Deborah e Michele estão na final da quarta temporada do MasterChef Brasil; Valter termina em terceiro lugar





Em uma semifinal emocionante, os telespectadores conheceram na noite desta terça-feira (15) a dupla que decidirá a quarta temporada do MasterChef Brasil. Deborah Werneck e Michelle Crispim fizeram bonito na etapa decisiva e garantiram vaga na final do programa.

O episódio também marcou a despedida de Valter Herzmann da competição. O catarinense foi superado nas duas etapas classificatórias e conquistou o terceiro lugar. O penúltimo episódio da temporada fez a atração da Band liderar o IBOPE por alguns minutos durante a exibição.

A etapa classificatória começou com um desafio campeão. Os competidores deveriam escolher e reproduzir pratos feitos pelos vencedores das três temporadas anteriores do MasterChef - Elisa Fernandes, Izabel Alvares e Leonardo Young - em apenas 60 minutos.

Campeã da primeira temporada, Elisa apresentou um filet mignon com couve-flor roti e purê de limão para os competidores preparem. Outra opção era o ravioli de pupunha com abóbora defumada ao molho de cogumelos selvagens, prato proposto por Isabel, campeã da segunda temporada. Atual campeão, Leo Young trouxe um polvo grelhado com arroz vermelho.



A prioridade na escolha do prato era do competidor com mais vitórias individuais. Valter, com sete vitórias no currículo, optou pelo prato feito por Leo Young. Com seis triunfos, Deborah escolheu a receita criada por Isabel e Michele, com cinco conquistas, precisava reproduzir a criação de Elisa.

Os três finalistas ainda tiveram a oportunidade de provar os pratos dos campeões antes de os preparem, já que não teriam acesso aos ingredientes complementares da receita e teriam que descobrir pelo paladar. Após escolherem as receitas que iriam fazer, os competidores tiveram apenas três minutos para selecionarem os ingredientes no mercado e começarem a preparação.



Michele, Valter e Deborah encontraram algumas dificuldades durante o preparo, mas se saíram bem. Os três chefs jurados chamaram a atenção de Michele em relação ao ponto do filet mignon, que estava quase cru, e a acidez do purê de limão, que estava mais forte do que o normal.

Valter deixou a desejar no ponto do polvo, uma carne de cozimento muito difícil. O competidor deixou passar o ponto e o polvo perdeu parte do sabor. Os jurados também repreenderam Valter pela grande quantidade de comida apresentada no prato.

Somente Deborah escapou das broncas sobre o ponto da receita. A única crítica feita a ela foi pela apresentação do prato, mas nada que tirasse dela uma vaga na final do programa.



Na última e mais decisiva prova de eliminação da temporada, Valter e Michele precisavam preparar um Terrine em Croûte, couvert clássico da culinária francesa, que deveria ser preparado com um prato principal que harmonizasse com a entrada, 2h30min de prova.

Os dois competidores, assim como na prova anterior, tiveram a oportunidade de experimentar o Terrine e tentar adivinhar os condimentos que davam sabor à receita, já que eles escolheriam os ingredientes que iriam no recheio dela.

Michele optou por fazer um terrine de costela, bacon e pistache com saladinha de brotos e molho hollandese como prato de entrada, e ragu de pato em folha de repolho e legumes confit com batata no prato principal. Valter escolher preparar um terrine de beef angus, filet mignon e cenoura. O prato principal seria filet mignon com batatas e molho de mostarda.



Para os chefs, Valter usou carnes nobres, com muita água e bastantes suculentas, que não são utilizadas no prato e deixaram a receita seca. Geralmente, mistura-se uma carne gordurosa com carne mais suculenta. Esteticamente, também, não ficou legal. Fogaça cobrou algo mais bem preparado e não um "hamburgão", como o mesmo denominou a receita de Valter.

Na receita de Michele, a massa estava um pouco seca e faltou tempero. Paola chegou a declarar que o prato era muito bom esteticamente e péssimo de sabor. O prato principal foi ousado e bastante saboroso. No final, os erros de Michele comprometeram menos o prato em relação a Valter, o que garantiu uma vaga para a competidora na grande final do programa, que acontece na próxima terça-feira (22).

Ao sair, Valter alegou que problemas pessoais na semana que antecedeu à eliminação o fizeram perder o foco durante as duas provas. Mesmo assim, ele disse se sentir realizado por tudo o que fez no programa e afirmou que pretende abrir um restaurante especializado em carnes e frutos do mar.


Deixe sua opinião



Leia também