Cenas do próximo capítulo: Eriberto Leão viverá homossexual enrustido em O Outro Lado do Paraíso; elenco quase completo de Deus Salve o Rei



Um psiquiatra em conflito com sua sexualidade. Este é o perfil do personagem reservado a Eriberto Leão em O Outro Lado do Paraíso, substituta de A Força do Querer às 21h. Samuel, seu personagem, é casado com uma enfermeira (Ellen Roche). Aparentemente machista, preconceituoso e homofóbico, ele se permite relacionamentos clandestinos, como o que mantém com Cido (Rafael Zulu).



Samuel também estará implicado na trama central do folhetim de Walcyr Carrasco. Em conluio com o delegado (Flávio Tolezani) e com o juiz Gustavo (Luís Melo), ele auxilia a vilã Sophia (Marieta Severo) a trancafiar sua nora Clara (Bianca Bin) numa clínica psiquiátrica. A mocinha sai de lá, dez anos depois, com a ajuda do médico Renato (Rafael Cardoso) e portando um segredo de Beatriz (Nathalia Timberg), que a ajudará a dar início à sua vingança contra a sogra e sua antiga família.

Palavra da salvação

O Outro Lado do Paraíso estreia em 23 de outubro, segunda-feira. Duas semanas depois, numa terça-feira, 7 de novembro, a Record deve exibir o primeiro capítulo de Apocalipse, substituta de O Rico e Lázaro. A produção recrutou Adriano Garib para o papel do missionário Tião de Deus, que abandona a esposa (Adriana Londoño) e os filhos para fazer pregações sobre o fim do mundo nas ruas. O ator, cabe lembrar, deixou um trabalho inédito na Globo: Filhos da Pátria, que estreia em 19 de setembro.



Gajo

Em janeiro, estreia Deus Salve o Rei, trama de Daniel Adjafre para o horário das 19h. Ambientada na Idade Média, em dois reinos que entram em guerra lá pela metade da narrativa, a novela terá a princesa Bruna Marquezine e a plebeia Marina Ruy Barbosa numa ferrenha disputa pelo príncipe Renato Góes. Mas a personagem de Bruna, a maléfica Catarina, terá outros pretendentes.

Dentre eles, Constantino, um nobre português. Legítimo! A Globo recorreu ao banco de elenco da SIC para escalar o intérprete do personagem. José Fidalgo, com 15 anos dedicados à teledramaturgia, tendo passado também pela TVI e pela RTP, atuou em Laços de Sangue (2010, supervisionada por Aguinaldo Silva, e no remake de Dancin' Days (2012), como Hugo - equivalente ao proprietário da discoteca que dá título à novela, Hélio, vivido por Reginaldo Faria no original de 1978.

Aliás, Deus Salve o Rei terá um elenco enxuto: apenas 25 atores (e muitas participações especiais). Restam definir apenas três nomes, portanto. Os outros 22 já escalados são Renato, Marina, Bruna, José, Betty Gofman, Caio Blat, Débora Olivieri, Fernanda Nobre, Flora Diegues, Johnny Massaro, Marco Nanini, Marcos Oliveira, Marcos Pitombo, Marina Moschen, Monique Alfradique, Pascoal da Conceição, Ricardo Pereira, Rômulo Estrela, Rosamaria Murtinho, Tatá Werneck, Tarcísio Filho e Walter Breda.



Alta estação

Provisoriamente chamada Anos Incríveis, a novela das 19h que Izabel de Oliveira e Paula Amaral preparam para o segundo semestre de 2018 ganhou título definitivo: Verão 90 Graus. Com direção artística de Jorge Fernando, a trama tem início na década de 80, mas logo salta para os anos 90. Isabelle Drummond, Claudia Raia, Dira Paes e Alexandre Borges integram o elenco.

Jeitinho brasileiro

A nova temporada de Malhação não reproduzirá fielmente o formato da canadense 30 Vies, série que lhe serviu de inspiração. Por aqui, não teremos troca de professores, figuras centrais da história, como acontece lá fora a cada nova fase. Os conflitos dos alunos se renovarão a cada quinzena, mas a professora terá um arco dramático maior.

Com informações das jornalistas Carla Bittencourt (Extra) e Patrícia Kogut (O Globo).

Leia também: 10 novelas que o Vale a Pena Ver de Novo poderia reprisar a partir de dezembro

Leia também: Nova novela da RecordTV, Apocalipse terá casal sombrio, anticristo e 11 de setembro




commentDeixe sua opinião
menu