Novo Mundo tem pior início que Sol Nascente, mas tendência de subida anima Globo



Elogiada novela das 18 horas, Novo Mundo, da Globo, tem tido um inicio de contrastes nos números de audiência, mas que são extremamente fáceis de explicar se analisarmos o contexto.



Segundo levantamento feito pelo TV História, em seus 10 capítulos iniciais, a novela protagonizada por Isabelle Drummond e Chay Suede marcou média de 21,2 pontos de audiência na Grande São Paulo.

O resultado faz a trama ter um início melhor que novelas desta década como Joia Rara, Além do Tempo, Lado a Lado e Sete Vidas. No entanto, ela perde para a sua antecessora, Sol Nascente.

Ainda embalada pelo fenômeno que foi Eta Mundo Bom, escrita por Walcyr Carrasco, a trama anterior, que foi muito criticada pelo seu conteúdo durante toda a duração, fechou os seus 10 primeiros capítulos com 22,4 pontos.

A diferença aqui está entre a tendência de queda e de subida. Novo Mundo marcou 19,8 pontos em seus 5 primeiros capítulos. Nos outros cinco, subiu para 22,4 pontos.

No caso de Sol Nascente, a novela caiu. Os cinco primeiros episódios fecharam com 23,6 pontos. Os outros cinco, marcaram média de 21,0 pontos de audiência.

Novo Mundo conta a história de Anna Millman (Isabelle Drummond) e Joaquim Martinho (Chay Suede), que cruzam seus destinos ao se encontrarem a bordo do navio que traz a princesa Maria Leopoldina de Áustria (Letícia Colin) para o Brasil, já que ela havia se casado com Dom Pedro I (Caio Castro).

Ela, uma professora de português e ele, um ator, iniciam um romance durante a viagem ao Novo Mundo. Apesar do amor que nutrem um pelo outro, sofrem com as ameaças de Thomas Johnson (Gabriel Braga Nunes), oficial inglês que deseja ter para si Anna e, Elvira (Ingrid Guimarães) atriz decadente que forjou um casamento com Joaquim, fazendo com que fugisse da megera ao adentrar o navio que partiria rumo ao Brasil.

Os números refletem a preferência de um seleto grupo de telespectadores na Grande São Paulo.







commentDeixe sua opinião
menu