Globo irá lançar Cavalinhos do Fantástico oficialmente para vendas; versões piratas são fenômenos nos estádios



Eles são fofos, atraem tanto quem gosta de futebol e é mais velho, quanto quem é criança e ainda está na idade de "dormir com a bola". Os cavalinhos do Fantástico, que ajudam Tadeu Schmidt a contar a história do Campeonato Brasileiro, aos domingos, chegarão ao mercado de forma oficial em breve.



Segundo confirmou a Central Globo de Comunicação ao TV História, a previsão de lançamento no mercado é para este ano. Tudo isso por conta de um novo fenômeno de vendagens nos arredores dos estádios do Brasil, principalmente entre ambulantes.

Versões piratas dos Cavalinhos do Fantástico já são vendidas pelo menos desde o início deste ano. Na última quarta-feira (12), o TV História estava nos arredores do Allianz Parque, em São Paulo (SP), antes do clássico entre Palmeiras X Corinthians, e acompanhou um pouco do movimento.

Vimos a vida de dois ambulantes: Luciele, de 22 anos, e José Bruno, de 29. Casados, eles vendem bebidas antes das partidas nos arredores do Allianz, mas há dois meses compraram algumas versões piratas do Cavalinho do Palmeiras.

Eram por volta de 19h15 quando abordamos os dois, e eles já haviam vendido 14 cavalinhos. "Estamos aqui há 45 minutos apenas, está vendendo muito, graças a Deus", disse Luciele, que afirmou que os Cavalinhos hoje são sua principal fonte de renda.

"Nem a gente esperava. Deixamos as crianças felizes pelo menos e ganhamos uma grana honesta", disse José Bruno. No entanto, a felicidade deles pode acabar e a grana honesta também pode deixar de entrar na vida dos ambulantes.

A Globo diz que está estudando tomar "todas as medidas cabíveis" contra as versões piratas, que ainda não têm origem. O curioso é que, volta e meia, Cavalinhos piratas são mostrados no próprio Fantástico.

Eles são exibidos como "primos" dos oficiais e acabam entrando na brincadeira, mas a própria Globo admite que está tendo prejuízo, porque o número de vendagens está extremamente alto, mesmo extraoficialmente.

Versões não oficiais são vendidas também na internet. Uma pesquisa rápida no Google mostra que os Cavalinhos são comercializados por cerca de R$ 130, além do frete de entrega. Alguns chegam a ser vendidos por R$ 265 - lógico, com melhor qualidade em relação aos mais baratos, comercializados nos arredores dos estádios por apenas R$ 20.

Leia também: A surpresa do ano: possível saída de Evaristo Costa da Globo choca colegas e público

Leia também: No detalhe, Victor Bourguignon perde prova de eliminação e deixa o MasterChef Brasil




commentDeixe sua opinião
menu