SBT desmente Dudu Camargo e nega que mãe de Maísa tenha feito "petição" para impedir exibição de quadro



A polêmica entre Dudu Camargo, apresentador do programa Primeiro Impacto, e a atriz Maísa Silva, ainda parece estar longe de um fim.



Nesta quinta-feira (29), o SBT decidiu que não mais exibirá a última gravação entre os dois, onde Maísa teria saído chorando do palco.

Na ocasião, o clima ficou tão pesado que os pais de Maísa repreenderam Dudu e pediram para que ele não falasse mais da colega na imprensa e nas redes sociais. Em entrevista para o jornal O Dia nesta quarta-feira (28), Dudu disse que a decisão de retirar a gravação do ar foi uma iniciativa da família de Maísa.

"A mãe da Maísa se revoltou e falou que ia entrar com uma petição para que o programa não fosse exibido. Na saída, o pai da Maísa também me deu uma prensa e disse para eu não usar o nome dela nas minhas publicações nas redes sociais", explicou Dudu.

No entanto, o TV História consultou o SBT, através de sua assessoria de imprensa. O canal negou, de forma veemente, o que Dudu falou e disse que a decisão de retirar do ar foi de Silvio Santos, em conjunto com o diretor do seu programa.

"O SBT desmente a informação que o apresentador Dudu Camargo deu ao jornal O Dia. Os pais de Maísa Silva não fizeram nenhum tipo de petição para impedir a gravação de ir ao ar. Nem mesmo um pedido interno foi feito. Não houve nada nesse sentido", diz o canal em nota.

A fala de Dudu Camargo para o dia está pegando mal nos bastidores, justamente porque a decisão de retirada do ar, de fato, partiu de Silvio Santos. A aspa para o dia, portanto, pode desagradar o dono do SBT, que é o principal padrinho de Dudu Camargo.

Enquanto isso, o apresentador do Primeiro Impacto segue fazendo uma verdadeira peregrinação em programas de TV.

Nos últimos dias, ele esteve presente em atrações da casa, como o The Noite, de Danilo Gentili, e Luciana By Night e A Tarde é Sua, da RedeTV!. Em todos eles, os números de audiência aumentaram na Grande São Paulo.

Leia também: Álvaro Garnero comemora dez anos do 50 Por 1: "Enquanto eu ainda me surpreender, a gente pode continuar"

Leia também: Programas quiz TV entram na mira do Ministério Público e podem ser proibidos de irem ao ar




commentDeixe sua opinião
menu