Assim como Bruna Marquezine, veja outros atores com quem a Globo quase rescindiu contrato



Nesta semana, o colunista Léo Dias informou que a Globo pensou em rescindir contrato com a atriz Bruna Marquezine, por conta de recusa de papéis em novelas e seriados futuros, contrariando uma norma do canal.



Atualmente, a Globo está bem rígida quanto a isso, já que existe uma norma na atual gestão que pede que atores e atrizes produzam em um dos pelo menos 12 meses do ano, o que a emissora não viu em Bruna.

De fato, o último trabalho dela foi na série Nada Será Como Antes, que foi gravada bem antes de ir ao ar, no início de 2016. Bruna está escalada para viver uma vilã na novela Deus Salve o Rei, uma das próximas tramas das 19 horas, o que fez a direção mudar de ideia.

Aqui nesta reportagem, mostraremos outros atores que, por um ou outro motivo, quase perderam seus contratos com a Globo:

José Mayer

Em abril, o ator viveu um escândalo sexual dentro da emissora, nos bastidores de A Lei do Amor, novela das 21h que durou até março. Uma figurinista da Globo o acusou de assédio moral e sexual, provocando uma série de protestos de colegas do próprio Zé Mayer.

No início, o ator negou e não se pronunciou sobre o caso, mas a proporção foi tão grande que a Globo teve que se pronunciar. Os pedidos para que o contrato de Zé Mayer fosse rescindido foram muitos, e isto foi até cogitado, mas o ator, por enquanto, está apenas afastado de futuras escalações.

No entanto, para quem gosta do trabalho de Zé Mayer, ele está no ar nas reprises de Tieta e Fera Radical, no canal Viva, e em Senhora do Destino, nas tardes da própria Globo.

Fábio Assunção

Em 2008, Fábio Assunção era o protagonista de Negócio da China, novela das 18 horas escrita por Miguel Falabella. Fazia o papel de Heitor e formava um par romântico interessante com Grazi Massafera, mas tudo foi mudando, até que chegou o fatídico dia de 14 de novembro daquele mesmo ano.

Ao faltar em diversas gravações e se complicar por problemas com drogas, a direção afastou Fábio Assunção da novela apenas um mês depois da estreia. Nesta ocasião, houve quem defendesse que Fábio fosse dispensado, mas a emissora decidiu ajudá-lo.

Na época, Fábio foi internado em uma clínica de reabilitação de narcóticos no Rio de Janeiro para tratar de sua dependência química, sendo pago pela emissora.

Recentemente, ele foi preso pela Polícia de Pernambuco, na pequena cidade de Arcoverde, completamente bêbado. Novamente, o assunto veio à tona, mas Fábio continua no canal - ele é um dos protagonistas da série A Fórmula, que estrou nesta semana.

Caio Castro

Em 2014, Caio Castro era um dos galãs jovens com maior fama dentro e fora da Globo. Pensando no futuro, o canal propôs um contrato de exclusividade e fixo para o ator, algo raro nos tempo de hoje, em que a emissora prefere os contratos por obra.

Caio, não achando que os valores eram vantajosos, recusou assinar algo fixo, dizendo que ganhava mais fazendo presença em festas vips na época. Fez mais, disse na imprensa que a Globo queria "comprar sua liberdade".

O fato, claro, revoltou boa parte da direção da emissora, que defendeu que Caio não atuasse mais em novelas da casa. Um ano depois, a amizade foi "selada": Caio aceitou um contrato por obra e assim está até hoje.

Atualmente, ele está no ar na novela Novo Mundo, sucesso na faixa das 18 horas, como Dom Pedro.

Leia também: Troca de bebês expõe o brilhantismo de Manoel Carlos em Por Amor

Leia também: Em alta por clipe com Katy Perry, Gretchen terá minimaratona na TV neste domingo




commentDeixe sua opinião
menu