A surpresa do ano: possível saída de Evaristo Costa da Globo choca colegas e público



Não dá para dizer que era esperado, muito pelo contrário. É um choque, uma surpresa, é algo que nem sequer passava pela cabeça de alguém.

Nesta noite de quarta-feira (19), o jornalista Flávio Ricco afirmou que Evaristo Costa não irá renovar contrato com a Globo, onde comanda o Jornal Hoje desde 2004.



Nas redes sociais, onde é rei, Evaristo ainda não se pronunciou. A Globo nega a saída. Uma reunião próxima semana será feita para fazer com que ele renove o contrato.

Mas a notícia já está dada e a repercussão é enorme. A reportagem do TV História consultou pessoas na Globo e o choque dos jornalistas em São Paulo é tão grande quanto.

O fato é que Evaristo falou isso para poucas pessoas - segundo Ricco, a decisão é tirar um ano sabático e morar fora do Brasil com a mulher e suas duas filhas. E o público, que o quer tanto, arregalou os olhos.

Se confirmada e sacramentada, a saída de Evaristo é tão chocante - ou até mais - que a de Ana Paula Padrão, que deixou a Globo em 2005 para assinar com o SBT, que na época praticamente não tinha jornalismo.

Choca mais porque Evaristo não sai para outro canal - houve uma sondagem do SBT anos atrás, segundo a imprensa, mas só especulação. Evaristo sai para descansar, pensar um pouco e ficar com a família. Ele sai de um lugar onde era rei para simplesmente ter paz.

Quem é da televisão sabe que quem trabalha dentro da caixa mágica raramente sai, ou quando sai, sente saudades. Quem trabalha na TV gosta dessa história de glamour, de frente das câmeras. Evaristo parece simples, não liga muito para isso, vive fora da casa.

Como jornalista, Evaristo fará falta. O apresentador faz a melhor dupla de âncoras da TV com Sandra Annenberg com muita folga, e há anos. Era o sucessor natural de Bonner no Jornal Nacional, se formos falar de popularidade e merecimento.

No calor do momento, falar da saída de Evaristo Costa, ou da possível não renovação, é difícil. O fato é que, hoje, a Globo não tem substituto para Bonner no JN e Evaristo era o nome certo.

No JH, sugiro alguns: César Tralli, Rodrigo Bocardi ou Márcio Gomes. Algum dos três seria ótimo. Mas espero, mesmo, que Evaristo mude de ideia e que renove seu contrato.

Leia também: A Força do Querer tem maior subida entre uma novela e outra no horário das 21h nesta década





commentDeixe sua opinião
menu