Stanley Gusman desmente boatos e confessa que quer ser um "Ratinho mineiro"



Revelado como comentarista na Band Minas, agora Stanley Gusman é prata da casa da TV Alterosa onde comanda de segunda a sexta duas edições do Alterosa Alerta.



Nascido em Eugenópolis, interior de Minas Gerais, e formado em direito, Stanley agora se aventura no jornalismo policial sem deixar a sua raiz de lado, e gosta de conversar olho no olho com seu público.

Ele falou sobre os boatos que surgiram dele ir para outra emissora e confessou que quer ser um Ratinho Mineiro: "meu grande referencial desde o primeiro dia que eu pisei aqui na TV Alterosa é o Ratinho. Eu quero imita-lo, quero fazer um programa onde as pessoas possam se ver nele, onde a realidade possa ser bem transcrita e que seja claro", afirma o apresentador.

Além das inspirações, ele contousobre alguns projetos futuros e adiantou com exclusividade para o TV História as novidades para o aniversário de um ano do Alterosa Alerta.

Leia a entrevista na íntegra:

TV História - Com foi o seu início da TV?

Stanley Gusman - Meu primeiro contato dentro do mundo da televisão foi com jornalista Ricardo Sapia (atualmente na TV Aratu), um excelente comunicador que me espelho muito, lá em 2008. Naquela época eu já entrava ao vivo no programa falando da parte jurídica, como posteriormente, fiz com o Amaro Neto.

Depois por uma série de mudanças conheci o Júlio Prado, que era o diretor da Band Uberlândia e veio promovido para a Band Minas. Como o Amaro resolveu voltar para o Espirito Santo para se dedicar a política, a Band não conseguiu achar um apresentador na época, então surgiu à oportunidade de ancorar o Brasil Urgente Minas.

TV História - Você acredita que pegou o gosto de "fazer" televisão durante essa passagem na Band Minas?

Tudo que eu pego para fazer, eu quero fazer bem feito. Eu adoro gado, eu adoro galinha, adoro fazer queijo, adoro a minha ONG, adoro meus amigos, adoro ficar em casa... aí você me pergunta. O que isso tem haver? Eu adoro tudo que eu faço. Então se eu estou no ar, eu quero fazer bem feito.

TV História - Você tem algum defeito?

Meu maior defeito é a minha maior virtude, não é ter experiência na TV. E essa falta de experiência me faculta a fazer muita coisa que ninguém aceita que eu faço.

TV História - Como você inspira sua equipe?

Na hora que o programa entra no ar não existe o operador de BG e o apresentador. Existe a equipe do programa. Porque se o cara aperta o botão errado e o apresentador não tiver "timming" pra poder segurar, fica um "angu de caroço".

Quando você tem uma equipe que organiza e se reorganiza diante da falha de um, o outro vai segurando. E o apresentador chama aquilo pra ele e fala: não, não. Fique tranquilo que estou aqui. Eu consigo estruturar todo mundo. Ao passo de chegar aqui em algumas ocasiões muito mal, seja por situações particulares ou até do trabalho, mas a gente realinha muito bem e muito rápido, porque a TV é muito rápida.

TV História - Como é o dia a dia do apresentador Stanley Gusman quanto tem o Alterosa Alerta?

Eu me reúno por telefone e vídeo conferencia com os meus parceiros às 4h15 da manhã, onde alinhamos tudo até às 5h. Depois tomo aquele café e reúno com a minha diretora para alinhar todas as informações do Altero Alerta 1ª edição que vai ao ar às 7h. Chego na TV por volta de 6h da manhã, passo o olho em tudo que tem que passar. Depois que o programa acaba, temos várias reuniões e despachamos tudo até às 11h.

Faço questão de cuidar também da parte comercial do programa, até porque uma pequena empresa hoje pode ser uma grande empresa amanhã. Se alguém acreditar nela e bancar, ela pode ser tornar uma grande empresa.

TV História - Dentro do jornalismo, em quem você se espelha para apresentar o Alterosa Alerta?

Eu me espelho muito nos gestos do Amaro Neto e na pureza dele. Muitos acham que ele é muito sério, mas quando ele entra no ar ele vira aquele louco. Acho a maneira no Marcos Maracanã (atualmente na Band Goiânia) de se comunicar uma coisa sensacional, ele se entrega na apresentação.

A história que o Mauro Tramonte (apresentador do Balanço Geral MG da RecordTV Minas) construiu é uma coisa que admiro demais, o que dizer do Eduardo Costa (apresentador do MG No Ar da RecordTV Minas) que na minha opinião é um semideus na comunicação. Não consigo mais ouvir o programa dele na Rádio Itatiaia, mas quando tenho um tempo livre faço questão de ouvir, o Eduardo é um mostro sagrado da comunicação e o Ricardo Carlini, que é o meu guru aqui na TV Alterosa.

Ou seja, eu vou juntando um pouco de cada um. Mas meu grande referencial desde o primeiro dia que eu pisei aqui na TV é o Ratinho. Eu quero imita-lo, quero fazer um programa onde as pessoas possam se ver nele, onde a realidade possa ser bem transcrita e que seja claro.

TV História - Atualmente tem algum projeto pessoal em vista?

Tenho sim, quero produzir programas de outras pessoas. Eu acho que hoje a TV mineira precisa se alinhar com programas que fujam de um padrão comum. Nós temos muita gente boa que tá fora da TV, e essas pessoas precisam de uma oportunidade. Se elas vão permanecer é outra história. Então nos precisamos de um programa que de alternativa as pessoas que querem entrar na TV, imagine um reality show onde uma pessoa tenha um tempo para permanecer e depois ela continua sendo apresentadora. É perto de uma proposta do "Aprendiz", uma coisa voltada mais para o entretenimento. Serei o investidor disso.

TV História - Recentemente surgiram alguns boatos que você poderia ir para outra emissora. Você tem vontade de trabalhar em rede nacional?

Eu sou um homem que cumpre contratos. E meu contrato com a TV Alterosa vai até 2018, todas as cláusulas que tiverem aqui com a TV vou cumpri-las. Por mais que seja sedutora a proposta, eu cumprirei o que estiver escrito em meu contrato.

Tenho uma frase que eu costumo usar que é: tudo que eu faço na minha vida tem que dar lucro, e nem sempre lucro é dinheiro. Ou seja, esse "lucro" pode está às vezes em uma grande amizade, em uma chegada de um amigo novo, de uma TV nova, um programa bacana que você termina e fica feliz de fazer.

E com exclusividade para o TV História, adianto para vocês que teremos novidades no Alterosa Alerta, que integrará o programa ainda mais com o público mineiro.







commentDeixe sua opinião
menu