Repórter do Jornal da Record em Salvador pede demissão da emissora



A notícia caiu como uma bomba na redação da RecordTV Itapoan nesta tarde de quinta-feira (1): a repórter Christina Miranda, uma das mais importantes jornalistas da casa, com mais de uma década de emissora, pediu demissão.



A jornalista se despediu de seus colegas e surpreendeu a todos pelo seu pedido. Christina é repórter de rede fixa do Jornal da Record desde que foi contratada, emplacando VTs todos os dias no telejornal apresentado por Celso Freitas e Adriana Araújo.

Pelo que apurou o TV História, a demissão tem a ver com problemas de bastidores, que foram agravados recentemente com a chegada do novo gerente de jornalismo da casa, Fabiano Falsi.

A reportagem tentou entrar em contato, por telefone e por WhatsApp com Christina Miranda, mas ela não respondeu os contatos.

Tudo isto só agrava a situação na RecordTV Itapoan. Nesta mesma quinta, o TV História publicou uma matéria de repercussão sobre a situação da redação, que está beirando o insustentável.

Os "operários" da emissora, como produtores e editores, estão revoltados com a pressão acima da conta e com alguns casos de assédio moral praticados pelo mesmo.

Até os apresentadores não estão gostando de atitudes do diretor, que impõe o seu poder e "surfou na onda de um trabalho feito pela antecessora, Ana Raquel Copetti", como disse uma fonte que não quis se identificar.

Raquel fez um trabalho de levantamento e reformulação do telejornalismo local e conseguiu levantar - e muito - a audiência. Chegando no meio do ano passado, Fabiano acabou "levando os louros", o que não é endossado pela redação.

O TV História procurou a RecordTV Itapoan e também a Record, em São Paulo. A cabeça de rede disse que a questão deveria ser resolvida em Salvador. No entanto, a Itapoan ainda não respondeu os contatos. Caso o faça, a matéria será atualizada.







commentDeixe sua opinião
menu