Reprise de Bicho do Mato estreia na Record; relembre trama, personagens e bastidores



A Record reapresenta a partir desta segunda (28), 15h45 - após quase um ano de Vidas em Jogo - a novela Bicho do Mato (2006), de Bosco Brasil e Cristianne Fridman. A trama é baseada na obra de Chico de Assis e Renato Corrêa e Castro, exibida na Globo em 1972, no então inconstante horário das 18h, com Osmar Prado no papel-título.



Bicho do Mato recorre ao exitoso cenário de Pantanal (1990), da Manchete, para contar a história de Juba (André Bankoff), criado pelo pai Fernando (Jairo Mattos) numa fazenda vizinha à aldeia indígena onde vive Tiniá (Thaís Fersoza), apaixonada por ele. Este paraíso passa a viver sob ameaça constante após a morte de Fernando; é quando o padrasto de Juba, Ramalho (Jonas Bloch), passa a influenciar a esposa Laura (Bia Seidl), para que esta se reaproxime do filho e o influencie a vender as terras para ele.

O matuto então segue para o Rio de Janeiro, buscando auxílio de seu tio Alfredo (Paulo Gorgulho), casado com a espalhafatosa Alzira (Denise Del Vecchio, um dos grandes destaques da trama). Alfredo e Alzira são pais do mimado Emílio (Marcos Mion, hoje à frente do reality A Casa e do Legendários), namorado da residente em medicina Cecília (Renata Dominguez). Esta vive em paz com a avó Bárbara (Beatriz Segall) e a tia Zuzu (Marilu Bueno), enfrentando constantemente as intrigas da falsa amiga Ruth (Miriam Freeland).

Irmã da jornalista Lili (Ana Beatriz Nogueira), Ruth vai ficando cada vez mais desajustada durante a narrativa, tornando-se a grande vilã do folhetim. Ela e Lili dividem um apartamento com a ex-modelo Silvia (Adriana Garambone), alcoólatra, amante de Ramalho. O malvado é pai de Tavinho (Márcio Kieling), que detesta o meio-irmão Juba e que cai na lábia da arrivista Betinha (Amandha Lee). A moça posa de universitária rica, escondendo sua origem: é filha dos zeladores Túlio (Ewerton de Castro) e Wanda (Regina Maria Dourado).



Destaque também para a caipira Francisca (Angelina Muniz), que ajudou Fernando a criar Juba. Eterna namorada do peão Geraldo (Sérgio Reis), a cozinheira balança com a chegada do violeiro Mariano (Almir Sater). Sérgio e Almir repetem a bem-sucedida parceria de O Rei do Gado (1996), também vista em Pantanal (1990). Além do cenário bucólico e das imagens de bichanos como jacarés e tuiuiús, Bicho do Mato ainda se serviu da nudez, tal e qual a trama da Manchete, para turbinar seus primeiros capítulos, com o protagonista André Bankoff de bumbum de fora.

Também no elenco o veterano Rui Polanah, Ana Rosa, Renato Scarpin, Luiz Guilherme, Valéria Alencar, Castrinho, Cláudio Gabriel, Jean Fercondini, Juliana Mesquita, Sérgio Malheiros, Juliana Xavier, Matheus Rocha, Daniel Zettel, Sacha Bali, Gabriela Moreyra, André di Mauro, Roberto Bomtempo e o menino Dáblio Moreira, no rastro do sucesso do longa Dois Filhos de Francisco, onde viveu Zezé di Camargo.

Bicho do Mato estreou num momento fundamental para a teledramaturgia da Record: sua antecessora, Prova de Amor (2005), chegou a bater a concorrente global Bang-Bang e o Jornal Nacional; e o consagrado Lauro César Muniz estreava na casa abrindo o segundo horário de novelas com Cidadão Brasileiro (2006). Contudo, apesar do início promissor, com médias em torno dos 15 pontos, a novela logo perdeu terreno para Cobras & Lagartos. O supervisor Tiago Santiago então interveio no roteiro, acrescentando cenas de ação, de acidentes de carro ao "quem matou Ramalho?".

Embora tenha comprometido a excelente proposta inicial, Tiago conseguiu levantar os números da novela, que ganhou uma reprise em março de 2009 - a última tentativa da Record de repetir suas produções nas tardes, antes da implantação das duas faixas atuais. Com médias aquém das expectativas - chegando a míseros 2 pontos em maio - Bicho do Mato acabou mutilada. Agora, temos uma chance de ver de novo. Vale a pena.


Deixe sua opinião



Leia também

Novelas

Por onde anda Cecília Dassi, a Sandrinha de Por Amor

A garotinha Sandrinha conquistou o Brasil na primeira exibição de Por Amor, exibida entre 1997 e 1998 pela Rede Globo. Cecília Dassi, tinha apenas sete anos quando interpretou a personagem. Depois disso, ainda atuou em diversos papeis na Rede Globo, mas abandou a carreira na televisão