MasterChef Profissionais: nova temporada começa com desafios mais difíceis e três eliminações em uma noite





Dezesseis novos participantes deram início à segunda temporada do MasterChef Profissionais - a sétima edição do reality show da Band em apenas três anos. Com a promessa de novos desafios e rigor mais alto nos julgamentos, o programa estreou duas semanas após o fim da temporada da edição amadora e demonstrando que mesmo sem dar folego ao público e ao produto, o programa ainda tem novidades a oferecer.

Dentre estas novidades está a realização de tarefas de pressão de menor duração, desafios de serviço com menus assinados pelos três chefs julgadores e a maior prova feita na edição brasileira da atração: servir 250 convidados de um casamento. Tudo para elevar a dificuldade das atividades e fazer com que os candidatos justifiquem ao longo do programa o título de profissionais.

O capítulo de estreia desta temporada foi exibido nesta terça-feira (05) e começou com três eliminados. O primeiro foi o chef carioca Pedro Pecego, que fez bolinhos de arroz e feijão durante a prova inicial, onde oito participantes deveriam reinventar um prato bem brasileiro, a feijoada. Na avaliação dos jurados, o prato de Pedro estava sem sabor, o que acabou tirando o candidato do programa.

Na mesma tarefa, outros dois chefs, o curitibano Ravi Leite e a paulista Bárbara Cardin, que também não foram bem na missão de reinventar a feijoada tiveram que esperar pela prova de eliminação no vestiário - uma espécie de sala de despedida da edição.

O segundo eliminado foi definido em uma prova que envolvia carne suína. Cada um dos outros oito chefs competidores recebeu metade de um pequeno leitão para criar um prato com dois cortes diferentes do porco. O chef mineiro Edney Moreira se atrapalhou na montagem do prato no minuto final e se esqueceu de colocar um dos cortes que preparou, item obrigatório da prova. O erro amador do chef mineiro colocou um ponto final na participação dele no programa.

Assim como na atividade anterior, os dois chefs de pior desempenho na tarefa também teriam que garantir a permanência no último desafio da noite: a paraibana Lubyanka Baltar e o paulistano Guilherme Cardadeiro.



Na prova de eliminação, os quatro competidores que estavam no vestiário voltaram para realizar um serviço completo - adiantar o preparo dos ingredientes, entrada, prato principal e sobremesa para 30 pessoas - comandado pelo chef Eric Jacquin.

Em vários momentos da prova os quatro jovens participantes se atrapalharam e cometeram erros que tiraram o chef Jacquin do sério. O maior problema no serviço foi com o filet mignon do prato principal. Dois pratos foram devolvidos por ter a carne crua demais e outro por falta de tempero na peça.

Com um desempenho ruim no preparo da carne, a paulista Bárbara Cardim foi a terceira eliminada da noite e deixou o programa. Apesar das eliminações precoces, os três competidores ainda terão uma chance de voltar ao programa na repescagem da edição.

Quem voltar ao terá a oportunidade de fazer tudo diferente, inclusive, podendo chegar a final. Os dois finalistas desta edição serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para compras em um supermercado. O vencedor vai ganhar R$ 200 mil, uma viagem para Dubai, nos Emirados Árabes, com hospedagem e direito a um acompanhante, um kit de utensílios culinários e o troféu de MasterChef Profissional.

Leia também: Cenas do próximo capítulo: Record terá "genérico" de William Bonner em Apocalipse

Leia também: Morre Rogéria, aos 74 anos; participação da atriz em Tieta foi manifesto contra homofobia




commentDeixe sua opinião
menu