Em 1989, Globo transmitiu final da Champions divulgando nome estranho para a competição



Em um mundo globalizado como o atual, é difícil que um nome de competição seja dito incorretamente em uma transmissão, principalmente naquele considerado o maior torneio interclubes do mundo.

Neste sábado (3), Juventus e Real Madrid decidem quem é o campeão da UEFA Champions League depois de nove meses de disputa. O mundo vai parar para ver a partida, inclusive no Brasil - Globo, Band e Esporte Interativo fazem o jogo.

Mas, em 1989, o mundo não era assim, muito pelo contrário. Informação era mais complicada de se conseguir e as transmissões de torneios europeus, tão comuns hoje em dia, ainda estavam engatinhando - numa época que TV por assinatura não existia no Brasil.



Anos antes, a Globo fez algumas experiências transmitindo jogos do Campeonato Italiano, por conta da participação de vários brasileiros da famosa seleção brasileira de 1982, como Zico, Falcão, Sócrates, Júnior, entre outros.

A final da então Copa dos Campões da Europa foi disputada entre o Milan, da Itália, e o Steaua Bucareste, da Romênia. Na abertura da partida, o narrador Luiz Alfredo usou um nome estranho: chamou o campeonato de Copa Europeia de Clubes Campeões.

Nem jornais da época a chamavam assim. Além disso, o estádio Camp Nou, do Barcelona, foi chamado de Nou Camp.

Curiosidade: a partida foi comentada por Juca Kfouri, que ficou muitos anos nesse posto e, atualmente, está na ESPN Brasil.

Confira o vídeo:







commentDeixe sua opinião
menu