pirapora do Bom Jesus e Aparecida, ambas citadas em sua letra.

Leia também: Globo apresenta O Outro Lado do Paraíso para a imprensa; confira clipe de lançamento

Leia também: Rômulo Estrela assume protagonista de Deus Salve o Rei; Renato Góes é remanejado para trama das 18h




commentDeixe sua opinião
menu