Globo inicia amanhã reforma da redação de São Paulo; obras terão três meses de duração



A Globo de São Paulo deu início nesta sexta (25) ao projeto de remodelação da redação do jornalismo da emissora na capital paulista.



As pessoas que trabalham no local foram orientadas a encaixotar seus pertences para que as mudanças possam ser realizadas já a partir deste final de semana. Caixas serão espalhadas em locais estratégicos para descarte de material ou doação.

Neste primeiro momento, pelo que apurou o TV História, apenas o desenho e o mobiliário da redação que serão alterados. Ou seja, os cenários do Jornal Hoje e do Jornal da Globo, que estrearam em abril de 2014, permanecem os mesmos. Apenas o que se vê atrás dos telões será modificado.

A reforma vai durar três meses e será feita em várias fases para que o transtorno seja o menor possível. Os trabalhos serão concentrados nos fins de semana, entre 15 horas de sábado e o fim da noite de domingo.

O novo mobiliário começará a ser instalado já a partir deste sábado (26), de forma escalonada. A ideia geral da nova redação é aproximar as equipes de trabalho, dinamizando as ações. Com o redesenho, foram criados 20 novos postos de trabalho no local.

A atual sede da Globo em São Paulo foi inaugurada em 29 de janeiro de 1999. O primeiro telejornal a utilizar a redação como cenário foi o Jornal da Globo, no mesmo ano. O Jornal Hoje, que passou a ser feito da capital paulista no mesmo dia da estreia da nova sede, passou a usar a redação como cenário em abril de 2001, com Carlos Nascimento e Carla Vilhena na apresentação.

Recentemente, a Globo investiu milhões para a construção da nova sede do jornalismo no Rio de Janeiro, tendo estreado as novidades no Jornal Nacional de 19 de junho.

Leia também: 10 novelas que o Vale a Pena Ver de Novo poderia reprisar a partir de dezembro

Leia também: Sobrevivendo de atrações da Globo e equívocos de Mara Maravilha, Fofocalizando expõe sua inutilidade




commentDeixe sua opinião
menu