Canal Viva exibe histórica participação de Cazuza em Fera Radical; confira playlist com sucessos do cantor



O VIVA exibe hoje, 1º de setembro, por volta de 14h30 (reapresentação, 1h15), a participação de Cazuza em Fera Radical. O cantor desembarca na pacata Rio Novo para o show de reabertura arqueria Sherwood, administrada pelo malandro Paxá (Tato Gabus). Embora tenha uma música na trilha da trama de Walther Negrão - 'Vida Fácil', justo o tema de Paxá - Cazuza entoa outra letra sua, mais representativa em sua carreira: 'Ideologia', executada recentemente na supersérie Os Dias Eram Assim.



Egresso do Barão Vermelho - sua última canção com o grupo, 'Eu Queria Ter Uma Bomba', esteve na trilha de A Gata Comeu (1985) -, Cazuza lançou-se em carreira solo com o hit 'Exagerado', remixado em 1997 para o repertório de O Amor Está No Ar. Em 1987, com o LP 'Só se for a dois', emplacou 'O Nosso Amor a Gente Inventa (Estória Romântica') em O Outro, novela das 20h. Em maio deste ano, descobriu ser portador do vírus HIV. Após uma exitosa turnê nacional, internou-se num hospital em Boston, para o tratamento com o controverso AZT.

1988, época da exibição original de 'Fera', foi um ano vitorioso para o cantor e compositor. O disco 'Ideologia' vendeu meio milhão de cópias. Duas de suas músicas fizeram parte da trilha de Vale Tudo: 'Brasil', na voz de Gal Costa, tema de abertura; e 'Faz Parte do Meu Show', que embalava o romance de Solange Duprat (Lídia Brondi) e Afonso Roitman (Cássio Gabus Mendes). Por 'Preciso Dizer Que Te Amo', gravada por Marina para o repertório de Bebê a Bordo, das 19h, Cazuza ganhou o Prêmio Sharp de Melhor Música de Pop-Rock - e também o de Melhor Cantor Pop-Rock.



Também subiu aos palcos com o espetáculo Ideologia, dirigido por Ney Matogrosso, convertido no especial Uma Prova de Amor, exibido na programação especial de fim de ano da Globo. O sucesso da turnê gerou um novo álbum, 'O Tempo Não Pára'. Mais ou menos nesta época, Cazuza revelou em entrevistas na TV ter sido acometido pelo vírus da Aids. O cantor faleceu em julho de 1990, aos 32 anos; seus êxitos, contudo, continuaram integrando trilhas sonoras, em versões originais ou regravações.



O TV História preparou uma playlist com 13 músicas de Cazuza, presentes nas seleções musicais de tramas como Final Feliz (1982), Corpo a Corpo (1984), Sete Vidas (2015) e no seriado Armação Ilimitada (1985). Clique aqui para conferir.

  • Down em Mim (Final Feliz, 1982)
  • Largado no Mundo (Partido Alto, 1984)
  • Baby Suporte (Corpo a Corpo, 1984)
  • Maior Abandonado (Armação Ilimitada, 1985)
  • Eu Queria Ter Uma Bomba (A Gata Comeu, 1985)
  • O Nosso Amor a Gente Inventa (O Outro, 1987)
  • Vida Fácil (Fera Radical, 1988 / Salsa e Merengue, 1996)
  • Faz Parte do Meu Show (Vale Tudo, 1988)
  • Exagerado (O Amor Está no Ar, 1997)
  • Sorte e Azar (Sete Vidas, 2015)
  • Um Trem Para as Estrelas (Babilônia, 2015)
  • O Mundo é um Moinho (Verdades Secretas, 2015)
  • Ideologia (Os Dias Eram Assim, 2017)

    Com informações do Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira

    Leia também: 25 anos da estreia de Deus Nos Acuda! Teste seus conhecimentos sobre a trama de Silvio de Abreu

    Leia também: Prisão de Nando é destaque no capítulo 100 de Por Amor; 10 cenas para entender a novela até aqui




  • commentDeixe sua opinião
    menu