Mudança no SBT: Roda a Roda deixa as tardes e volta ao horário nobre



Durou pouco a experiência de Rebeca Abravanel como apresentadora de um programa vespertino.

Sem aviso prévio na programação, o SBT mudará a grade nesta terça-feira (20), com o Roda a Roda Jequiti diário voltando ao horário da noite.



Já nesta terça, o Fofocalizando, apresentado por Mamma Bruschetta, Leão Lobo, Mara Maravilha, Décio Pichinini e Léo Dias, entrará mais cedo, a partir das 14h30. O programa receberá do seriado americano Kenan e Kel, que também está nas tardes diárias do SBT há pouco tempo.

Ou seja, mesmo com a saída do Roda a Roda, Chaves não volta para o horário que estava. O Roda a Roda voltará para o horário nobre, começando às 19h20, logo após a novela mexicana O Que a Vida Me Roubou.

O motivo é a audiência. O Roda a Roda derrubou os números do horário. Com Chaves, o SBT marcava até 8 pontos de média na Grande São Paulo no horário das 14 horas. Com Rebeca Abravanel, não passava de 5.

Isso também prejudicou bastante o Fofocalizando. A atração vinha conseguindo vencer a Record e a reprise da novela Ribeirão do Tempo, da Record, mas, desde que o Roda a Roda estava nas tardes, não conseguiu vitória alguma nos números.

A mudança ocorrerá sem aviso prévio ao telespectador do SBT. Esta é a quarta tentativa de emplacar o Roda a Roda na grade diária do SBT. A mais bem sucedida foi entre 2003 e 2004, com Silvio Santos na apresentação do formato e patrocínio da marca de carros Chevrolet.

Em 2005, dessa vez com patrocínio da Jonhson & Jonhson, o Roda a Roda conseguiu também um bom desempenho no Ibope à época. Ainda com Silvio Santos na apresentação, chegou a picos de 20 pontos de Ibope.

A terceira tentativa foi mais recentemente, em 2012, e durou apenas 10 dias. Colocado no fim de tarde no lugar de Chaves, o Roda a Roda, já com patrocínio da Jequiti Cosméticos, amargou baixa audiência com apresentação de Patrícia Abravanel.

Consultada pelo TV História, a assessoria de imprensa do SBT confirma a informação.

Leia também: Globo oficializa saída de Gilberto Leifert e executivo irá se aposentar após 30 anos; leia comunicado interno

Leia também: Fábrica do Som, exibido pela TV Cultura na década de 80, foi tirado do ar por ser muito libertário




commentDeixe sua opinião
menu