Histórias do Esporte #4: Canais esportivos oferecem alternativas enquanto bola rola na TV aberta



Durante a temporada do ano passado, o SporTV começou a adotar um expediente diferente nas quartas-feiras na faixa do Campeonato Brasileiro destinada à TV aberta (21h45). O canal exibe apenas o jogo das 19h30 e quando não havia outros eventos, só restavam reprises até o fim das partidas e então começava o SporTV News (atualmente é o Troca de Passes). Mas isso mudou e então nasceu o Futebol Campeão.



Mas bobos nem nada, Fox Sports e ESPN Brasil foram na cola e colocaram no ar programas parecidos. Vale lembrar que ambos já existiam em outros horários, apenas foram criadas edições para concorrer com o Futebol Campeão. Saiba tudo e a diferença entre eles a seguir:

Futebol Campeão: Leva ampla vantagens entre os demais, por motivos óbvios. Assim que acaba o jogo das 19h30 escolhido para transmissão, o programa começa detalhando a rodada, com resultados e a agenda com jogos que acontecerão.

Funcionando como pós-jogo e pré-jogo, o narrador Daniel Pereira e comentaristas debatem os jogos encerrados, enquanto a tela exibe os resultados dos jogos que estão com bola rolando, inclusive avisando e exibindo os gols que vão acontecendo.

No início, os gols eram exibidos quase que instantaneamente, mas isso mudou. Ainda são mostrados, mas demora mais um tempinho. É mostrado também, quando se encerra o primeiro tempo das partidas, as saídas dos jogadores com as entrevistas ao vivo, priorizando as mais importantes. As demais vão ao ar gravadas.

Rodada Fox: O canal tem acordo com Globosat e recebe 100% das imagens de todas as partidas do Campeonato Brasileiro. Porém, só podem ser utilizadas momentos depois que o jogo chega ao fim. Com isso, o foco maior fica nas partidas iniciadas às 19h30, com links ao vivo na zona mista e o compacto dos lances.

De forma mais modesta, falam dos jogos das 21h e 21h45, com os repórteres ao vivo nos estádios trazendo as escalações e notícias relevantes dos times, como algum desfalque. Dia desses, até a Série B era destaque enquanto a bola rolava pela Série A.

Bate-Bola: Nos mesmos moldes da Fox, a ESPN também tem acordo e só pode exibir imagens após o encerramento dos jogos. O giro com informações nos estádios também é destaque, mas há um debate maior dos jogos encerrados, com os gols, lances polêmicos e análises táticas.

Obviamente, ver o futebol ao vivo via Globo ou Premiere, caso disponível, sempre é a melhor opção. Mas não deixam de ser opções a mais no horário. E, convenhamos, qualquer coisa é melhor que reprise. No passado, ao sintonizar esses canais nessa faixa das 22h, só se viam VTs velhos e programas exauridos de tanto serem reprisados durante a semana.

Algumas observações:

O Futebol Campeão já foi ao ar algumas vezes pelo domingo, como em algumas datas em 2016 e na primeira rodada do campeonato em 2017. Já o Rodada Fox e o Bate-bola são exibidos após os jogos, tanto no sábado quanto no domingo. Os três fixos apenas no meio de semana que há jogos do Campeonato Brasileiro.

Em Libertadores, Sul-Americana e Copa do Brasil, Fox Sports e SporTV mostram as partidas ao vivo. Já a ESPN, sem os direitos destas competições - e se não houver outras que possuí direitos sendo realizadas - preenche o horário com reprises até 23h45, quando começa o Linha de Passe Especial. Esporte Interativo e BandSports também vão de reprises até o término dos jogos, quando entregam para o Caderno de Esportes e Band Sports News 2ª Edição, respectivamente.

Futebol internacional

Como divulgado neste site no último sábado (29), Esporte Interativo e BandSports deixam de exibir o Campeonato Português, que volta à tela dos canais ESPN. O campeonato é sim de baixo nível, talvez menos atraente que o Campeonato Francês (com Neymar ou não), mas fará falta na grade do Esporte Interativo. O canal perde o único campeonato local do velho continente que tinha em sua programação. Durante a temporada regular do futebol europeu, a grade de fim de semana ainda deixa a desejar. A Liga NOS servia bem para preencher as lacunas quando não há Copa do Nordeste, Brasileirão Série C e D, o recém FUT 7 e outros.

No último sábado (29), a ESPN+ exibiu o amistoso entre Werder Bremen X West Ham. O problema era a imagem tremida gerada via internet, com no máximo cinco câmeras e ainda de um estádio acanhado que deixava a imagem central muito longe e baixa. Nem precisa mencionar que a ESPN Brasil não tem culpa alguma nisso e sim a geradora do sinal.

