Ex-Record, repórter se destaca e quebra antigo paradigma da Globo News



Quem assiste a Globo News regularmente pôde ver um novo rosto nos últimos tempos. E não é um rosto desconhecido para quem acompanha jornalismo na televisão.

Trata-se da jornalista Daniela Salerno, que por quase oito anos fez reportagens para a RecordTV, principalmente nos grandes telejornais de rede da casa, como o Jornal da Record.



Daniela começou em 2008, onde foi repórter local da RICTV, afiliada da Record no Paraná. Em 2010, foi efetivada para repórter de rede na capital do Estado, Curitiba, onde ficou até 2014.

Naquele mesmo ano, foi efetivada para Brasília (DF), onde ficou até abril de 2016, novamente fazendo várias reportagens para o principal telejornal da casa. Desde estão, estava fora do ar.

A contratação de Daniela Salerno desmistifica um velho mito da Globo: não contratar repórteres da RecordTV, principalmente aquelas que se destacaram em programas populares, como o Cidade Alerta.

Um caso recente neste sentido foi o de Luiza Zanchetta, que, mesmo indo bem nas reportagens da Globo São Paulo, quando estava cobrindo uma licença-maternidade, acabou não sendo efetivada, ao contrário do que se esperava até mesmo na própria redação.

Muitos dizem que Zanchetta acabou ficando marcada, já que a contratação dela pela Globo foi alardeada pela imprensa, que ressaltou suas participações no programa apresentado por Marcelo Rezende. Nele, Zanchetta era chamada de "Pranchetta".

No caso de Salerno, sua competência falou mais alto. O fato animou jornalistas da RecordTV, que ainda acalentam o sonho de trabalhar na maior emissora do Brasil. Alguns, ouvidos pelo TV História, até brincaram dizendo que vão mandar o currículo para a emissora, já que a realidade é outra. O fato é que Salerno continuará entrando diariamente na Edição das 10, da Globo News, nos próximos meses.







commentDeixe sua opinião
menu