Morre compositor de "Silvio Santos vem aí" e outros jingles inesquecíveis



"Do mundo não se leva nada / Vamos sorrir e cantar! / Lá, lá, lá, lá...". Estes versos, que abriram o Programa Silvio Santos durante anos, foram compostos por Archimedes Messina, falecido nesta segunda-feira (31). A informação foi divulgada no Facebook por amigos do compositor e pela página do Clube do Jingle.



Um dos maiores autores de músicas empregadas em comerciais, Archimedes dedicou cerca de cinco décadas a este ofício, criando peças publicitárias de enorme repercussão, como a do Café Seleto.

Contudo, seu tema mais marcante foi o do dominical do "homem do Baú". Utilizada por anos, a música deixou de abrir os programas de Silvio no final de 2011, quando o processo que Messina moveu contra o SBT chegou ao fim.

A ação, que se estendeu por uma década, se deu em razão dos danos morais e materiais pelo uso da composição sem pagamento por mais de 40 anos. A Justiça determinou, por fim, que o "patrão" indenizasse o compositor em cerca de R$ 5 milhões.



Em 2012, Silvio e Archimedes chegaram a um acordo e o "lá, lá, lá, lá" voltou para a abertura em março de 2013. Usando a mesma melodia, o compositor embalou ainda a campanha para a presidência da República do apresentador, em 1989.



Archimedes também foi produtor das músicas da Varig, por mais de 30 anos, entre outras.

Confira algumas obras de Archimedes:





Leia também: Saiba como Silvio Santos bancou a estreia de Chaves no SBT na década de 80

Leia também: A historia do câmera que processou Fausto Silva




commentDeixe sua opinião
menu