Em 26 de abril, o Fox Sports México anunciou aqui que a FOX Network Group adquiriu o Campeonato Argentino para toda a América Latina, contrato válido por 10 anos. O campeonato volta em agosto e, até agora, o canal brasileiro não anunciou se os direitos valem para cá. É bom lembrar que Fox e Turner compraram juntas os direitos pelos próximos anos, mas apenas para o território argentino.

Nascar, MLB (de novo) e mais...

Parece que vai ser rotineiro o assunto aqui nesta coluna. Pois bem, desta vez aconteceu tudo como agendado: Truck Series e Sprint Cup ao vivo. Já a Xfinity Series, apenas em VT, após a MLB, que teve prioridade.

O questionamento é simples: por que priorizar um campeonato que a emissora não está ligando para ele? A exibição da MLB no Fox Sports sempre foi apenas para cumprir tabela. Há pouquíssimos contratados da casa que entendem do assunto. Também não existem programas que debatem sobre a Liga. É apenas aquela exibição de sábado e pronto (também já houve na sexta).

É bom deixar claro que o contrato da ESPN é muito mais amplo em relação à quantidade de jogos que podem ser exibidos. Mas a questão acaba nem sendo isso, e sim que mesmo tendo um contrato inferior, que sequer dá direito aos playoffs (na coluna anterior informamos que as chamadas para a atual temporada mencionam as transmissões dos playoffs, ainda nada confirmado), não existe uma atenção por parte do canal para a Major League Baseball.

Após a saída repentina de Bruno Laurence, o Fox Sports Show passou a ter apenas as gêmeas Bia e Branca na apresentação. Também deixou de ser ao vivo. Com isso, perdeu um pouco do conteúdo. Tem alguns quadros legais, como as externas com Maurício Borges, o Mano, e o Nove Verdades e Uma Mentira, com o PVC. Mas como agora é gravado (inclusive, no próprio domingo de exibição), são mostrados compactos para preencher o tempo do programa, como os debates acontecidos no canal durante a semana, principalmente do Fox Sports Rádio.

Pernambuco

Único estado que não recebeu, via TV aberta, Corinthians X Flamengo no último domingo (30). Bahia X Sport foi a partida transmitida.

Já na quarta (26), para Santos X Flamengo, pela Copa do Brasil, a região de Recife teve transmissão local de Rembrandt Junior, enquanto o sinal nacional ficou com Luís Roberto. Desta vez, o motivo foi o desligamento do sinal analógico que ocorreu em Recife e outros 14 municípios da região. Serviu para o narrador alertar durante e depois do jogo que seria o último dia de transmissões analógicas naquela área.

Vale lembrar que transmissões locais de uma partida nacional eram um expediente bem comum na Globo Nordeste. Principalmente quando era jogo de Sport, Santa Cruz ou Náutico e tinha Cléber Machado na narração.

Falta de cuidado

Os sites do Globoesporte/SporTV e ESPN passam de centenas de comentários em grande parte das notícias postadas. Já os de Esporte Interativo e Fox Sports vivem abandonados e sem qualquer tipo de monitoramento. É raro ver um comentário relacionado ao assunto apresentado, a maioria são bots com comentários automáticos enchendo as páginas de spam do tipo "QUER GANHAR DINHEIRO FÁCIL? CLIQUE AQUI", "TRABALHE DE CASA E GANHE 5MIL REAIS, VEJA COMO". Abram o olho, moçada.

#Relembrando

Fazendo jus ao nome do nosso site, vamos trazer aqui, esporadicamente, alguns momentos históricos, engraçados, curiosos ou embaraçosos que aconteceram em nossos queridos canais esportivos.

Em 11 de setembro de 2014, o Bate-Bola 3º edição debatia Alemanha 7X1 Brasil como se fosse um acontecimento daquela semana. A Copa do Mundo havia acabado em 13 de julho e o 7X1 ocorrido em 8 de julho, ou seja, dois meses depois.



Claro que foi assunto por muito tempo, não só nos canais, mas também nas redes sociais e naqueles papos com amigos, devida tamanha humilhação em campo. Mas para quem estava assistindo ao programa (e este que vos escreve, estava), viu com muita estranheza esse momento. Era evidente a falta de assunto naquele dia.

Sugestões, correções, críticas ou até mesmo me mandar um vírus?
TWITTER
FACEBOOK
Por cartas também!

Leia também: Morre compositor de "Silvio Santos vem aí" e outros jingles inesquecíveis

Leia também: 1 de agosto na história da TV: em 2015, terminava a TV Globinho




commentDeixe sua opinião
menu