Em noite inspirada em A Fazenda, BBB 17 forma paredão mais interessante do jogo até aqui



Na noite deste domingo (19), mais um paredão do Big Brother Brasil 17 foi formado. E não foi uma qualquer. Ao bem da verdade, foi uma noite inspirada em A Fazenda, outro reality de confinamento, mas que é sucesso na concorrente Record.

Com votação aberta e ao vivo, assim como acontece sempre no concorrente, a casa foi formando um paredão que pode definitivamente selar o destino de vez do programa.

Rômulo, Ieda e Marcos estão no paredão que certamente pode bagunçar o jogo - ou deixar ele mais previsível do que nunca. E isso tudo depende que quem vai sair nesta terça-feira (21).



Se Rômulo sair, o jogo continua do jeito que nós estamos acostumados. Marcos e Emilly continuarão dando as cartas e serão favoritos pela grande maioria do público.

Aliás, para o bem ou para o mal, Marcos imunizar Emilly garante mais uma semana de jogo interessante. Afinal, como cansei de dizer por aqui, mesmo sendo insuportavelmente arrogante, a gaúcha consegue fazer o programa render.

Mas se Marcos sair, temos o pulo do gato. O público mostra quem é que dá as cartas, confunde os outros concorrentes da casa, "baixa a bola" do eliminado, que acha realmente que pode ganhar e ainda faz Emilly ficar totalmente perdida.

Vamos falar a verdade: apesar de ser uma personagem boa, Emilly segue bastante o que seu companheiro diz. Sem ele, ela certamente não terá maturidade para seguir sozinha, como já mostrou algumas vezes.



Se Ieda sair, podemos perder uma antagonista de Emilly. Alguém que vai bater de frente. Além disso, Ieda é a única que ainda é coerente desde o início do jogo. Por isso, ela não merece sair.

No fim das contas, o paredão tem três participantes que podem dividir o jogo. Pessoalmente falando, prefiro a saída de Marcos pelo seguinte motivo: quem sempre mandou no BBB 17 foi o público.

E o jogo precisa, para ontem, de uma chacoalhada neste nível.


Deixe sua opinião



Leia também