SBT registra nome Marcão do Povo em instituto oficial de marcas



Contratado no início de fevereiro, depois de ser demitido da filial da RecordTV em Brasília após chamar a cantora Ludmilla de "pobre e macaca" na versão do Distrito Federal do Balanço Geral, o apresentador Marcão do Povo parece estar com bastante prestígio no SBT.



Segundo informações obtidas pelo TV História, o apresentador do matinal Primeiro Impacto, juntamente com o garoto Dudu Camargo, teve o seu nome registrado pelo canal de Silvio Santos no instituto oficial de marcas do Brasil.

Trata-se do INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), que recebe os registros dos principais nomes e marcas do Brasil. É nesse local que grandes empresas registram nomes para se resguardarem de possíveis processos.

Neste caso de Marcão, o pedido foi feito pela própria direção do SBT. O comando do canal de Silvio Santos perguntou se ele se importaria que o canal registrasse o nome que ele usa na atração.

Marcão, feliz e realizado com a chance que Silvio Santos lhe deu, não colocou empecilhos no registro e ele foi feito. Agora, está aguardando o prazo de oposição - ou seja, se uma outra pessoa ou empresa registrou o nome pelo Brasil.

No SBT, o registro deu nome a várias especulações. Muitos dizem que Marcão do Povo pode ganhar um programa no fim de tarde e substituir uma das novelas mexicanas atualmente no ar - são três no ar e ficariam duas com a nova atração.

A mais próxima de terminar é Querida Inimiga, que deve fechar sua trajetória no próximo mês de abril. No entanto, isto só será definido com a volta de Silvio Santos ao Brasil, nesta quinta-feira (16).

Atualmente, Marcão não faz feio no Primeiro Impacto. Perde para a RecordTV e Luiz Bacci, mas consegue fechar com médias entre 3 e 4 pontos de audiência na Grande São Paulo.

Pode parecer pouco, mas o número é normalmente acima de todas as investidas em jornalismo que o SBT marcou no horário, inclusive com o próprio Dudu Camargo, que faz o jornal junto com Marcão.

Leia também: Diferente da rede, jornalismo do SBT no Rio de Janeiro vive auge nos números de audiência




commentDeixe sua opinião
menu